1. Spirit Fanfics >
  2. .escrevi teu nome em um poema besta >
  3. Meses de carência amorosa

História .escrevi teu nome em um poema besta - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


tem referência a "Por lugares incríveis" e-outras-coisas

Capítulo 1 - Meses de carência amorosa


São quatro da manhã e eu me pergunto se eu pertenço a algum lugar, com refúgio a arte e no amor eu quis ir embora; queria te deixar aqui pois tenho medo demais do nosso não-nomeado. 

Tu me diz que esse é o perigo da existência "a gente não pode controlar nada e que o futuro é algo incerto."

Semana passada você se deitou sobre a grama mal-cuidada do teu quintal e me chamou pra deitar do teu lado, cê queria ficar admirando as estrelas e eu queria fazer astronomia.

— O alinhamento da terra-júpiter-plutão formam marés gravitacionais capazes de interferir no campo gravitacional terrestre, então as nove e quarenta e sete do dia quatro de janeiro, as pessoas "praticamente" irão ficar sem peso por cinco minutos e poderão "voar." — Senti seu olhar sobre mim e senti saudades de observar teus olhos castanhos — Isso foi no dia da mentira, é só uma brincadeira do astrônomo Patrick Moore; mas, eu me sinto assim contigo, como se eu pudesse voar e isso me assusta.

Você entrelaçou teus dedos aos meus e voltou a olhar as estrelas.

— Não consigo expressar metade do que eu sinto e eu sinto muito, mas, atravessaria o mar pra escutar você falar sobre astrologia enquanto me afogo no incerto contigo. — Tu respirou fundo — Se você quiser, eu te acompanho até sua "casa nova" — Tua risada no final da sua frase acompanhou a minha, tu sabia que eu não voltaria mas que eu tentei o máximo que eu consegui.

— Como você tá aí? — sua voz falhou, talvez fosse o sinal ou você tava com medo.

— Eu tô até que bem, mas, só de escutar a nossa música eu desmorono inteira.

— Tu vai voltar algum dia?

— Eu não sei.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...