História Essa coisa chamada mundo - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 12
Palavras 669
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - 1


Geralmente quando eu entro em um ônibus, eu prefiro ficar na janela. Alguns diriam que é pelo vento, outros que é pra prestar atenção na parada ou até para dormir. Mas eu prefiro ficar na janela porque eu posso ver o mundo, E eu sei que o mundo é gigante, mas eu continuo gostando de ver o mundo. Quando eu estou na janela, escutando alguma música no meu fone e olhando para os carros e as pessoas, eu posso ser quem eu quiser. Eu posso me imaginar sendo um super-herói, um vilão, um policial, um astronauta, alguém que descobriu a cura do câncer ou qualquer coisa. Eu geralmente me imagino sempre em destaque, e eu não acredito que nasci pra ser uma pessoa qualquer. Isso é serio, eu quero ser alguém, quero ser marcado. Quero descobrir um novo número, um novo alfabeto, a cura para uma doença. Eu quero estar num livro escolar, ou simplesmente ser lembrado. "Olha, tinha um menino bem pequeno que desejava mudar o mundo. Então ele fez isso, isso e isso."

E ao mesmo tempo que, olhando para a janela, eu me sinto feliz. Eu também me sinto triste. Sabe porque? Porque eu não acho que vou conseguir ser destaque nesse mundo. Eu sei que o tempo vai passar rápido, e eu vou crescer, arrumar um emprego, criar uma família e ir embora, como todo mundo. Eu imagino que podia ter algum super poder, ou pelo menos ser mais diferente das pessoas. E eu penso também em fazer uma família. Sabe aquelas familias perfeitas? Eu sonho com isso. E eu sempre prometo a mim mesmo que eu vou ser o melhor pai que alguém poderia ter, e o melhor amigo também. Eu quero fazer com meu filho tudo que não fizeram comigo. 

O mundo é tão complexo. Eu penso que, se Deus nos deu a oportunidade de pensar, deveríamos mudar o mundo. Seria bem mais legal, pelo menos 1 pessoa em 100 familias ter uma idéia e mudar o mundo. E eu queria ser uma dessas pessoas, porque eu quero que o mundo seja menos chato. Chega uma hora que a gente fica perdido em trabalho e esquece o verdadeiro sentindo da vida: Viver. E viver é muito mais do que arrumar um trabalho, ter uma família perfeita e morrer. Viver é marcar o mundo, é conhecer varios lugares e varias pessoas. É chorar e rir toda hora, não importa qual sensação seja. 

Essa é a minha visão de viver 

E se eu passar despercebido pelo mundo, eu quero pelo menos ser lembrando pela minha família. Quero ser aqueles vovozão no centro da mesa com toda a minha familia, dar um jantar e chamar todo mundo a cada mês, se der. Eu quero marcar. Penso até em fazer um novo sobrenome, o que vocês acham? Sobrenomes sempre nascem de alguém marcante, e eu quero ser marcante, ou seja, eu vou criar um sobrenome.

Parece ridículo essa idéia de querer marcar, apesar de não ter ideia de como vou fazer isso. Através de uma profissão? Acho que não. Eu não sei que profissão realmente fazer. Eu gosto de fazer as pessoas rirem então eu podia ser um palhaço, mas acho palhaços muito forçados, e não seria legal. E então, um médico? Não sei o que faria tendo a responsabilidade de descobrir a doença de alguém. Astronauta? Isso é ridículo e impossível. E então, o que eu posso ser? Basicamente tudo o que eu quiser, dentro de um limite. Mas eu não acho que vou marcar o mundo com uma profissão, e sim de outra forma. Eu gosto dos filmes: "Extraordinário", "A culpa é das Estrelas" e etc. Porque são filmes onde as pessoas marcam, tanto os personagens quanto o público. Eu podia me tornar ator e mudar o mundo com algum personagem? Talvez, mas acho isso muito passageiro. Quero algo que fique, mesmo sendo impossível.

E o impossível sempre atraiu o Eudes clovis pereira aqui. Eu gosto do impossível, porque ele pode ser possível na minha mente. Tipo voar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...