1. Spirit Fanfics >
  2. .essa (não) é uma declaração de amor >
  3. Durante aquela madrugada

História .essa (não) é uma declaração de amor - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Sobre devaneios de uma noite de insônia.

Capítulo 1 - Durante aquela madrugada


.essa (não) é uma declaração de amor

Entre mensagens escritas e diversas vezes apagadas é feito necessário colocar, em linhas, sentimentos exageradamente tortos e imprecisos que, ao mesmo tempo em que querem sair, prendem-se a garganta e embolam-se em nós cada vez maiores e irritantes.


São muitas as palavras que devem ser ditas, diga-se despejadas, para que seja possível seguir em frente sem o incômodo desconforto dentro do peito - como um aviso -, mostrando que o primeiro, e talvez único, passo ainda não foi dado.


Erros foram cometidos e atitudes infantis se concretizaram antes que a maturidade se fizesse presente. Entretanto, as sinceras desculpas ainda não foram pedidas e a culpa ainda corrói por dentro alguém que no momento se sente perdido, mesmo que ainda esteja em meio a tantos rostos conhecidos.


E em meio a raios e trovoadas, olhando pela janela, procuro no escuro céu as estrelas, reluzindo em pequenos pontos na imensidão, a esperança de que o sol vai brilhar novamente. Ou talvez, ainda que chova e o mundo desabe, seja possível ver você outra vez; ouvir seu riso mais uma vez. Já disseram que se ilumina quando sorri?


No fim essa não foi uma declaração de amor. Ou quem sabe tenha sido? Talvez tenha sido uma declaração de amor a pessoa incrível que você é. Ou uma declaração de amor ao seu amarelo - porque acredite, se você fosse uma cor seria o mais puro amarelo -, capaz de alegrar qualquer pessoa ao seu redor.


Essas palavras são só uma fração do que é realmente a verdade, possivelmente menor que isso. Pode acontecer delas nunca serem mostradas a alguém e anos depois serem relidas com uma certa nostalgia de uma época confusa, ou talvez elas sejam apagadas permanentemente da memória desse celular sem ao menos chegar ao destinatário.


Talvez a coragem seja encontrada e quem quer que seja a pessoa a receber encontre essa não declaração de amor por aí e apenas esqueça isso como uma lembrança passageira. No fim é apenas questão de coragem.


Mas o mais importante na conclusão disso tudo é continuar simplesmente sentindo o mundo ao seu redor, levando ao seu tempo e a sua maneira e nunca esquecer que as batidas dos corações é o que faz o mundo continuar girando. Até que nós nos despeçamos.


Sim, essa não é uma declaração de amor.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...