História Especial-Dia das crianças (One Shot) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Crise, Depressão, Dor, Hetero, Morte, Obsessão, One-shot, Prisão, Sexo
Visualizações 198
Palavras 776
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Mutilação, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Dedicado à minha dor!

Capítulo 1 - Psycho


Fanfic / Fanfiction Especial-Dia das crianças (One Shot) - Capítulo 1 - Psycho

Minhas mãos suavam, meus batimentos cardíacos estavam acelerados e eu confesso que não aguentava mais segurar todo o tesão que corria no sangue de minhas veias e entre todo o oxigênio que eu respirava... Precisava sair dali imediatamente, ficar entre quatro paredes com ela era o mesmo que planejar sua morte...

ELA ERA LINDA, TINHA CABELOS CASTANHOS À ALTURA DOS OMBROS, PELE CLARA E MACIA, SUA BOQUINHA VERMELHA E AAAAAHHHH... ELA ME CHAMA DE...

-Daaaaaaaddy, me dê atenção! - Disse Sakura fazendo beisinho.

-Eu estou um pouco aflito, preciso ir para agora se não...- Interrompi minha frase na hora, não podia falar sobre meus desejos eu me tornaria mais excluído ainda,  Sakura era a única garota que conversa comigo sem me esnobar, mal sabia ela que eu não sentia só amizade. EU AMAVA SAKURA.

-Aish, mas Daddy e o dever de casa? - Fez uma carinha de bebezinha, passando a mão nos seus peitos. O que aquela garota tinha na cabeça? O que ela queria de mim?

Eu queria muito não ter feito aquilo,  mas meu psicológico me venceu e eu acabei...

Não estava disposto continuar ali, meu pau pulsava horrores, pensava qie em qualquer hora ele rasgaria minha calça com um só golpe.

-Preciso ir -Eu abri a porta do seu quarto e levei um susto em ver a garota ali na minha frente desabotoando minha camisa,  mordendo os lábios e fazendo assim eu perder o meu pingo de consciência sóbria. 

-Vamos Daddy- Gemeu a garota.

Eu só queria lhe oferecer meu amor, mostrar o quanto eu a amava!

Tirei minha calça e logo em seguida rasguei a camiseta que Sakura vestia,  a garota soltou um suspiro de susto, pois, não esperava tanta audácia. 

A joguei bruscamente a tal na cama, lhe dei tapas fortes fazendo-a geitar de dor, apertei seus peitos brancos deixando marcas dos meus dedos e os chupei os pares de seis delicados, estavam roxos e a garota já dstava relutando para sair daquela situação,  começou a berrar e clamar para mim parar quando tirei sua saia juntamente com a calcinha, era tão rosada que seria pecado não chupá-la, fiz a garota se aclamar por uns instantes, Sakura se contorcia e gemia baixinho... Mas estava sendo muito bondoso, tirei minha calça e sem pensar duas vezes encostei meu pau na sua buceta.

-Só a cabecin...AAAAAAAAHHHHHH-

Coitada da virgem Sakura,  enfiei tudo o que podia sem dó,  vi uma lágrima escorrer nos olhinhos dela e iss me deu mais tesão ainda, começei a dar estovadas fortes e rápidas, ela sangrava e o sangue dela me fortalecia... A garota pedia por misericórdia e piedade e eu tirava e colocava até que aquela posição me cansou tirei o meu pau e levantei para posicioná-la de quatro,  mas a vadia desobediente tentou escapar, corri atrás dela e esbarrou em um frasco de vidro de um dos seus perfumes assustada parou de correr e assim agarrei de novo, dei socos e chutes como castigo até que ela começou a me xingar e dizer eu iria pro inferno,  então pequei um banquinho e com suas próprias roupas a amarrei de quatro pra mim... Novamente a meti sem dó,  seu grito de dor e sofrimento soava como música clássica no seu quarto, viz o vai vem e gozei nas suas costas, a garota desobediente de novo gritou por socorro, peguei um dos cacos de vidro que estavam no chão e comecei a fazer cortes em suas costas escrevendo "MR.  PSYCHO".

Ela irá me odiar como as outras, preciso matá-la.

Então soltei a vadia para descansar,  tinha q que pensar em algo logo mas meu tesão ainda não acabará. .. Sakura estava encolhida na cama chorando, puxei seus cabelos arrebentando muitos fios e enfiei meu pau em sua boca, a garota o mordeu com força e o machucou fazendo-se sangrar.

-Sua vadia, agora engoli o meu sangue,  vamooossss engole.

Ela o chupou de mal gosto, chorando com o olho inchado... Até que gozei pela segunda vez,  e percebi como deixei minha amada desfigurada!

-Preciso acabar com isso!

Nesse momento eu a peguei no colo, ela já estava desfalecendo em meus braços, não tive escolha a não ser joga-la pela janela e fugir.

-Eu te amo- Disse dando um beijo em sua testa e joguei do 23* andar do seu prédio, não olhei para cena depois daquilo,  apenas tentei fugir daquele mesmo jeito... Mas me pararam antes de conseguir sair, estava nu e chamava atenção! 

Hoje estou preso e com ódio de mim mesmo, na minha sela não tenho amigos e já fui estuprado diversas vezes pelos homens que souberam os motivos da minha prisão!  Ninguém me visita, só ela...Sakura, todos as noites ela vem me ver e disse que em breve buscará minha alma para queimar no inferno! 


Notas Finais


Um pouco pesada, mas não sei fazer fanfic hetero!
2bjos ♡
Nem reli, então releve os erros.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...