História Esquilos - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Carlos Ycaro "Ycro" Gabryel, Rodrigo "Saiko" Ximenes
Personagens Carlos Ycaro "Ycro" Gabryel, Personagens Originais, Rodrigo "Saiko" Ximenes
Tags @tawan, Meiaum, Quase Meia Noite, Saikaro, Saiko, Skii, Skiigles, Tawo, Ycaro
Visualizações 263
Palavras 1.031
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Muito obrigada por todos os comentários no capítulo anterior, isso me motiva muitooo ^-^

Capítulo 7 - Fuja do Olhar de Mary Shaw


Fanfic / Fanfiction Esquilos - Capítulo 7 - Fuja do Olhar de Mary Shaw

Tudo finalmente ta resolvido, bem... eu espero que sim. Lembrei que minha mãe vai já voltar e eu ainda tô com essa roupa, ela até entende que é uma brincadeira mas se meu pai me visse assim eu não sei nem como eu explicaria p ele kkkkkk. Saiko ta muito desconfortável comigo no colo dele lksksksk, ele tenta achar um lugar p apoiar o braço dele e Skii ta reclamando que eu estraguei o penteado que ela fez.

- Eii! Já faz um mês que essa blusa sumiu, onde tu achou? - Saiko fala apontando p camisa que Skii tava usando

- Tava no guard...

- A GENTE PEGOU LÁ NA TUA CASA! - Eu a interrompi

- Mds Ycaro, num acredito que tu roubou outra roupa minha - dou uma risadinha sem graça e me lembro da montanha de roupas dele que eu escondo aqui em casa

- Mas mudando de assunto. Gente, já que vocês já estão aqui e também ta tarde, que tal se fizermos uma festa do pijama? - Sugiro já esperando um belo não do Saiko

- Ta pode ser - Saiko diz e Skii dá de ombros 

- A gente pode assistir um filme e comer pipoca com chocolate - Skii da a ideia e todos concordamos

- Legal, o Ycaro faz a pipoca pq a casa é dele - Saiko fala se levantando, me derrubando do sofá e eu caio de cara no chão

Vou p quarto e me troco, Skii e Saiko estão escolhendo um filme e eu vou p cozinha preparar a pipoca. Quando voltei pro quarto, eles tinham escolhido um filme chamado "Gritos Mortais" terror é claro, aposto que o Saiko escolheu de propósito só pra me atordoar.

- Beleza, tudo pronto, só não vale dormir - Skii fala e dá play no filme, Saiko apaga as luzes e nos sentamos nos colchões que colocamos no chão.

o filme já tava bem enjoativo, já tinham repetido umas dez vezes a msm coisa "Fuja do olhar de Mery Shaw, não tinha filhos bonecos só, e se com ela vc sonhar, não ouse jamais gritar"  Eu até decorei essa merda, o filme já tava tão enjoativo que em menos de meia hora Skii já tava roncando.

Rodrigo colocou ela na cama com cuidado para ela não acordar, eu desliguei a Tv e saí do quarto pq ainda não tava com sono, e logo atrás de mim veio o Saiko

- Não vai dormir? - ele perguntou

- Ainda não tô com sono, e tu?

- Também não. - Ele colocou a mão esquerda atrás da nuca - Ycaro, posso te fazer uma pergunta?

- Pois faça, meu filho

- Tu e a Skii se pegaram? - Por algum motivo eu corei muito, eu não acredito que o Saiko ta pensando isso

- Quê? Claro que não né mano, além de que a gente te respeita, a gente se conheceu hoje, não faria o menor sentido. - Ele me prende na parede com os braços ao lado do meu corpo

- Tem certeza? Olha, eu não vou ficar chateado - Coro ainda mais, me abaixo e passo por debaixo dos braços dele e vou na direção da cozinha mas ele me segue

- Mano, eu não creio que tu ta pensando algo assim, tu acha mesmo que eu faria algo do tipo? Tu é o meu melhor amigo e eu jamais faria isso - Falo enchendo um copo com água

- Tem razão... - ele chega um pouco mais perto - Me desculpa... - mais perto - Eu sou um idiota né... - ele chega ainda mais perto e segura meu queixo, ele hesita um pouco enquanto eu sinto minhas bochechas queimarem.

- S-Saiko... O que tu... - Ele aproxima nossos lábios e quando estamos a poucos centímetros de nos beijar, ouvimos sons da maçaneta girando, minha mãe tinha voltado pra casa. Saiko se afasta cobrindo o rosto com as mãos, provavelmente pq estava corado.

-  Carlos eu já vou dormir pq tô cansada, vê se não vai virar a noite de novo hein - Minha mãe grita da sala.

- P-pode deixar, mãe...

Olho p Saiko que ainda ta cobrindo o rosto, acho que tmb tô muito vermelho.

- Não acredito que tu ia fazer isso de novo. - Eu falo tentando demonstrar que tô chateado, mesmo não estando.

- De-Desculpa, eu não tava conseguindo me controlar muito bem

- Como assim mano? Isso não faz o menor sentido, tu acabou de acertar as coisas com a Skii e já vai fazer a mesma mancada de novo?

- Eu não consegui, ta legal? E... e pq tu não tentou me impedir? - Ele ta lagrimando?

- P-pq... eu não consegui - Abaixo a cabeça envergonhado

- Pfv, não deixa a Skii saber disso - apenas assenti

- Eu vou pro meu quarto, ta ficando tarde - Subo e me deito, fico pensando em tudo oq aconteceu, será que no encontro o Saiko só me beijou de brincadeira mesmo?

[Domingo 10:48 Casa do Ycaro]

Acordo um pouco desorientado e com muita baba no travesseiro, desço p tomar café e encontro Skii, Saiko e minha mãe, rindo, conversando e comendo torradas

- Não, ele sempre teve problemas com os animais, já teve um dia que ele tava atentando o bichano e levou uma bela mordida na... - mamãe tava falando sem notar a minha presença alí

- Oi, mãe, não precisa contar minhas desgraças pros meus amigos - Saiko fica nervoso com a minha presença alí e então se levanta e arranja uma desculpa

- Bem... Eu já tenho que ir, minha mãe já deve ta sentindo a minha falta, foi muito bom o café, obrigado... - Ele desvia o olha de mim - Tu vem comigo Skii? - Ela assente

- Me espera só rapidinho enquanto vou trocar de roupa? - ela fala

- Ta bom, mas vai rápido, vou te esperar na entrada

- Eu te acompanho até a saída - Eu falo e nós dois andamos até a porta da sala em silêncio - Cara, é sério que agora vai ficar esse clima estranho?

- Que clima estranho? - Ele pergunta e eu encaro ele com cara de "é sério isso?" - Cara, eu tô de boas, sério.

- Ah Saiko, Pelo amor, se tu tivesse mesmo de boas não tava inventando desculpinha pra ir embora - Skii chegou

- oq ta acontecendo aqui?


Notas Finais


acabô esse capítulo
:3


pfv não me matem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...