1. Spirit Fanfics >
  2. Está me ouvindo? >
  3. Único

História Está me ouvindo? - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Único


Alegre.

Era assim que Baekhyun se sentia naquele momento, já devia ter bebido umas boas taças de vinhos e agora sentia seu corpo leve, sua mente suave e uma quentura no corpo. Quente, o álcool o deixava quente, principalmente quando estava a frente de Chanyeol.


Chaneyol falava sobre um sofá que iria comprar para o estúdio mas estava muito caro e ele ainda estava pagando as prestações da fantasia do Homem de Ferro


Baek encarava os lábios fingindo um riso ou outro apenas para demonstrar que estava ouvindo, mas não estava.


-oito mil dólares... Você acredita?

-Hm ? Acredito Chany kkkk é caro, mas você tem dinheiro, não sei porque está reclamando

-Aish ! Não que eu seja mão de vaca mas realmente é caro pra um sofá.


Baek mais uma vez estava viajando nos seus devaneios, imaginando o gosto da boca do seu colega de grupo, imaginando se os lábios dele eram realmente macios quanto parecia.

- Byun eu estou ficando bêbado. É melhor irmos dormir, amanhã tem ensaio e você sabe que Jongin não treinou esses dias... - fez uma pausa e virou o líquido da taça na garganta - ele vai nos trancafiar naquela sala por pelo menos 10 horas. E agora eu realmente estou bêbado.

Se dirigiam ao quarto, o mais novo sorriu quando percebeu que realmente estava bêbado. Deitaram na mesma cama, eram íntimos o suficiente para aquilo.

Deitaram e apagaram a luz.


-Boa noite baek.

-Boa noite Chany.


Eles estavam deitados um de frente para o outro, as respirações começaram a ficar pesadas. Os corações aceleraram e o quarto pareceu estar dentro de uma fornalha.

Chanyeol fez um carinho no cabelo do amigo e ouviu o arfar. Meu deus o que estava acontecendo ? Álcool e intimidade não é a melhor junção.

O menor se chegou pra frente enterrando a cabeça no peito do Park, sentindo a pulsação do peito alheio. As respirações realmente estavam altas e descompassadas, nem parecia que tinha ar condicionado no ambiente de tão quente que estava.

O Byun soltou um pequeno gemido quando sua coxa tocou no meio das pernas do maior e sentiu a elevação.

Óh céus aquilo era estranhamente bom. O desejo já tomava conta dos dois que não sabiam mais o que fazer. Perdidos em pensamentos nem notaram quando os corpos falaram por si.

Chany puxou o outro pelo cabelo e o beijou, não era beijo lento e calmo. Era forte e cheio de desejo, o acúmulo de babá que passava de boca pra boca fazia um certo barulho e era como gasolina no meio daquele fogo. Logo o Park estava por cima do menor, apertando suas coxas e passando a mão por cima do pau do Byun que ainda estava de shorts. Baek arfava alto, aquilo era bom por demais, depois de alguns minutos ali Baekhyun se virou e mudou as posições, agora estava sentado e puxando o mais velho pra sentar também. Não desgrudaram a boca nem um segundo se quer, eles queriam aquilo e iriam fazer aquilo. Só de imaginarem o que ia acontecer... Ah, o tesão aumentava os pênis já estavam duros e quase roxos de tanto tesão.

Entre tanto não falavam uma palavra, deixavam que os corpos os guiassem e o corpo de Byun o guiou até o pau de Chanyeol. Ficou de quatro sobre a cama e baixou a calça junto com a cueca do mais velho, o pau dele estava ali, mesmo que não pudesse ver, só de imaginar seu ventre repuxava com força e sua boca salivava.

Não pensou duas vezes antes de meter a boca ali ouvindo um gemido alto e gostoso


- Ah baek...


Então o menor ficou em dar o seu melhor, chupava tudo até sentir bater na garganta, sentiu os olhos marejar mas não iria parar, não quando o homem abaixo de si gemia alto e praticamente gritava seu nome.

Parou o que estava fazendo e levantou, tirou a própria roupa e procurou o lubrificante que ficava na mesinha ao lado, ainda no escuro voltou e tateou a cama até achar o amigo e ficou em cima dele, passou lubrificante na entrada e um pouco no pau alheio o masturbando.

Então sem falar nada se encaixou e sentou de uma vez ouvindo outro gemido, e gemendo também. Esperou alguns segundos e começou a rebolar, com força.

Subia e descia com vontade, o som da sua batendo contra o corpo de Chenyeol o instigava ainda mais.

Quando estava cansando rebolou pra frente e pra trás, lentamente mas com força


-Isso... Ah. Baek.. de novo


A voz saiu meio baixa mas arrastada, era extremante notável o quanto Park Chanyeol estava gostando de tudo aquilo, do modo como Baekhyun fodia, subindo e descendo em seu pau, rebolando como uma boa vadia e gemendo como se não houvesse amanhã.

Enquanto pensava no quão bom aquilo estava sentiu uma mão envolver seu pênis e começar uma masturbação rápida, perdido de prazer baek gemia, subia e descia e delirava sentindo Chenyeol ir com o corpo de encontro ao dele, sentido a cabeça do pau tocar em sua próstata e sentindo a mão quente em volta do seu pau.

Gozou.

Gozou chamando o nome do Park, que ao sentir o ânus que lhe abrigava se contrair com força não se segurou e se desfez ali mesmo.

E mais uma vez o silêncio tomou de conta, mas estavam cansados de mais, apenas fecharam os olhos e dormiram.

Amanhã seria outro dia.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...