1. Spirit Fanfics >
  2. Escrito nas estrelas (Sariette) >
  3. Incógnita

História Escrito nas estrelas (Sariette) - Capítulo 2


Escrita por: ohsapphic

Notas do Autor


Veio aí mais um. Caso queiram, musiquinha pra acompanhar a leitura: https://www.youtube.com/watch?v=cii6ruuycQA&ab_channel=OliviaRodrigoVEVO

Capítulo 2 - Incógnita


JULIETTE POV

 

Nem nos meus maiores sonhos pensei que um dia ia chegar aonde tô hoje, meu Deus, como tá uma loucura total a minha vida! Tenho dormido pouquíssimo e trabalhado sem parar, mas não vou reclamar porque o amor que recebo de todo o Brasil me dá forças pra continuar. Nesse um mês já participei de algumas campanhas, firmei parcerias e fechei muitos outros projetos que pretendo fazer num futuro próximo, inclusive não vejo a hora de voltar para minha terrinha e poder ver minha família e meus amigos, mas provavelmente vou ter que ir e vir quase sempre por conta da parte de produção e execução dos meus projetos ser mais focada aqui no Rio ou em São Paulo.

E por falar em Rio, já não é novidade pra ninguém que eu tô ficando na casa de Anitta desde que saí do BBB. O que poucos sabem é que eu e ela andamos dando uns beijos, até mais que isso pra ser sincera. Minha gente, eu pensei que fosse ficar só na amizade mesmo, mas essa mulher é irresistível. Ela é do tipo que pega e não se apega, bem amizade colorida, e pra mim tá tudo ótimo também porque não quero nem pensar em compromisso sério nesse momento da minha vida. Além do mais, a bicha tá toda focada na carreira internacional, então provavelmente vai ficar pouco tempo por aqui. Acima de tudo, ela tem sido uma ótima amiga e tem me ajudado bastante a lidar com essa reviravolta da fama e todo esse mundo novo que agora me cerca, aprendo muito com ela e sou grata.

Rolando os feeds das redes sociais hoje mais cedo durante o intervalo que tive entre uma sessão de fotos, vi que Gil e  Sarah iam fazer live juntos agora a noite e vou dar uma passada lá, sinto muita saudades deles. Ao contrário do que boa parte do publico pensa, não tenho raiva alguma deles. Já tive muita mágoa sim, mas hoje vejo que muitas coisas que eles fizeram foi por pura pressão de jogo, a Sarah principalmente, e não vejo motivos pra deixar o tal G3 “morrer” por conta de águas passadas. Sarah é boca de sacola pra muita coisa, só que a maior parte dos sentimentos ela guarda pra si mesma, a mulher finge que é uma rocha, mas finge bem mal. Por trás daqueles olhinhos claros eu consegui enxergar tanta coisa nos meses que passamos juntas... O Brasil viu e eu nem fiz questão de esconder que teria ficado com ela na casa se ela quisesse, mas vi no olhar dela a confusão interna que provavelmente ela estava enfrentando, ainda mais depois de se afirmar hétero diversas vezes lá dentro daquele programa. Me engana que eu gosto! Enfim, resolvi respeitar e dar tempo ao tempo e logo depois ela deu todo aquele surto e acabou saindo. Tivemos uma breve conversa no dia 101 e a bichinha veio me pedir desculpas pelas questões do jogo toda alterada pelo álcool e eu senti vontade de encher o rosto dela de beijo, não vou negar, porque ela tava fofinha tentando manter a pose séria e era bem aparente o nervosismo em seus gestos. Naquele momento eu tava só o pó, mega cansada mesmo e ainda não tinha tido tempo pra ver nada a respeito do jogo. Então, disse pra ela que poderíamos conversar um outro dia com mais calma e Sarah topou. Ainda não conseguimos ter essa conversa, minha vida tá uma correria e imagino que a dela também. Espero muito que dê certo de a gente se encontrar, mas fico com receio de que a pressão da mídia possa bagunçar nossas cabeças, por isso ainda não consegui propor esse encontro.

Já passava das 19h quando me sentei no sofá com meu celular, entrei na live de Gil e soltei o simples comentário que fez o público enlouquecer. Acho engraçado como o amor pelo G3 ainda é bem forte mesmo depois da gente ter se ‘separado’ e eu fico feliz, porque gosto muito dos dois. Sarah ficou bem estranha quando o Gil falou do meu comentário, pareceu estar desconfortável.

“Ô loirinha difícil de entender!” – Soltei em voz alta sem querer, sentindo minha amiga deitar a cabeça em meu ombro.

“Shippei muito vocês duas lá dentro, viu? Sei nem como não ficaram juntas.” – Anitta comentou enquanto assistia a live comigo – “Ela é muito linda e você também, daria um casalzão.”

“Ih, mulher, essa daí é complicadíssima, visse? E talvez tenha sido até melhor assim. Vai ver não era pra ser.”

“A gente nunca pode dizer nunca, Juju, vocês têm a vida inteira pela frente.”

“É, pode ser.” – Assenti com pouca crença em suas palavras – “Ei, bora ver algum desenho?”

“Tá, mas eu escolho dessa vez. Vamos de Frozen.”

 

Sempre que tenho um tempinho gosto de assistir, dentre outras coisas, filmes de animação e Anitta ama também, daí os momentos que a gente passa juntas são sempre divertidos assim. Ficamos bebendo algumas Beats e comendo uns petiscos enquanto passava o filme, aproveitamos pra chamar Deborah, Huayna, mainha e a mãe de Anitta que também se juntaram a nós, foi um momento super gostoso e de muitas risadas.

Mais tarde, depois que todos já estavam em seus devidos quartos e eu deitada ao lado de Anitta, recebi a notificação de que fui adicionada no grupo ‘Manutenção externa’ no WhatsApp. Eu havia conversado com Camilla sobre querer entrar agora que a poeira tinha abaixado, afinal era a única participante que faltava pra ficar completo.

[whatsapp on]

Juliette [01:11]: E aí, meu pooooovo! Chegou quem faltava :P

Rodolffo [01:12]: Agora o trem ficou bão!!! Bem-vinda Ju

Camilla [01:15]: Aeee, best ♥

João [01:15]: Gente, faz silêncio pq o motivo da fofoca chegou!

Camilla [01:15]: kkkkkkkkkkkkkk apaga

Juliette [01:16]: Tá engraçadinho demais esse Jão

Sarah [01:20]: Oii

[whatsapp off]

Assim que vi a mensagem de Sarah travei e meu coração quase errou as batidas. Ela sem dúvidas mexia muito comigo e eu fiquei total sem reação, tanto que o pessoal engatou em uma conversa aleatória e eu nem consegui participar do assunto. A única coisa que rondava pelos meus pensamentos era que eu queria muito chamá-la no chat privado, só não sabia como. Me senti uma adolescente novamente. Saí dos meus devaneios sendo trazida para a realidade com o som da notificação e vi que a própria Sarah acabara de me mandar uma mensagem. Espera... é sério? Tive que ler duas vezes pra confirmar que eu não estava vendo coisas. 

Sim, eu realmente estava vendo coisas. Quem me mandou mensagem foi minha amiga Thaise e sei que o nome não tem nada a ver, mas dizem que o desejo faz a gente ver coisas onde não tem. E outra, eu também tinha as vistas levemente embaçadas devido as três latinhas de Skol Beats que tomei mais cedo. Enfim, resolvi esquecer toda essa loucura e responder minha amiga. 

Após alguns minutos, Anitta me abraçou em uma conchinha extremamente confortável e a senti depositar um beijo no meu pescoço, me causando um leve arrepio e um pulsar entre as pernas. Me virei de frente pra ela e iniciamos um beijo calmo que foi se intensificando a medida em que nossas mãos passeavam pelo corpo uma da outra em carícias um tanto ousadas. Definitivamente ela era um ótimo calmante para a minha mente agitada.


Notas Finais


Desculpem eventuais erros, escrevi agora de madrugada e não consegui revisar direito por conta do sono. Espero que gostem! PS: como já deu pra ver, tento ser fiel a algumas coisas que vem acontecendo na vida das duas no momento atual, mas a maioria das coisas vou criando conforme faz sentido na história que quero fazer pra elas.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...