História Espírito demoniaco - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias As Tartarugas Ninja
Visualizações 55
Palavras 342
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Prólogo.


As 4 tartarugas se encontravam no dojo jundo com o mestre splinter. 

Todos estavam a metitar, até mesmo o Raphael que odiava metitar, mas alguma cousa perturbava a tartaruga vermelha pois sua respiração estava deserugalada e ele estava suando feito louco.

Mente do Raph P.O.V

Minha mente está escura e sombria ... Barulhos de lâminas batalhando estre si eram ouvidos porem não vistos ... A minha mente era realmente assustadora, eu odeio quando tenho que meditar ... Conforme a escuridão foi aumentando eu sai correndo para achar uma maneira de sair da li ou de evitar que o meu espirito me ache.

Logo eu comecei a ouvir gritos em meio a escuridão, eram gritos de terror e de agonia e eles pertenciam ao meus irmãos.

- LEO, MIKEY, DONIE !!!

Eu gritei desesperado a procura deles, mas ninguém me respondia.

- GENTE !?

Eu parei de corer quando senti algo quente e molhado em meus pés, eu olhei para baixo e eu os ergui ligeiramente .... Isso é ... SANGUE !

Da onde saiu todo esse sangue !?

Mais alguns gritos dos meus irmãos foram ouvidos por mim.

Eu corri o mais rápido que podia na direção dos gritos ... Eu podia não ver um palmo na frente dos meus olhos por causa da escuridão, mas mesmo assim eu sabia para onde ir, pois essa é a minha mente e eu a conheço bem ... Ou quase.

- RAPH ! - Eu escutei o Leo gritar pelo meu nome.

- RAPH !? NÓS AJUDE ! - Eu escutei o Donie gritando com uma voz chorosa.

Eu esva correndo como nunca corri em toda a minha vida, mas logo eu pisei em um enorme buraco e comecei a cair.

Quando eu cheguei ao fundo do poço eu me levantei e me coloquei a correr, eu não enchergava nada mas um feixe de luz apareceu permitindo que eu enchergase novamente as coisas ao meu redor, a escuridão ainda estava eminente mas ela não estava mais tão densa.

Eu corri em direção ao feixe e quando eu estava próximo o suficiente eu vi o meu espirito... O meu espirito demoníaco...





Continua....


Notas Finais


Me desculpem pelo capítulo curto... Mas espero que gostem .... Favoritem se quiserem que eu continue logo ^-^...


Bye meus amores... Beijo de chocolate com marshmallows e tchau !


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...