História Esquece! Não vou te chamar de oppa! - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT), Stray Kids
Personagens Chenle, Doyoung, Haechan, Hansol, Jaehyun, Jaemin, Jeno, Jisung, Johnny, Jungwoo, Kun, Lucas, Mark, Personagens Originais, RenJun, Taeil, Taeyong, Ten, Winwin, Yuta
Tags Felix, Stray Kids
Visualizações 27
Palavras 1.169
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Ficção Adolescente, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Beijo; porem Yen Hee


─ Fudeu. ─ Jeno diz baixo mas Jaemin escuta

─ Ja sei. ─ Jaemin corre até o quarto de Min Soo ─ Criança abre essa porta, antes que eu arrombe

─ Não.

─ Meu amor se você não quer que eu te deite na cama eu vou te deitar na porrada ─ Jaemin diz olhando pela fechadura

─ Aish Jaemin ─ ela puxa ele para dentro do quarto ─ O que você quer?

─ O meu biscoito anda. ─ ele estende a mão

─ Não sei do que você ta falando ─ ele passa a mão na camisa da garota onde tinham várias migalhas ─ Aish!

─ Eu deixo você comer se me chamar de oppa

─ Quer que eu vomite?

─ Por favooorr ─ ele suplica

─ Mas hyung…

─ Eu te trago café ─ ele abre a porta

─ … ─ ela pensa ─ Jaemin oppa… deixa eu zcomer o seu biscoito? ─ ela diz com dificuldade fechando oa olhos com força

─ OPPA? ─ Todos os garotos da casa falam em sincronia e Jaemin sai vitorioso, logo em seguida Jisung entra e tranca a porta

─ Por que você chamou ele de oppa? ─ Jisung pergunta em pé em sua frente, a garota sentia um nervosismo muito grande ao ter o garoto a encarando

─ Porquê ele vai me trazer café ─ Ela diz indo se sentar mas ele segura seu braço, a virando para si novamente

─ Foda-se o café.

─ Porque você é assim ein? Serio, a garota que você gosta te chama de oppa, e eu fiz ela se apaixonar por você, o que mais você quer? Eu não sou nada pra você mas as vezes você finge que sou sua ─ Ela diz dando mini empurrões no garoto que permanece parado

─ Você é. ─ ele puxa ela para mais perto, seus rostos estavam a centímetros ─ Eu deveria ter sido o primeiro e o único que você chamaria de “oppa” e sabe por quê? Porque você é a unica pessoa que eu tenho.

─ Você esta falando besteiras… ─ ela diz corando e logo olha para baixo

─ Isso parece besteira para você? ─ Jisung segura a cintura da garota e a puxa para mais perto ─ Eu querer ter você é uma besteira? ─ não deixando ela responder ele inicia um beijo, que garota facilmente aceitou

Ela sentia espasmos e uma alegria muito grande, finalmente, Park Jisung teria entendido seus sinais, teria noção de seu amor, teria feito de tudo aquilo recíproco, depois de um tempo Jisung interrompe o beijo.

─ Eu queria te dizer que… ─ Jisung coloca uma mecha de cabelo atrás da orelha da garota ─ Eu… ─ Os dois escutam batidas na porta ─ Min Soo…

─ Min Soo… Min Soo… MIN SOO ACORDA CARALHO ─ Chenle grita batendo em sua porta

─ ACORDEI FELA DA PUTA, ENTRA! ─ o garoto entra no quarto e ve ela emburrada ─ MANO QUE MERDA, EU TIVE UM SONHO TÃO PERFEITO.

─ Ue então porquê você tá triste? ─ o garoto pergunta confuso

─ Por que eu acordei ─ ela diz mas logo sorri ─ ah mas foi tão bom ─ a garota rapitamente se levanta e vai escovar os dentes ─ Lele amorzinho hoje eu estou me sentindo no MV de Yesterday

─ Louca essa menina. ─ Chenle sorri enquanto espera ela sair toda arrumada do banheiro e assim ela faz, logo ele abre a porta ─ Vá.

─ Aish que dia lindo… ─ ela vê Renjun perto do quarto dela e o abraça ─ Hoje nada vai me tirar da paz e felicidade ─ ela começa a andar em direção a cozinha e vê Yen Hee nas costas do Jisung e ele andando para um lado e para o outro com ela ─ Foda-se, não da mais pra ficar feliz.

─ Cadê o "ninguem vai tirar minha paz e felicidade"? ─ Haechan pergunta brincando

─ Você quer saber? Se quiser eu te mostro ─ Ela diz

─ Onde? ─ Pergunta Jeno

─ No seu cu.

─ Grossa ─ Jaemin diz passando

─ E eu tenho rola?

─ Calma ─ Mark diz rindo

─ Hey hyung ─ todos os garotos olham ─ Jisung hyung, cadê o Felix hyung?

─ Não veio. ─ Yen Hee responde ─ Meu oppa disse que rinha assuntos a resolver

A garota pega o seu celular e vai para o seu quarto, apos isso liga para Felix que logo atende.

─ Hyung!!! ─ ela exclama emburrecida e ele ri

─ Me desculpa pequena mas eu tenho um trabalho para fazer com um amigo e não tenho como ir aí, ela está incomodando?

─ Nem tá.

─ Min Soo.

─ Talvez um pouco… mas só um pouquinho

─ Soo-ah…

─ EU NÃO CONSIGO ESCUTAR ELA FALAR! NÃO DÁ! “oppa” “oppayah” “Sunggie oppa você é tão fofo.” ─ o garoto ri do outro lado da linha

─ Eu queria pedir desculpas pela minha irmã, até porquê é insuportável mesmo a única pessoa que consegue é o seu hyung.

─ Ei Felix vamos nos casar? Ai a gente vive em uma csa longe da civilização humana e seremos felizes ─ ela comenta e o garoto ri ─ Lee Min Soo soa melhor que Han Min Soo

─ Park Min Soo soa melhor que todo o resto ─ ele ri ─ Mas eu aceito.

─ Ok, tchau marido, tenho que tomar café ─ ela diz

─ Tchau marida, até. ─ ele diz e desliga.

─ Eu vou até cantando musicas relaxantes porque ta foda. ─ ela diz indo pra cozinha e vê Yen Hee se esfregando em seus hyungs que não estavam gostando ─ hyung, me ajuda aqui

─ Eu? ─ os garotos disseram um uníssono e assim foram atrás dela.

─ Yukhei hyung pega pra mim aquele pote de cereais? E o cafe. ─ Ela disse toda alegre

─ você e o senhor Chenle estão de castigo ainda ─ ele diz colocando só os cereais na mesa

─ Então foi real? ─ ela Sussurra para si ─ Jaemin hyung eu te chamei de outra coisa além de “hyung” ontem?

─ Nada diferente de “hyung”, “deminio”, “naja” e “rei do deboche” ─ ele faz bico ─ Por que?

─ Nada, eu tive um sonho.

─ Esse foi o sonho muito bom que você ficou feliz e puta? ─ Chenle pergunta

─ Alerta de referência ─ Mark

─ Foi tipo isso, por causa de um biscoito. ─ ela responde

─ Você me chamou de que? ─ Jaemin pergunta curioso

─ De… ─ Ela aponta para a sala no momento em que Yen hee diz “oppa” para Jisung e os garotos se surpreendem

─ VOCÊ DISSE OPPA PARA O JAEMIN, MIN SOO? ─ os meninos na cozinha gritaram

─ O-oppa? ─ Jisung perguntou olhando para a cozinha

─ Foi. ─ ela começa a comer cereal

─ Min Soo esta com cara de: “falei oppa e estou bem plena aqui em EXO planet.” ─ Haechan diz e todos riem

─ Claro. ─ Ela termina ─ JISUNG HYUNG QUANDO A GENTE VAI FAZER AQUELE TRABALHO? ─ ela lembra

─ Min Soo eu espero que não se importe mas eu troquei de dupla

─ PORRA HYUNG. 


Notas Finais


pORRA HYUNG


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...