História Espera, cadê o bolo? - Capítulo 1


Escrita por: e btspring

Postado
Categorias Big Bang, SHINee
Personagens D-Lite (Daesung), Jinki Lee (Onew), Jonghyun Kim, KiBum "Key" Kim, Minho Choi, Taemin Lee
Tags 003, Taemin!day, Unvershinee
Visualizações 51
Palavras 1.049
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Festa, Fluffy, LGBT, Slash

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu to muito feliz, por finalmente postar essa fanfic.
Daesung e Taemin, seriam um belo casal, não acham?

Boa leitura ^^

Capítulo 1 - Capítulo único:


Daesung estava nervoso. Era o aniversário de seu namorado e nada podia dar errado. E parecia que a sorte estava ao seu lado, pois havia ganhado uma folga do exército e a coincidência só ficou maior quando descobriu que os seus companheiros de grupo também tinham sido dispensados.

O vento soprava a seu favor, pelo menos era isso que pensava. Taemin merecia uma festa linda e nada daria errado.

— Dae, relaxe. — Jiyong disse enquanto ajudava Kibum a encher os balões.

O plano até que foi fácil. Jinki levará o mais novo para conhecer uma cafeteria em Busan, pois não era uma simples cafeteria: ela tinha o tema do Harry Potter. E Jinki sabia que o mais novo adoraria aquele lugar.

— Vocês não acham que isso é um pouco infantil? — Jonghyun comentou, apoiando-se na porta e observando todos.

— Não acho. — Daesung respondeu. Se antes ele se sentia inseguro com relação à festa surpresa do seu amado, agora estava ainda pior.

Ok, talvez a festa não estivesse tão madura assim, mas esse não era o problema. Tinha coisas piores como no fato de que Seungri e Kibum estavam discutindo e os dois pareciam bem irritados.

— Eu já disse que azul é mais bonito! — Seungri repetiu pela milésima vez. Aquele garoto chamado Kim Kibum já estava tirando sua paciência.

— E eu já disse que o vermelho combina mais com a decoração! — Key respondeu. “Maldito seja esse hyung!”.

— Que tal verde? — Daesung sugeriu aleatoriamente, tendo sua atenção toda voltada para a decoração da mesa. Estava cansado de ouvir aqueles dois brigando como duas crianças catarrentas e manhosas.

Key e Seungri se entreolharam e soltaram um longo e derrotado suspiro, indo logo encher as bexigas verdes.

— Galera… — Disse Youngbae, sendo claramente ignorado em sua vã tentativa de chamar atenção. — Depois não reclamem que ninguém avisou… — Ponderou para si mesmo e voltou ao que fazia antes.

                      ( ... )

Taemin estava se sentindo uma criança novamente, toda a decoração da cafeteria fazia os seus olhos brilharem de alegria. Enquanto um namorado se divertia, o outro estava quase ficando careca de irritação.

                      ( ... )

Daesung não conseguia disfarçar o desgosto estampado em seu rosto por toda a algazarra que os amigos faziam.

Seunghyun, o mais velho de todos, estava com cinco docinhos na boca, enquanto o maknae do seu grupo dançava no meio da sala chutando todas as bexigas, as mesmas que Key queria usar para enfeitar o lugar.

— Espera, cadê o bolo? — Daesung perguntou. Tinha certeza de que o bolo havia sido comprado. Afinal, ele mesmo ligara para a confeitaria.

— Eu estava tentando falar a respeito, mas ninguém me deu ouvidos! — Exasperou-se Youngbae. — Eles venderam o bolo do Taemin para outra pessoa.

Daesung sentiu o chão sumir sob seus pés ao ouvir aquilo e entrou em um profundo estado de desespero.

— Eu posso fazer panquecas doces e daí é só colocar a vela em cima! — Jiyong sugeriu tentando animar o ambiente.

— É melhor do que nada. — Minho concordou com o outro e olhou para Daesung, que se conformou com a ideia.

— Só sei que já fiz a minha parte. — Jonghyun avisou, logo indo ajudar o namorado, pois Minho estava todo enrolado em cabos de som.


*

— Jinki disse que já estão voltando. — Kibum avisou os outros, que aceleraram os preparativos. Enquanto isso, Jiyong estava concentrado em fazer as panquecas.

Caso mais alguma coisa desse errado, Daesung ainda tinha uma surpresa, uma carta na manga, e essa ninguém estragaria. Estava ansioso para ter uma vida a dois com Taemin, pois já estavam juntos havia três anos e ele sentia que estava na hora de tornar o laço deles mais forte. Desde o momento em que conheceu o mais novo soube que ele era o homem de sua vida.

— Hyungs, cheguei! — Taemin gritou e olhou ao redor. Um sorriso logo brotou em seus lábios carnudos quando percebeu o que estava acontecendo ali. Avistou Daesung e correu direto para os braços dele. — Que lindo! Vocês me fizeram uma festa…

Daesung o beijou e viu o sorriso do aniversariante aumentar ainda mais. Taemin tinha achado tão fofo, todos aqueles balões pela casa...

— Você gostou mesmo? — Daesung questionou o mais novo, apesar de saber que seu Taemin não era bom com mentiras.

— É claro que sim, meu amor. Você e os hyungs estão comigo e isso já me deixa feliz. — Taemin respondeu, sorrindo mais uma vez. Oh, céus, o mais velho estava se sentindo nas nuvens com o sorriso do namorado.

Apenas os amigos mais íntimos sabiam do namoro deles, pois o começo do relacionamento havia sido difícil para ambos os lados. Havia muito compromisso e pouco tempo para namorar, mas Daesung sempre dava um jeito de ter seu namorado em seus braços de novo. Muitas brigas e lágrimas foram derramadas durante aqueles três anos, mas agora o casal estava mais apaixonado do que nunca. Era nítido que ninguém no mundo conseguiria separar aqueles dois.

— Taemin, você é a melhor coisa que aconteceu na minha vida. Eu sei que você chorou muito por ter que esconder o nosso namoro, mas eu quero você saiba que eu te amo demais, você é a minha vida. Eu durmo e acordo feliz todos os dias, porque sei que você está aqui esperando por mim, mas eu quero sentir com mais frequência. Eu quero te amar e cuidar de você. — Daesung sorria ao dizer aquelas palavras. Selou os lábios do mais novo com calma.

— Eu também te amo, Dae. Amo muito. — Taemin respondeu, também sorrindo. Sentia que seu coração explodiria a qualquer segundo, estava tão feliz!

— Então…. Você quer se casar comigo? — Daesung finalmente fez a pergunta que mudaria a vida dos dois para sempre.

— Sim! Eu quero. Esse, com certeza, é o melhor presente que eu poderia ganhar! — Taemin respondeu e sorriu, antes de beijar o agora noivo. O amor que se acumula e vive como um só, era assim que os dois homens se sentiam um em relação ao outro.
Daesung e Taemin estava tão ocupados no mundinho deles, que nem ao menos escutavam os gritos histéricos dos amigos.

— Meu Deus, cadê o extintor?! Jiyong vai incendiar a cozinha! — Kibum gritava pela casa, mas o casal continuava sem dar a mínima atenção.

Um pedido de casamento e uma frigideira pegando fogo. Tudo que Lee Taemin precisava para ter o aniversário perfeito.

 


Notas Finais


Quero agradecer a @Lollyvato pela ajuda na sinopse. O Taemin é tão fofinho, um bebê gente :3 Feliz aniversário, Taemin ( nada atrasada)♡♡♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...