História Esse corpo não me pertence - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Anna-crazy
Visualizações 33
Palavras 344
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Drabs, Drama (Tragédia), Droubble, Violência
Avisos: Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Confusão


Desde pequena eu nunca me senti como uma garota mas também não era como se eu quisesse ser um garoto...


Eu nunca consegui me 'encaixar' em nem um dos dois 


Nunca me senti uma menina mas nunca tive a vontade de ser um garoto


E sempre escutei as pessoas dizendo para mim "Garoto nasce garoto e garota nasce garota" talvez eu seja a excessão...


Eu me sinto presa em um corpo que não me pertence...


Sempre achei que eu era um ser humano que deu errado mas agora eu acho que eu finalmente entendi que eu posso ser o que eu quiser...


Eu entendi isso...mas a sociedade não entende..


A sociedade não entende que as pessoas podem ser o que elas tem vontade de ser...elas podem ter o cabelo que quiserem usarem a roupa que se sentem mais elas mesmas....


Sempre fui uma pessoa masculina não gosto de maquiagens , vestidos , saltos e mais um monte de coisas que a sociedade acha que uma garota e obrigada a gostar


Sempre gostei de roupas masculinas mas nunca me deixaram usar...


Sempre gostei de brinquedos de "garotos" como as pessoas dizem...mas a minha infância inteira fui obrigada a brincar de boneca


Talvez eu seja uma aberração como dizem...


Mas eu espero que um dia isso tudo acabe e eu possa ser o que eu realmente tenho vontade de ser 


Ou talvez eu tenha que aturar esse preconceito a minha vida toda...



Talvez um dia eu descubra o que eu realmente sou e seja feliz comigo mesma e com o meu corpo...


Mas as vezes eu tenho a impressão de que isso nunca irar acontecer e isso me deixa desesperada....


Eu me sinto presa no meu próprio corpo e tenho a impressão de que se um dia eu tiver a coragem de tentar fugir dessa prisão e ser o que eu realmente tenho vontade de ser eu serei julgada até a minha morte...


Eu só queria que alguém me entendesse...


Mas se nem eu mesma me entendo como alguém poderia me entender?


Eu só queria parar de me sentir como se eu estivesse presa e não conseguisse sair por conta dessa sociedade preconceituosa...



Notas Finais


------------------------------
Comentários são sempre bem vindos S2
------------------------------


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...