História Escrito nas Estrelas-Ruggarol - Capítulo 24


Escrita por:

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Ámbar Benson, Luna Valente, Matteo, Matteo Balsano, Simón
Tags Amor, Escrito Nas Estrelas, Karol Sevilla, Lutteo, Matteo, Ruggarol, Ruggero Pasquarelli, Simon, Sou Luna, Soy Luna
Visualizações 416
Palavras 839
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Ficção Adolescente, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 24 - Capitulo 24


Fanfic / Fanfiction Escrito nas Estrelas-Ruggarol - Capítulo 24 - Capitulo 24

Karol

-Filha, voces ja tem quase dois meses que estão juntos? Minha mãe fala e eu arregalo os olhos.

- É serio que voce esta contando Mãe? 

-Claro! Voce nao? Pergunta e respondo negando com a cabeça sorrindo... -Ruggero vem hoje?

-Vem! Nao vejo a hora dele chegar! Respondi e deitei a cabeça no seu colo.

O namoro dele com a cande ainda estava sendo sustentado na midia, mas ela ja sabe que eu e Ruggero estamos namorando... No começo ela contestou e protestou, mas acabou por nao falar mais nada! Pelo menos ate o de eu sei. 

Vou pro meu quarto e sento na cama com o notebook no colo pra responder aos Twitter dos meus fãs. .. Eles sao incriveis mesmo... Tem um monte de posters sobre mim e o Ruggero.  nem posso responder para nao criar uma guerra virtual...

-Esta rindo de quê?  Olho pra cima e Ele esta parado na porta do meu quarto com uma bolsa nas costas... Meu sorriso se expande e corro pra ele em uma abraço apertado.

-Que bom que voce chegou! Ja estava com saudade. Digo ainda pendurada em seu pescoço.

​-Estou com sono! Ele diz e se joga na cama comigo nos braços o que me faz rir.

-Ainda sao 10 horas da manha...

-Cheguei da Itália e vim direto pra aqui... Estou cansado do voo... Responde e fica por cima de mim segurando em minha cintura. – Estava com saudade de voce baixinha.

- Eu também.  Falei, sem conseguir esconder o sorriso do meu rosto.

Ficamos nos encarando ate ele roçar o nariz no meu para logo em seguida me beijar... Minhas mãos de forma automática, foram logo por baixo de sua camisa, alisando suas costas... Nos Ainda não tínhamos chegado a uma fase mais quente do namoro, porque todas as vezes que as coisas ficavam quente, ele jogava um balde de agua gelada em mim... Acontece que eu ja estava ficando louca com isso, e ja estou nesse momento, porque ja estou tirando a camisa dele. 

-Como foi esses dias sem mim? Ele pergunta parando o beijo e deitando do meu lado... Droga! Porque ele sempre fazia isso? 

- Foi​ mais ou menos!  muito trabalho como sempre. Respondi e sorri para esconder a frustração. 

– Voce gostou da musica que mandei pra voce? A nova de Lutteo... Pergunta alisando minhas costas.

-Gostei muito. É linda e triste ao mesmo tempo... Respondi sorrindo ja que os movimentos dos dedos dele estavam me fazendo cócegas. 

- Ontem você não me respondeu se tinha gostado quando perguntei pelo Whatsapp . 

-Eu estava em uma seçao de fotos na hora, mas canta pra mim que te respondo novamente. Falei e ele começou a rir.

-So se voce cantar comigo!

Eu concordei com a cabeça me sentei, enquanto ele  pegava o violão sentando com as pernas cruzadas em minha frente.

Quando ele começou a dar os acordes, minha mente viajou nas lembranças.

"Sabías que
Conté las veces en que te vi
Desde el día en que te conocí
Y sueño que me estás mirando a mí?

Sabías que
El día en que llegaste amor
El cielo cambió de color?
No pude ya engañar al corazón

Arriesgarlo todo es lo que siento
Si he de perder, sé que va a doler
No te imaginas cuánto
Cuánto

Quédate un momento más aquí
Porque al fin entendí
Que contigo detengo el tiempo
Quédate conmigo di que sí
Porque al fin entendí
Que si no ya te perdí

Ele parou de cantar e colocou as mãos em meu rosto e continuou.

- "Quédateee."  Sussurrou...

Nesse momento, meu coração batia tao rápido que o sentia na garganta.  E mais uma vez ele passou o dedo em meus lábios e me beijou .

Eu ainda não acredito que ele compôs essa letra para mim, ele ainda nao tinha dito, mas o Mike me confidenciou. 

- Obrigada. – Falei assim que paramos de beijar.

- Pelo que? – Ele perguntou, sem tirar o sorriso do rosto.

- Por ter escrito isso para mim. – Falei e ele começou a espalhar beijos pelo meu rosto.

–Voce me inspira minha pequena! Ele respondeu e mais uma vez  meu coração brinca comigo. 

Me jogo em cima dele em um beijo apaixonado e ele se deixa cair de costas na cama, me deixando por cima dele... Sinto suas mãos apertarem minha cintura subindo um pouco minha blusa... Mas como sempre,  interrompe o beijo me abraçando.

Ficamos em silencio por alguns momentos, talvez ele tambem esteja tentando se acalmar.

-Eu estou com a sensação de que ja vivi esse momento com voce. Ele disse enquanto mexia nos meus cabelos.

-Deve ser porque ja tinha que acontecer... Ja estava escrito! Respondi com um sorriso e ele retribuiu.

​-Com certeza estava! Confirmou e selou nossos labios.

E todo nosso momento, só me deu ainda mais certeza, de tudo aquilo que eu sentia por ele. Não importava quantos contratos existiriam em nossas vida,  ou quantas pessoas fossem contra. Nós Sempre estaríamos juntos, um para o outro e isso já bastava para mim.

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...