História Esquece! Não vou te chamar de oppa! - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT), Stray Kids
Personagens Chenle, Doyoung, Haechan, Hansol, Jaehyun, Jaemin, Jeno, Jisung, Johnny, Jungwoo, Kun, Lucas, Mark, Personagens Originais, RenJun, Taeil, Taeyong, Ten, Winwin, Yuta
Tags Felix, Stray Kids
Visualizações 55
Palavras 3.342
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Ficção Adolescente, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Perdidamente apaixonados


─ Donghyuck hyung, me passa o requeijão ─ Diz a garota estendendo os braços que estavam cobertos pelo seu moletom

─ Ya! Eu não vou te passar nada. ─ ele diz indignado ─ Por que me chama assim?

─ Você sabe que prefiro morrer do que te chamar de Oppa ─ Ela se levanta para pegar o requeijão mas Chenle a para e arruma as mangas de seu moletom ─ Obrigada Chenle hyung ─ ele revira os olhos

─ Gente essa menina vai morrer nisso ─ disse Jaemin

─ Eu não gosto disso! É como… aish eu não sei! É uma coisa de gente fresca "Ah meu oppa tá dodoi?" "Ah oppa deixa eu te dar comidinha na boca!" "Oppa! Você é muito kawaii" ─ ela diz fazendo uma cara de nojo enquanto coloca requeijão em seu pão

─ Mas não fale como se fosse um mimo, é só que é melhor para nós e as pessoas acham estranho ─ Disse Mark

─ Desse jeito você não vai arranjar um namorado ─ Renjun diz enquanto observa ela comendo e se sujando toda ─ você não é muito feminina

─ Ah é? Então chupa a minha rola ─ ela diz e todos os garotos riram

─ Ah ta. ─ Jeno diz rindo enquanto toma seu chocolatado ─ Onde você esta aprendendo essas coisas?

─ Minhas Unnies ─ ela diz ─ e outra, vocês são os culpados também.

─ Realmente… ─ Mark pensa

─ Eu não acho um defeito, acho engraçado ─ Jisung aparece tirando o cabelo do olho da menina

─ Oi Jisung… ─ ela diz e ele espera com esperanças ─ hyung ─ ele entristece

─ Ya eu sou seu melhor amigo, não acha que eu mereço um desconto? ─ Jisung pega um café

─ Um dia desses eu pensei no seu caso, mas ai você me deixou de vela lá enquanto falava com uma menina. ─ ela diz com certa raiva

─ Eu posso sentir… isso é ciúmes? ─ Chenle diz sorrindo

─ Não, se vocês vão se pegar com alguém levem outra pessoa so pra eu não ficar só! ─ ela disse indignada ─ As minhas unnies nunca fazem essa mancada.

─ São todas intercambistas, não pegam ninguém assim do nada ─ disse Jisung ─ E outra os meus amigos estão na seca e eu não vou fazer basicamente: "gente eu vou ali rápido, olhem a minha amiga que está dando sopa aqui rapidinho"

─ Olha sobre "assim no nada" realmente mas… sobre "pegar alguem" ─ ela diz ─ né Renjun?

─ … ─ Renjun arregala levemente os olhos ─ Você é má Min Soo.

─ Me atualiza ai ─ diz Haechan derrubando suco na sua camisa sem querer

─ Parece que esse bixo ta com a mão no cu. ─ A garota diz indo pegar uma camisa para o garoto, logo volta ─ aqui a camisa. ─ ela joga e Donghyuck põe as mãos na barra de sua camisa para tira-la ─ Uhul!

─ Não. ─ Jisung fecha os olhos de Min Soo e Donghyuck ri

─ Enfim, o Renjun está com a minha unnie R… ─ Renjun empurra Jisung e tampa a boca de Min Soo

─ 1. Eu não estou ficando com ela, eu realmente gosto dela. 2. Ela é muito bonita para você ficar fazendo propaganda. ─ Renjun diz corando levemente e solta Min Soo

─ Que bonitinho ─ disse Mark sorrindo

─ Eu tenho informações sobre você Min Soo, e você sabe ─ Renjun fala entreolhando a garota que sente seu corpo estremecer

─ Se eu soubesse que você fosse me chantagear não teria te falado nada ─ ela abaixa a cabeça

─ Eu to blefando carai' ─ ele ri ─ eu prometi

─ Então há coisas que eu não sei ─ Chenle diz pensativo ─ preciso invertigar

─ Não é nada que precisem saber ─ a garota diz e sente alguem abraçando ela por trás, até ficaria confusa se o perfume não entregasse ─ Oi Jisung

─ Mano por que vocês não se pegam logo? ─ Yukhei diz entrando com compras

─ Talvez porque somos amigos ─ Jisung disse sem nenhum incomodo

"Ai nossa como doia, eu gosto muito do Jisung, muito mesmo eu tenho sorte de ele não saber pois nada seria a mesma coisa, ele realmente não gosta de mim e eu sei disso. Ele tem ciúmes de mim as vezes, isso ate me dava uma esperança mas, o tanto de vezes que eu ajudei ele com as garotas que ele gosta e muito grande, mas um dia vou tirá-lo da minha cabeça." A garota pensava sempre a mesma coisa quando Jisung falava "porque você é minha melhor amiga" "nós somos só amigos" era sempre com tanta certeza que machucava ela, mas o que ela poderia fazer? Se afastar? Não. Jisung fazia muito bem a ela e essa dor era bem aturavel desde que visse ele sorrindo

─ Min Soo? Min Soo? Min Soo! ─ A garota é acordada de seu transe por Yukhei

─ Oi. ─ ela diz rápido

─ No que estava pensando? ─ perguntou Chenle ─ Eu espero que seja em mim porquê eu não quero ficar pensando que fui traido. ─ a garota ri

─ Corrigindo, em mim. ─ disse Jisung, imagina só se ele soubesse que estava certo

─ Nada, um dejavu ─ ela menti

─ Ah ta. ─ disse Haechan

─ Então… Jisung você não tinha algo para dizer a nossa amiga aqui? ─ Disse Yukhei cutucando o garoto

─ A-ah sim, vamos Min Soo ─ O garoto a leva para seu quarto

─ Se não for agora eu desisto ─ disse Yukhei e os meninos encararam ele ─ Eu não sei! Felizes?! Eu não sei! Ele so disse que precisava falar com ela e que era importante. ─ os garotos correram para o quarto de Jisug e ficaram escutando atrás da porta.

─ Então... o que queria dizer? ─ Ela pergunta um tanto nervosa.

─ A unica pessoa que deveria estar nervosa aqui era eu. ─ ele respira fundo ─ ok, acho que eu já deixei obvio, todo mundo sabe e você deve saber… eu estou apaixonado ─ ele diz rápido e o coração da garota dispara e atrás da porta Renjun e Yukhei se abraçam como um "finalmente porra!"

─ P-por? ─ ela se senta na cama e começa a bater seu pé no chão freneticamente

─ Não ta óbvio? ─ ele sorri de uma forma adorável que faz a menina sentir borboletas no estômago ─ a Yen Hee. ─ a perna da menina para de mexer e o seu coração desacelera

─ AH VOCÊ TA DE BRINCADEIRA COM A MINHA C- ─ Mark tampa a boca de Jeno para que os dois não escutassem se já não tivessem escutado

─ Aish ela é tão linda… quando eu estou perto sinto que o meu coração vai sair pela boca ─ ele sorri e segura o traviseiro

─ Ok, mas… se você me chamou aqui quer que eu faça algo então desimbucha ─ sua garganta estava ardendo, ela tinha medo de chorar em sua frente.

─ Eu quero que você me ajude a conquistar ela, eu sei que você a odeia mas… poderia me ajudar? ─ como se não bastasse…

─ Claro! Ta certo que eu não gosto dela mas se for para vê-lo feliz. ─ ela sorri e ele a abraça ─ Mas eu ainda to triste

─ Por que? ─ ele pergunta ainda a abraçando

─ Porque você vai me trair

─ Min Soo você vai ser sempre a minha melhor amiga ─ ele beija a sua bochecha ─ agora eu vou sair com os meus amigos, depois a vejo

Os meninos atrás da porta fazem magia e saem de perto da porta chutados, assim que Jisung cruza a porta da saida Renjun e Yukhei correm para o quarto de Jisung onde Min Soo ainda estava, os outros meninos não foram lá pois estavam fingindo que não estavam na porta ainda.

─ Mano… você é tão bonita… PERTO DO DEMÔNIO QUE É A YEN HEE ─ Yukhei diz e bate a porta e a garota ri

─ Serio, Min Soo, se você não quiser fazer isso entendemos ─ Disse Renjun dando a mão para a garota se levantar e assim ela faz ─ Olha eu sou bem melhor que aquele pau no cu, vamos tomar soverte e assistir um filme ─ Renjun põe seu braço em volta do pescoço de Min Soo que ri

─ Não faz assim se não eu me apaixono ─ ela diz

─ Eu ate shipparia mas não posso ─ Yukhei diz e a garota ri

─ Pois é eu achava que você me amava Renjun hyung. ─ ela põe a mão no coração fingindo tristeza

─ Ya! Não foi só eu! Yukhei tambem.

─ Ah mas o Yukhei também? ─ ela diz e eles começam a andar ate a sala ─ Vocês são só mancada

─ Desculpa Min Soo ─ ele diz rindo

─ O kun hyung vai aparecer por aqui para ver se a gente não queimou a casa ─ Mark avisa olhando para o seu celular.

A casa funcionava da seguinte maneira, os pais dessas 8 crianças estavam fartas de vê-las em casa, então todos juntos compraram ─ sim, eles são ricos ─ uma casa e colocaram os seres lá, eles tem escola e tudo mais so que vivem todos juntos. Eles tem 10 amigos mais velhos, eles frequentemente vão lá para ver se eles não colocaram fogo na casa e estão gritando em cima das cinzas.

Min Soo e Jisung fazem o 1° ano do ensino medio, Chenle o 2°, Jeno, Jaemin, Renjun e Haechan o 3° e Mark e Yukhei faculdade.

─ Ok gente, vamos assistir um filme… Jaemin e Min Soo vão fazer pipoca, Chenle e Renjun arrumem a sala e Jeno coloca o filme, o Mark e eu vamos buscar o Jisung porquê eu não mandei ele sair sem avisar e o Kun vai me matar. ─ Yukhei diz e sai com o mark

─ O que você acha de só arrastarmos essa poeira para baixo do sofa… ─ Chenle nem termina de dizer e Renjun bate nele com a vassoura

─ Vamos limpar.

─ Calma deixa eu pensar… ─ Jeno entra na Netflix ─ tantas opções…

─ Ok Min Soo eu estou contando com você, sabe fazer pipoca de micro-ondas? ─ Jaemin perguntou se apoiando no balcão que separava um comodo do outro enquanto Min Soo passava pela portinha que dava acesso a cozinha

─ Meu Deus Jaemin ─ ela ri e ele a segue, ela olha para um prateleira no alto ─ Hyung pega a pipoca lá ─ Ela aponta para a prateleira e ele ri

─ Por que você não pega? ─ ele olha pra ela e a garota faz uma cara de deboche igual as que Jaemin faz frequentemente ─ Pare de me imitar!

─ Você é o rei do deboche ─ Ela diz e ele a carrega ─ eo' vo' cair

─ Eu sei. ─ ele diz e ela pega a pipoca e grita "CONGRADULEIXIONS" mas ai desestabiliza o Jaemin e os dois caem no chão

─ Ah hyung! Pelo menos eu peguei a pipoca ─ ela diz e percebe que está em cima de Jaemin

─ E ai vai ficar só me olhando mesmo? ─ Ele diz sorrindo

─ Calma ─ ela rapidamente fica em pé e ele sobe em seguida, ele ri da situação que estava Min Soo, envergonhada.

─ O que estava acontecendo aqui? Eu escutei um estrondo la de fora ─ Entra Mark e pergunta olhando para Jaemin rindo e Min Soo envergonhada

─ Tambem quero saber. ─ Yukhei entra com Jisung

─ Onde? ─ perguntam em uníssono os garotos que estavam na casa

─ Vamos fazer essa pipoca… ─ ela abre a embalagem da pipoca ─ Hyung pega o sorvete na geladeira

─ Não vão explicar? ─ Yukhei pergunta se apoiando no balcão

─ Eu só vi eles caindo mesmo. ─ Chenle diz olhando para Renjun varrendo

─ Ah ta ─ Mark se dá por vencido

─ Deixa que eu coloco isso ─ Jaemin pega a pipoca de Min Soo e põe no micro-ondas de qualquer forma e coloca 5 minutos

─ Hyung essa parte é para baixo! ─ ela abre o micro-ondas e arruma ─ leva os sorvetes ─ assim ele fez.

─ Terminamos ─ Renjun diz tirando a sujeira de lá e jogando no lixo

─ E nós ─ Jaemin diz colocando sorvete em uma mesinha de centro e sendo seguido por Min Soo

─ O Jisung tá aqui ─ Yukhei aponta para o garoto que esta com uma cara de deboche

─ Todo mundo ta me imitando hoje! ─ Jaemin fala indignado

─ Ya Jeno hyung! Você só tinha um trabalho. ─ Min Soo estava indignada por Jeno não ter esconhido um filme ainda

─ ESCOLHI! ─ Jeno levanta as mãos como um "aleluia" ─ Back To The Future ─ Ele coloca e desliga a luz, os garotos se sentaram no sofa e Min Soo no chão, estava tudo indo bem até que Jisung desse e abraça a garota por trás colocando o seu rosto no encaixe de seu pescoço

─ Min Soo… ─ Ele fala olhando pro filme

─ Hm? ─ Ela pergunta dando total atenção ao filme para fingir que não estava sendo afetada pelo mais velho

─ O Felix está vindo pra cá… ─ Isso só significava que Min Soo estaria feliz e triste pois Felix é um anjo com a voz de causar arrepios, mas, ele tinha uma irmã ─ E vai trazer a Yen hee

─ Você disse Felix? ─ Ela sorri

─ E Yen hee. ─ o sorriso dela desmancha ─ Aish qual é. Me ajuda.

─ Ok mas… ok. ─ ela se dá por vencida e Jisung a abraça mais forte e vai para a cozinha

"Parabainx Han Min Soo, parabainx" ela ficava pensando "Mas pelo menos o Felix Hyung é legal, eu gosto dele, mesmo com seu grande histórico de me deixar envergonhada ele é legal."

─ Gente o Felix vem para cá ─ Jisung diz pegando agua na cozinha

─ Que legal ─ diz Mark

─ Eu gosto do Felix. ─ Min Soo diz sorrindo pro nada lembrando de quando ela e Felix jogavam refrigerantes nos amigos

─ Não me diz que aquele embuste irmã do Felix vem ─ Donghyuck diz com cara de tédio

─ AH NÃO CREDO EM CRUZ ─ Chenle diz pensando na possibilidade

─ Jisung diz que não meu amor ─ disse Jeno e Yukhei concorda

─ Ela vem sim, se não eu nem chamaria o Felix porque ele só sabe dar em cima da Min Soo ─ Diz Jisung

─ Ai nossa amor e você percebe? ─ Diz Renjun com uma dose de irônia na voz

─ Eu shippo eles dois até porquê ele é inteligente. ─ Yukhei diz fazendo uma indireta a Jisung que não entende

─ Ai gente vocês… ─ Jisung é interrompido pelo barulho da campainha ─ Ela chegou. ─ Ele foi correndo para atender e deu de cara com Felix e logo em seguida sua irmã, Felix entra direto e Yen hee e Jisung ficam se encarando

─ O-oi Yen Hee ─ Jisung sorri e ela o abraça

─ Ola Oppa! ─ Yen Hee diz agarrando o garoto que sorri, Chenle e Feliz reviram os olhos

─ Eu não sei como ele aguenta ela ─ Felix diz sussura aos meninos

─ Me descupe Felix mas a sua irmã… ─ Jaemin sussura mas é interrompido por Yen Hee o abraçando por trás

─ Estava falando de mim oppayah? ─ Min Soo sentia como se fosse vomitar naquele segundo felix a olha sorridente e segura a mão dela

─ Vamos embora. ─ ele vai andando em direção ao quintal da casa aonde tinha uma psicina grande, eles sentam e colocam os pés na água

─ E então Hyung... tem se hidratado? ─ Ela diz olhando para a agua enquanto o garoto ri da sua pergunta

─ Aish você sempre foi péssima em puxar assunto! ─ Felix empurrou a garota levemente

─ Ah mas hyung… ─ Ela pensa mas não consegue formular uma frase

─ Continua me chamando de hyung que coisa feia ─ ele ri

─ "Estava falando de mim Oppayah?" "Ah oppa você é tão bonito" "Felix Oppa você quer que eu te dê comidinhas na boca?" ─ Ela diz com uma voz manhosa ─ eu odeio. Parece tão mimado

─ Realmente, me dá ate nojo quando a minha irmã fala mas…─ ele ri ─ EI! Você me chamou de oppa! ─ Ele sorri vitorioso

─ Não chamei não! ─ Ela se levanta e cruza os braços ─ eu disse "Felix oppa…" ─ Ela tampa a boca rapidamente ─ Aish!

─ Ai nossa eu deveria ter gravado. ─ ele ri ─ Mas enfim, você esta namorando com o Jisung? ─ Ela arregala levemente os olhos e nega rápido ─ Yah esta na cara que vocês se gostam

─ Definitivamente não meu amor. ─ ela diz firme ─ Se o Jisung gostasse de mim não me pediria ajuda para conquistar a sua irmã

─ Então não é como se você não gostasse dele. ─ Felix diz o óbvio que a garota tinha deixado escapar

─ Aish eu só to fazendo merda hoje ─ ela põe a mão no rosto ─ Sim mas eu estou 100% dedicada a esquece-lo depois do que ele me pediu ─ Ela estava sendo sincera, esquece-lo estava no T.O.P 2 de prioridades, assim como desencalhar.

─ Eu vou fazer uma coisa, pode ajudar ou piorar a situação ─ Felix diz e se aproxima da garota, o coração dela ja estava a bater mais rápido, quando ele estava prestes a fazer algo

─ MENINOS VENHAM CUMPRIMENTAR O KUN ─ Yukhei grita

─ Vamos. ─ Min Soo diz dando a mão para Felix se levantar e assim ele faz

─ Oi criança o que fazia sozinha lá com esse garoto? ─ Kun a abraça ─ Ai nossa você desencalhou? Achei que ninguem fosse te querer.

─ Ai nossa até doeu hyung. ─ Ela disse colocando a mão no coração ─ mas não, não estamos namorando.

─ Merda! ─ Chenle grita entregando um pirulito a Jaemin

─ Renjun. ─ Jaemin diz e Renjun revira os olhos dando um pacote de biscoitos ─ Obrigado

─ Vocês tinham apostado? ─ A garota diz indignada e Felix ri e depois olha para baixo vendo que eles estavam de mãos dadas ainda

─ a ─ Felix levanta a mão dele que segurava a de Min Soo apenas o suficiente para ela sentir e rir

─ Agora faz sentido ─ ela ri e olha para Jisung, era como se ele perfurasse Felix com seu olhar

─ Eu sindo que estou queimando… ah não, é só o olhar de Jisung sobre mim. ─ Felix diz fazendo todos rirem menos Jisung, Yen hee e Min Soo que no momento estava envergonhada

─ Yah! Você pode larga-la por favor ─ Jisung diz indignado

─ Jisung você tem que escolher o que vai fazer da sua vida logo ─ Kun comentou

─ Ele já escolheu Hyung ─ Jeno disse ─ mas escolheu errado.

─ Então eu vou indo ─ Kun disse saindo ─ Da proxima vez quem vem é o Chittaphon

─ WHERE'S MY HAIR ─ Min Soo grita antes de Kun fechar a porta

─ Então Yen Hee, acho que temos que ir se não nossos pais vão nos matar ─ Felix diz olhando para seu celular o horário.

─ Mas já? ─ Ela diz enquanto aperta as bochechas de Jisung e Felix assenti, eles se despedem e saem, após a saida Renjun iria proferir algo mas Felix volta

─ Ah. ─ Ele entra como se tivesse esquecido algo, chega perto de Min Soo e sussurra em seu ouvido ─ Não é como se eu tivesse esquecido. ─ E sela seus lábios demoradamente na frente de todos e saí.

─ AAAAAAAAAAAAA ─ Yukhei

─ AAAAAAAAAAAAAA ─ Chenle

─ AAAAAAAAAAAAAA ─ Min Soo põe a mão em seu rosto envergonhada

─ Que caralhos aconteceu aqui? ─ Jisung diz indignado

─ Primeiro limpa o batom que a Yen hee deixou na sua bochecha pra falar com ela, amor. ─ Jaemin diz mandando um beijo para Jisung



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...