1. Spirit Fanfics >
  2. Esse sempre foi meu desejo >
  3. Nem sempre há um final feliz

História Esse sempre foi meu desejo - Capítulo 34


Escrita por:


Notas do Autor


Konichiwa mina-san, desculpa a demora pra voltar aqui, é que eu arrumei um.. como posso dizer, um bico(trabalho temporário remunerado sem carteira assinada), por isso vai demorar um pouco mais os capítulos pra sair, mas como faltam apenas 3, não vai demorar muito para a finalização. Amo vcs, desculpe pela demora, obrigada pelo apoio, bjinhos dark

Capítulo 34 - Nem sempre há um final feliz


Fanfic / Fanfiction Esse sempre foi meu desejo - Capítulo 34 - Nem sempre há um final feliz

Sasuke sentiu ser empurrado por Naruto lentamente, se afastando observou a face horrorizada do amigo, seus olhos azuis estavam arregalados e levemente marejados

Naruto: Hinata... E-Ela não faria isso, co-como ela pode? Sasuke eu- eu..... Você me ama?

Sasuke sorriu triste

Sasu: sim Naruto, eu sou o único idiota aqui que se apaixonou pelo melhor amigo, o único filho da puta que te ama de verdade, mas você nunca percebeu não é? Nunca se quer olhou pra mim a não ser como irmão, caralho eu queria te odiar, por que eu me sinto um lixo toda as vezes que eu ouço você dizer que sou como um irmão pra você,por que eu tenho consciência que não mereço nem isso, me sinto um nada quando você diz que me ama como amigo. Quando transamos eu me sinto usado mesmo gostando, por que eu sei que só sou um divertimento pra você, é sua libido que esta falando ali. Sei que nunca vou ser amado por você como aquela vadia da Hinata foi, e é por isso que eu a odeio, odeio por saber que se não fosse a traição dela, talvez eu pudesse ter ao menos tentado te dizer a verdade, eu aguentaria melhor a rejeição do que aquilo.

Lagrimas escorriam dos bicolores olhos do uchiha, Naruto tentou se aproximar mas foi repelido, o moreno se afastou do hokage,abriu um portal e sumiu.

Naruto caiu no sofá com os braços cobrindo a cabeça, lágrimas caiam de seus olhos como água descendo de uma cachoeira e lá ele ficou até cair no sono.

Naruto abriu os olhos lentamente, tudo girava ao seu redor, as linhas do teto rodopeavam como bailarinas, apertou os olhos algumas vezes tentando focar em algo. Depois de alguns minutos com um pouco de dificuldade conseguiu levantar, sua cabeça pendeu pro lado sendo segurada pela mão enfaixava, estava pesada, como se seu cérebro tivesse inchado enquanto dormia, a dor estava insuportável, como se uma montanha houvesse desabado em sua cabeça, levantou do sofá cambaleando, seu corpo estava moli como gelatina, tinha medo que se tropessasse nunca mais teria forças pra se levantar do chão. Algumas horas depois, naruto terminava de se trocar, já havia tomado um café forte e um demorado banho gelado, mesmo acordado e de pé, estava dormente, as coisas que descobriu.. tudo era demais pra si.

Hinata não faria aquilo,faria?

Sasuke o amava?

Talvez nunca mais veria sua familia?

Passavam tantas coisas como essas em sua cabeça, que parecia que iria explodir

Colocou sua capa, pesadamente, estava pronto pra sair direto para seu escritório

Ino: Naruto? Nanadaime?

Naruto ficou atordoado não era normal Ino o chamar pelo shindeshin no jutsu, ainda mais daquele jeito desesperado

Naruto: to aqui ino, fica calma, o que aconteceu?

Ino: ele esta aqui

Apenas essa frase fez o corpo inteiro do nanadaime extremecer, seu sangue ferveu

Naruto: conseguiu se comunicar com o sasuke?

Ino: infelizmente não, ele esta fora do meu alcance, ele deve ter deixado a vila

Naruto: notifique os anbus, diga a eles que é o alerta roxo

Ino: ok, mas Naruto o alerta roxo não é-

Naruto: eu vou ficar bem, preciso que você faça com que eles sigam o procedimento, e por favor, peça para sakura deixar os paramédicos de prontidão, eu estou indo

Ino: tudo bem Naruto, não morra.


Kurama: tem certeza criança?

Naruto: sim, sem o sasuke aqui somente eu e sakura poderemos cuidar dele, mas sakura precisa cuidar dos possiveis feridos, então cabe a nós dois conte-lo até quando pudermos

Kurama: então vamos mostrar a esse alienígena de merda, como se faz garoto

Naruto rio leve, acenando a cabeça

Seria uma batalha dura.


Naruto: então é você quem eu preciso bater pra poder dormir em paz?

Urashiki: não me faça rir, ser insignificante, devia fazer como aqueles lixos do ultimo planeta que estive, implorar por misericórdia e aceitar a morte rápida, que é a única coisa que posso oferecer como amostra da minha generosidade.

Naruto rio

Naruto: fico lisonjeado com tamanha gentileza, mas dispenso, sera mais divertido moer sua cara no soco até que você se canse e volte pra merda do lugar de onde veio

Urashiki gargalhou


Urashiki: por isso aprecio os humanos, são todos pateticos e irrelevantes, e mesmo assim ainda querem lutar para sobreviver, é uma pena que toda essa peserverança não servirá de nada. A menos-

Sua fala foi cortada, por um soco no estômago dado por Sakura

Naruto se assustou, havia pedido para sakura ficar no hospital

Naruto: o que você ta fazendo aqui?

Sakura: achou que eu deixaria você encher esse lixo de porrada sozinho? Somos um time lembra? Temos que dividir a diversão. E você cala a boca, ninguém se importa com seu discurso, você veio aqui pra apanhar

Sakura ativou seu byakugou e sorriu para Naruto

Naruto sorrio de volta , ativando o manto do kurama, não lutaria no 100% ainda, precisava ter certeza dos poderes de seu inimigo

Naruto: como nos velhos tempo sakura-chan

Sakura: como nos velhos tempos, eu e você contra o mundo


Sakura foi pra cima, desferindo socos e chutes fortes, acertando em cheio o rosto e os braços do inimigo, Naruto se aproveitou da brecha que sakura estava ajudando a criar, para lançar um rasengan no peito do outsutsuki, fazendo-o ficar ainda mais irritado. Urashiki lançou sakura para longe com um jutsu parecido com o shinra tensei.


O inimigo estava transtornado de ódio, não estava conseguido vence-los com a faciliade que achou que faria, então como ultimo recurso, ele arrancou os próprios olhos e os comeu

Sakura e Naruto o olharam enojados


Uma luz começou a sair de seu corpo, ele estava se transformando em um monstro idêntico ao que momoshik virou. Chifres enormes já estavam a mostra, seus olhos já haviam se tornado Rinegans vermelhos, suas mãos, parte do seu rosto e pernas estavam negros, seus cabelos estavam maiores com as pontas vermelhas.


Naruto invocou a kurama de dentro de si, envolvendo sakura e a protegendo , juntamente com a vila atrás de si

Naruto: saky? Consegue atingi-lo se eu criar uma brecha? Vou usar a bijudama enquanto protejo a vila

Sakura balançou a cabeça, porém antes que conseguisse sair do escudo de Naruto, um vento cortante muito forte, atingiu o braço e a Perna de urashiki dando leves cortes, que o fez chiar enfurecido.

Temari desceu praticamente flutuando em um mini furacão do céu

Temari: não sabia que estavam se divertindo sem mim

Naruto: temari? Não estava em missão na vila da névoa?

Temari: acabei de chegar, vi uma movimentação estranha na entrada da vila, então vim saber se podia participar do linchamento coletivo desse babaca

Sakura: veio em uma boa hora


A luta se seguiu com Naruto protegendo a vila, e lançando bijudamas, enquanto sakura e temari lutavam corpo a corpo, rajadas de foice de vento e socos extremamente fortes eram usados.


Temari já estava no limite, sakura seguia lutando, mas sabiam que o poder daquele demônio era demais apenas para os 3

Urashiki: por que não desistem? A loirinha ali vai desmaiar logo, poderiamos facilitar as coisas para todos não?

Temari: não me subestime seu verme.

Temari: kuchyose no jutsu

Katamari: a quanto tempo temari-san, vamos decapitar esse imbecil hoje

 Sakura: kuchyose no jutsu

Katsuyu: sakura- san, o que deseja?

Sakura: proteja a vila e use sua saliva

Katsuyu: sim senhora

A luta estava árdua, e nem perto de acabar. Porém alguém, que também não estava dentro da vila, mudaria tudo...


A luta se seguia a horas, temari já estava cansada, seu chakra havia acabado, katamari, sua doninha de invocação já havia partido de volta para seu mundo, as roupas de todos estavam rasgadas e sujas, alguns ferimentos leves eram exibidos pelos dois loiros, sakura era a única que conseguia seguir lutando sem se cansar, graças a seu byakugou, Naruto ainda se esforçava em manter todo o chakra da kurama em um manto cobrindo a vila, protegendo os moradores.

Urashiki havia se cansado de toda aquela batalha inútil, então como uma última carta na mangá, ele abriu um portal e de la saiu Hinata, com os olhos arregalados, a hyuuga assistia tudo, estava horrorizada

Urashiki: por que você não conta pra eles o que eu fiz você fazer? Talvez isso os faça desistir dessa luta chata

Hinata: para por favor, são meus amigos

Urashiki: eu pedi pra você fazer algo não? Esta me contrariando sua vadia insignificante, acho que já usei você o suficiente, esta na hora de me livrar de você, é uma pena, deveria ter usado aquela sua amiga ali de cabelos rosas, ela seria mais util do que você chegou a ser

Urashiki jogou sakura longe e afastou todos, segurou hinata pelo pescoço, gargalhou cruelmente, e com um olhar quase sádico quebrou o pescoço da hyuuga na frente de todos.

Naruto engasgou, em soluços e lágrimas, gritou de raiva, avançando como um demônio em urashiki, temari e sakura foram pra cima do mesmo, com lagrimas nos olhos e um ódio descomunal

Depois de mais alguns golpes e alguns jutsus, a luta acabou, urashiki foi morto

Naruto se aproximou do corpo de hinata, tentou mexe-la, sacudi-la, queria que aquilo fosse mentira, queria não ter visto sua esposa ser assassinada na sua frente, queria não ter ficado com raiva dela naquela manhã, queria ter pedido desculpas por tudo que fez, queria ter se resolvido, queria tantas coisas. Soluços escapavam de sua garganta e grossas lagrimas desciam de seus olhos, seu corpo tremia, e tudo que queria era gritar, gritar por que não conseguiu fazer nada para salva-la. Tudo que fez foi ficar parado e assistir a morte da mãe de seus filhos, sua respiração ficou desconpassada e sua cabeça confusa, sentiu tontura, enjoou, dor, e por fim apagou, do lado da mulher de cabelos pretos

Sakura e temari se aproximaram de Naruto, katsuyu envolveu todos em sua calda e os carregou para o hospital.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...