1. Spirit Fanfics >
  2. ESPERANDO POR VOCÊ - JB - GOT7 >
  3. Inevitável

História ESPERANDO POR VOCÊ - JB - GOT7 - Capítulo 22


Escrita por:


Notas do Autor


Oi amores, desculpem a demora, comecei a faculdade e está difícil pra mim conciliar as coisas, prometo não desisti da fanfic e obrigada aos que ainda estão acompanhando.
Boa leitura 💚💚

Capítulo 22 - Inevitável


Fanfic / Fanfiction ESPERANDO POR VOCÊ - JB - GOT7 - Capítulo 22 - Inevitável

Pov's S/n

- Ai meninas, eu fiquei com Jack e depois com o Daniel. - Disse Jihyo com as bochechas um pouco coradas. 



- Conta isso direito pra gente amiga, como assim? você ficou com os dois?



- Foi assim... 



Flashback Jihyo on//


- Então é pra isso que servem os amigos não é mesmo? - disse com cara de tédio.



- Eu tô aqui com você uh? - Disse o Lucas, até ver Yuqi na porta de entrada da festa. 



- Todos farinha do mesmo saco grrr. 



Pedi uma bebida no bar ali e me sentei sozinha, observando todo mundo se divertindo e por algum motivo no momento em que entrei naquela festa fiquei meio pra baixo.


Senti algo tocar minha cintura de repente e acabei por derrubar o líquido pela minha roupa, logo virei pra ver quem foi o idiota. 



- Yah, Jackson por que fez isso? pelo amor de Deus, me sujou toda. 



- Nossa, desculpa neném, vem, vamo limpar logo isso, sua roupa tá ficando transparente.


- Eu me viro sozinha, não precisa. - Sai em passos apressados no meio daquele povo até sentir um pisão no meu pé que parecia ter arrancado meus dedos fora. Perdi o equilíbrio e não conseguia me levantar dali, já tava com medo de ser pisoteada até sentir alguém me levantando. 



- Yah, você é muito teimosa Jihyo, puta que pariu, vem.



Ele foi me levou pra um lugar menos movimentado, e meio longe eu me senti sendo observada por poucos segundos por Daniel, que tava se esfregando em uma menina ali na pista de dança, ai, como eu odiava aquele menino, nossa que ódio.


pov's Jackson



Sentei Jihyo em um sofá que tinha ali, estávamos num lugar que parecia uma sala mais reservada. 



- Aqui dói? - peguei em seu calcanhar e torci um pouco.


- Aí, dói.



Olhei pra cima pra ver a expressão de dor que a menina fazia, porém meu olhar foi direto na parte interna das suas coxas, eu vi a calcinha dela pra ser mais exato.



- Eu consegui te deixar vermelho assim por causa da minha calcinha? woah.- Ela disse rindo.


- Deixa de ser tola Jihyo, foi sem querer. - Falei desviando meu olhar do dela.



- Umhum, vou fingir que acredito. 



- Para de ser narcisista, se eu quisesse te pegar ja tinha pegado.



- Depois eu que sou a narcisista? E quem disse que eu quero ficar com você? - ela disse me encarando com as sombracelhas elevadas.


- E não quer? - Falei e ela mudou a expressão ficando surpresa.



Por incrível que parece logo hoje, agora, ela estava mais atraente aos meus olhos. Claro que eu sempre achei ela bonita e tal mas ela era só minha amiga, nao tinha como isso acontecer certo? errado. Fui me aproximando devagar dela que não recuou, coloquei minhas mãos em sua nunca nos aproximando mais e mais até sentir seus lábios nos meus, nos beijamos por um tempo aproveitando o máximo daquilo, até ouvirmos uma voz atrás da gente. 



pov's Jihyo 



Como aquilo aconteceu? eu não faço idéia, a única coisa que passava pela minha cabeça era o quão bem Jackson beijava. 



ouvimos uma voz que nos fez interromper o que estávamos fazendo.


- Você não tem vergonha de se aproveitar de uma garota indefesa e bêbada?


- Daniel? - Falei surpresa e um pouco confusa com aquilo.


- Você não tem nada haver com isso cara, só sai. - Jackson disse ainda com as mãos na minha nuca.


- Solta ela Jackson eu não quero brigar com você. - Daniel tinha as mãos no bolso.


Eu LITERALMENTE odiava aquilo, Daniel só me tratava como colega e nem me dava bola, mas com certeza sabia que eu era apaixonada por ele, todo mundo sabia desde o ensino médio, talvez por isso se achasse no direito de interromper com que eu ficava ou não. Ele já tinha feito isso uma vez, e eu como sou trouxa por ele fiquei do lado dele, deixei ele me "defender" mas hoje não.


- Daniel, só para tá, por que ta fazendo isso? - Falei tirando as mãos de Jack do meu pescoço.


- Somos amigos, e... e você tá sendo abusada.- disse meio perdido.


- A única pessoa que me abusa aqui é você, você sempre soube que eu gosto de você mas nunca se privou de se esfregar num bando de meninas na minha frente.


- Eu não sabia Jihyo.


- Claro que você sabia caralho. 



- Eu vou deixar vocês conversarem direito. - Jack disse se virando pra mim. 



- Jack... - o olhei segurando sua mão. 



- Vocês precisam fazer isso mais cedo ou mais tarde. Ainda somos amigos, não esquece disso uh? - me deu um beijo na testa e saiu esbarrando no Kang. 



Eu estava de braços cruzados olhando Daniel com uma cara de extrema decepção.


- Eu não sabia, okay? - Disse se sentando ao meu lado.


- Eu tenho cara de burra garoto? 



- Tá, talvez eu desconfiasse. - Disse baixando a cabeça


- Eu sempre contei pra todo mundo, e eu sempre fui bem óbvia também. - Descruzei meus braços. - Por que veio aqui?


- Já disse, pensei que ele estava se aproveitando.


- Ele é meu amigo, nunca iria fazer isso. 



- Ele é homem Jihyo, eu sei como são.



- Nem todos são iguais a você senhor Kang


- Eu não faço isso. 


- As garotas com quem você fica mas festas sempre estão bêbadas ou chapadas.


- Mas eu fico com elas quando estão sóbreas também.


Franzi meu cenho o olhando com cara de reprovação.


- Desculpa. - Ele disse com a mão na nuca.



- Por que eu tinha que gostar de você? sério, tinha o Lee minho, o Taemin, o Sehun, por que eu tinha que ter uma paixão platônica por você? - Suspirei ja cansada daquilo tudo. - Eu já vou okay. 



Levantei pisando firme no chão, tinha até esquecido que meu pé tinha sido quase arrancado, cai no chão com tudo novamente e Daniel se aproximou.


- Você tá bem? - Ele me olhava com feição preocupada, ele tava fingindo né? ele só queria me pegar como faz com as outras não é? eu sei, eu sei disso, mas eu não vou perder a oportunidade, eu fiquei com o Jackson e foi bom, mas o Daniel foi o primeiro cara que eu gostei de verdade sem ao menos ter tido contato, eu precisava e ia fazer aquilo.


Puxei-o pela gola de sua camisa até chegar bem perto do meu rosto, aí, ele era tão lindo. Fomos nos aproximando vagarosamente até que senti nossos lábios juntos, aproveitamos muito um os lábios do outro. Kang me levantou do chão e me colocou ao seu lado no sofá que tinha ali, pouco tempo depois eu já estava no colo do mesmo, ele pediu passagem com a língua e eu concedi rapidamente, suas mãos apertavam minha cintura me pressionando contra seu colo, não pude evitar de me movimentar sobre o mesmo.


Nos desgrudamos ofegantes, abri meus olhos e ele estava de olhos fechados respirando pesadamente, aquilo me fez sorri, acho que o beijo foi melhor do que a gente esperava.


- Jihyo, ah desculpa. - escutei alguém me chamar, logo saí de cima de Daniel desconcertada. 



- Lucas? que foi? - estranhei a feição dele. 



- A s/n foi pro hospital a gente precisa ir. 



- Meu Deus, vamos agora. - O menino sentado ao meu lado segurou meu braço.


- Quer que eu vá com você?


- Não precisa se sentir responsável por que a gente ficou Daniel, fiz isso por que eu queria uh? - Dei um selinho nele antes de Lucas me ajudar a levantar. 



- Vamos procurar a Dahyun ok? - Lucas me disse e eu assenti, nos separamos e eu tentei "correr" o máximo que pude até Dahyunie.


- A s/n tá no hospital, a gente tem que ir.


Flashback off//


pov's s/n


- Desculpa ter estragado a noite de vocês, principalmente a sua Jihyo. 



- Relaxa, não ia acontecer nada depois dali mesmo.



Estávamos tão cansadas que adormecemos ali.














Notas Finais


Espero que tenham gostado, volto em breve. 💚💚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...