História Escrevendo uma nova vida-Gastina- - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Amanda, Ámbar Benson, Cato, Delfina, Gaston, Jazmin, Jim, Luna Valente, Matteo, Miguel, Monica, Nico, Nina, Pedro, Ramiro, Simón, Tamara, Tino, Yam
Tags Gastina
Visualizações 138
Palavras 763
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Estupro, Mutilação, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oii, Boa leitura espero que gostem! Bjs!

Capítulo 7 - Lembranças do passado 2 final


Fanfic / Fanfiction Escrevendo uma nova vida-Gastina- - Capítulo 7 - Lembranças do passado 2 final

Matteo -por que você matou meus pais? (Olha sério pra rey)

Rey-como descobriu isso?

Matteo-não interessa.Agora diz por que você matou os meus pais?

Rey-eu não queria matar a Lili eu só queria matar o berny por não ter deixado eu ter a Guarda da MINHA filha...eu vou te contar tudo desde o começo Matteo,sente-se! (Matteo se senta)

Flashback  rey on (Rey narrando o Flashback)

Anos atrás eu e Lili estávamos na minha casa felizes quando ela disse que tinha uma notícia pra mim contar:

Lili-tenho uma notícia pra te contar!

Rey-a eh? E qual é? 

Lili-eu ti grávida to esperando um filho seu meu amor! 

Rey-(sorrio ) essa é a melhor notícia da minha vida! (Dou um selinho nela )

Lili-mais tem um problema...

Rey-eu sei o berny,eu não queria trair o meu amigo assim Lili ele abriu as portas pra mim e eu to aqui o traindo! (Me culpo)

Lili-não se culpe;não temos culpa do amor entre nos ter aparecido assim!

Rey-eh...eu te amo meu amor!

Lili-também te amo!

Eu não queria trair meu amigo Matteo eu não queria trair seu pai,ele é chave pra mim ta aqui onde estou mais ele foi egoísta tirou um dia fui na sua casa ver a nina mais eu e berny começamos a discutir:

Berny-você não vai tirar a nina de mim! (Fala com nina nos braços )

Rey-nina é MINHA filha eu tenho todo o direito de ficar com ela! Me dá a minha filha!  (Fala com os olhos marejados )

Berny-NÃO,NINA É MINHA FILHA ELA VAI TER UMA VIDA MUITO MELHOR COMIGO!

Rey-eu só quero minha filha berny! 

Lili-berny...

Berny-calada!  Você me traiu com ele Lili!

Lili-EU NAO TENHO CULPA SE ME APAIXONEI POR ELE! 

Rey-me deixa segurar a minha filha berny! Pelo menos ve-la Mais de perto, conversar com ela!

Berny-NÃO ! (assusta nina que começa a chorar Lili também estava chorando )NINA É MINHA É NO QUE DEPENDER DE MIM VOCÊ NUNCA VAI TOCAR NELA!AGORA SAI DAQUI,SAI DA MINHA CASA! 

Rey-eu, vou berny mais isso não vai ficar assim berny não vai,você vai pagar caro por isso!

Eu estava tão cego pelo ódio e  tristeza  que por um momento esqueci que berny era meu amigo meu melhor mais que culpa eu tinha do amor ter me pêgo desprevenido? Tudo o que eu queria era ter a nina nos braços mais ele tirou ela de mim tirou nina e Lili de mim ! 

Mas quando o acidente aconteceu eu não superei ter "perdido " a duas mulheres da minha vida pro berny e a única coisa que ms veio a cabeca foi matar o berny mais matar so ele é eu estava completamente cego,cego de ódio mais depois quando recebi a notícia de que Lili e berny morreram eu me culpei me culpei muito eu não fazia ideia de que a nina estava naquele carro mais quando soube me repreendi por aquilo eu quase matei minha filha minha pequena que não tinha culpa de nada eu quase a matei,mas ao saber que ela ficou bem eu fiquei mais aliviado s resolvi sair do país e esquecer tudo é eu larguei o passado mais não parei de pensar em nina por um minuto a única coisa que eu queria era te-la no meu braço.

Off

Matteo-então quer dizer que você fez tudo isso por que meu pai não aceitou a nina ser sua filha e tirou o direito que você tinha sobre ela?

Rey-sim.não era minha intenção matar sua mãe,eu só queria ter nina nos meu braços ter um momento de pai e filha com ela era só isso que eu queria todos esses anos.

Matteo-desculpa Rey,eu agi mal com você.

Rey -tudo bem Matteo entendo o seu lado.

Matteo-você ainda senti vontade ter a nina com você? 

Rey-claro Matteo,tudo o que eu quero é ter a minha filha comigo!

Matteo -(deixa um sorriso escapar ) bom...hoje vai ter um jantar la em casa você quer ir? A nina vai estar.

Rey-claro.obrigado Matteo! 

Matteo - tudo pela minha irmã.ela vai fiçar muito feliz!

Rey -só quero te pedir pra deixar eu contar tudo pra nina nesse jantar.

Matteo -ok.te espero as 8:00!

Rey-ate.

A noite no jantar 

Rey,Nina,Simon,Luna,Matteo e âmbar estavam a mesa claro que ela estranhou Rey estar ali mais deixou pra lá.os seis estavam conversando quando Rey finalmente toma coragem pra falar a verdade pra nina ele estava com um sorriso bobo ao ver como a filha cresceu.

matteo-nina.. 

 Nina -sim..

Matteo -o Rey tem uma coisa pra te contar.

Nina -ah..sério?  É o que é? 

Rey-(respira fundo) nina...e-eu sou seu pai.

Nina-(fica entre sorrir ou nao)

Rey-eu juro que não foi minha intenção matar sua mãe eu só... (é surpreendido por um abraço de nina)-me perdoa?

Nina-sim!

Na casa de Gastón 

Gastón chega em casa e tem uma surpresa.

Gas-Camila?





Notas Finais


Desculpa qualquer erro! Espero que tenhan gostado bjs! Até o próximo capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...