1. Spirit Fanfics >
  2. Estamos em Naruto - Remake >
  3. 03 - Uma longa noite

História Estamos em Naruto - Remake - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


:D

Capítulo 3 - 03 - Uma longa noite



P.O.V. Yumi


Estava lá nós quatro no canto da sala conversando.


- Caraca Sora olhas as coisas que você fala para a Hinata. - reclamei dando um pescotapa nele.


- Temos que agradecer que ele não falou nada pior. - Falou Aiaka


- Verdade - disse Takeshi botando a mão na cara.


Logo ouvimos som de alguém abrindo a porta e a Sarada gritar.


- PAAAAAAI.


- Oi filha. Se divertiu hoje? - perguntou Sasuke e fomos atrás deles.


- Muito. Hoje lemos "A História da Vila da Folha". 


- Vocês leram os oito volumes? - Perguntou Sakura tirando os sapatos.


- Não, mas vamos ler. - Disse Boruto descendo as escadas.


- Sério? - Perguntou a rosada duvidosa.


- Sim. 


- Sabia que todos os adultos que estão nessa sala foram os que ajudaram a escrever esses livros? - Naruto falou convencido 


- Sério? - Perguntei curiosa.


- Sim. - Hinata respondeu com um sorriso.


- A história acabou com falando que o Hashirama tinha matado o Madara.


- Gente a comida está pronta. - Disse Hinata 


- Uhuuuuuul - Todos disseram


- Venham vocês também. - Hinata chamou a gente com um sorriso bonito e nos sentamos na mesa.


- Cadê a Himawari? - Aiaka perguntou 


- Está lá encima. Ela tava se arrumando mais até agora não desceu. Vai lá ver ela Naruto... - o mesmo pareceu não ouvir - Naruto...? - ele não respondeu - Naruto... NA- - Ela é interrompida. 


- Deixa comigo - disse Sasuke - NARUTOOOOOOO. - Gritou


- Que foi? Não posso nem mais comer em paz? 


A Hinata estava furiosa com fogo nos olhos.


- Sobe AGORA para chamar a Himawari pra comer. 


- Mais eu tô comendo. - ele resmugou


- Vai agora ou vai dormir no sofá. 


- É melhor tu ir pai. - Boruto falou dando um tapinha nas costas do pai.


- Já es-estou indo d-dattebayo. - falou com a voz tremendo.


P.O.V. Autora


Naruto subiu as escadas e foi em direção ao quarto da filha.


- Himawari? 


Ele viu Himawari pela frecha da porta e ficou observando ela. Ele percebeu que ela estava usando a roupa antiga e toda destruída que ele usava quando criança. 


- Meu nome é Himawari Uzumaki. Eu vou me tornar a Ninja Ambu mais poderosa de todos os tempos. Rasengan. 


Depois que ela tentou fazer o Rasengan ela caiu no chão. O Naruto ia entrar para ajudá-la quando desistiu e viu que a mesma se levantara sozinha. 


- Não vai ser o chão que vai me fazer desistir. Porque esse é meu sonho e eu nunca volto atrás da minha palavra. Porque esse é meu jeito ninja. 


- Himawari? - Ele entrou no quarto com um sorriso no rosto.


- Pai?  


Ela tirou a roupa dele e jogou longe fingindo que nada havia acontecido.


- O-O quanto você viu? - Perguntou constrangida.


- O suficiente para saber que você vai ser uma ótima ninja ambu. - Ele a pegou no colo e a jogou no ar. 


- Caraca você tá pesada. 


- Eu não sou mais uma garotinha. Eu já tenho 8 anos -


Autora: Eu não sei se é verdade porque eu acabei de procurar e não sabem direito a idade dela então eu chutei que ela tem 8 anos. 


- Que pena. Eu não quero que você cresça. E só um aviso. 


- O que?  


P.O.V. Yumi


Eles foram descendo a escada e conversando. 


- Namorar só depois do dezoito. Beijar só depois dos vinte e fazer outras coisas depois dos trinta. 


- NARUTO. - Hinata gritou


Himawari fez uma cara emburrada e depois uma confusa. 


- Pai você namorou com quantos anos? - Boruto perguntou 


- dezenove E viu Himawari eu deixei um ano a menos. 


- O Naruto só namorou com dezenove por que foi lerdo para perceber que a Hinata gostava dele e ele perceber que ele mesmo gostava dela.- Sakura disse enquanto bebia um pouco do seu suco. 


- E você kkkk Naruto kkk beijou kkk com quantos anos? kkkkkkkkkkkkkkkkkkk. - Perguntou Sora quase morrendo de rir.


- Hahahhahahhahaha 


- Kkkkkkkk 


- E você pai? - Perguntou Sarada 


- Hahhahahahahahahha. 


- kkkkkkkkkkk 


- Eu vou morrer kkkkkk. - falei quase me mijando.


- Vai falem. - Takeshi falou segurando o riso.


Eles apontaram um para o outro e aí todo mundo começou a rir.


- Hahahhahahhhahahahahahahahha 


- É sacanagem isso né? - sarada perguntou rindo demais 


- Pior que não kkkk - Falou Sakura.


- Pai o que é "outras coisas"? - Perguntou curiosa.


gente a himawari é muito inocente 


- É... Como eu explico isso?


- Naruto. - o olhou com repreensão.


- Na-nada, nada esquece isso filha. Mas só depois dos trinta anos ok? 


- tá, né. - começou a comer.


- E com quantos anos você fez isso? - Sarada Perguntou botando uma garfada na boca.


- De-dezenove. - falou envergonhado.


- E depois quer que sua filha faça isso com trinta! - Ri 


- Né? 


- Vamos comer? - Hinata falou agora se sentando e cortando o assunto.


- Naruto? - Sora o chamou.


- Oi? 


- Posso te fazer uma pergunta? - Perguntou num ar debochado.


- Pode. 


- Você usa clones? 


- Como assim? - Indagou confuso.


- SORA! - Aiaka gritou dando um tapão nele.


- Quantos anos vocês tem mesmo? - Perguntou Hinata assustada.


- Quatorze, Todos nós. 


- Meu Kami! - falou constrangida.


- "Outras coisas"? Eu acho que sei o que é. - disse sarada com a mão no queixo.


- Eu também! - Disse Boruto 


- Eu também! - Disse Mitsuki 


- Onde vocês aprenderam isso? - Sasuke perguntou assustado.


- Lendo o livro Jardim dos amassos.


- E onde vocês leram isso Boruto? - Hinata Perguntou assustada - Eles não vendem para menores. 


- E como você sabe disso Mamãe? Você já comprou ou tentou comprar? - Perguntou Boruto com um olhar malicioso.


- Não. Mas na sua idade seu pai já tentou. 


- Que isso pai. - Boruto olhou com um olhar de reprovação para o pai que estava bem de boa comendo a comida de sua esposa.


- A gente não comprou. - Mitsuki explicou 


- Então como vocês leram? Pera então... - Ele raciocinou um pouco - Sarada. Está de castigo!


- O que? Por quê? - Perguntou indignada.


- Por pegar meu livro de Jardim dos amassos.


- E desde quando você tem esse livro Sasuke? - Sakura perguntou encarando o marido.


- Ah sei lá à uns dois anos. Foi o Kakashi que me deu. E você não pode falar nada porque ele também deu um pra você e para o Naruto.


- hum. 


- Podemos jantar normalmente?


Acho que você está pedindo demais Hinata...


- Podemos mais eu quero falar uma coisa para vocês! - Sakura falou ficando de pé.


- O que você tem para Dizer Sakura-Chan?


- Fala Sakura. - disse Sasuke curioso.


- Bem... - Ela começou 


- FALA LOGO EU QUASE NÃO TENHO MAIS UNHA PARA ROER. - Gritou Boruto.


- Eu tô grávida. 


- EU SABIAAAAAAAAAAAAAA. EU ESTAVA ESPERANDO ANOS PARA VOCÊ FALAR ISSO. - Aiaka gritou esteticamente.


- EU VOU TER UM IRMÃO OU IRMÃ. - Sarada comemorou


Ficamos um tempo Silênciosos olhando para o Sasuke que estava com a cabeça abaixa. 


- E então Sasuke? Não vai falar nada. - Perguntou Naruto olhando para o amigo que mantinha a cabeça abaixa.


Ele mormurou alguma coisa mais ninguém conseguiu ouvir. 


- O que você disse? - Indagou Naruto.


- Obrigado!


- Perai? Eu ouvi direito? O Sasuke agradeceu? - Takeshi perguntou chocado.


- Obrigado Sakura. 


Ele levantou a cabeça e parecia que ele tava chorando e começou a abraçar a Sakura. 


- Obrigado, Obrigado, obrigado.  


Ele começou a abraçar a barriga da Sakura.


Que fofo 7w7



Quebra de tempo



- Obrigada pelo jantar Hinata. - Sakura agradeceu.


- De nada. Mas e agora, o que faremos? Onde essas crianças vão ficar? O Naruto acho algum lugar para eles?


- Não… - Sasuke respondeu - Acho melhor deixar eles perto de nós. Não podemos confiar cegamente neles, mas acho que não seria uma boa ideia deixá-los sozinhos na aldeia.


Ele olhou para a gente qua estávamos brigando pelo álbum de foto do Boruto bebê. 


- VAI BORUTO DEIXA A GENTE VER O ÁLBUM - gritei pulando para pegar o álbum.


- NUNCAAAAAAA. - Ele gritou do alto do sofá.


- Já decidimos. - Sakura falou indo para a sala - Aiaka e Yumi vão vir com a gente e Sora e Takeshi ficam aqui. Ok?


- Por mim tudo bem. - falei dando de ombros.


- Essa briga ainda não acabou. - Disse Sarada semisserando os olhos para Boruto.


- Tchau pessoal. - falei acenando para todo mundo.


- Tchau gente. - Disse Aiaka.


- Tchau! - todo mundo falou.


Saímos de lá e fomos caminhando pela aldeia com a família Uchiha.


- Então… - Sasuke começou - Vocês falaram que no seu mundo tem um anime da gente.


- Mais específico do Naruto. Mas o time 7 são os personagens principais. 


- Eu não consegui entender muito.


- respirei fundo - Nós viemos de outra dimensão. E nessa dimensão tem um anime do Naruto e depois veio Boruto que é o anime do filho do Naruto. - Expliquei 


- Entendo. E o que tem nesse anime? 


- Ele conta a História do Naruto. Depois a História do Boruto.


- Naruto é bom mas Boruto é muito ruim. - Disse Aiaka.


- Não exagera. - falei a olhando.


- Mas é a verdade. - disse amarrando os braços.


- Quais são seus personagens favoritos? - Sarada perguntou 


- Hinata. - falei sorrindo.


- Sakura.


- How sério? - Sakura Perguntou com os olhos brilhando.


- Sim eu amo muito a Sakura... ou melhor... - Aiaka apontou para a mesma que estava sorrindo - você. 


- E seus personagens favoritos masculinos? - perguntou Sarada novamente.


- Itachi! - nós duas respondemos ao mesmo tempo.


Quebra de tempo


Estava eu 2:30 da manhã com a Aiaka e a Sarada bebendo água na cozinha. 


- Vamos logo voltar para o quarto porque eu tô morrendo de sono. - falou Aiaka quase caindo de sono.


- Vai sozinha. - falei bebendo a água.


-  Não eu tenho medo.


- Tá vamos logo. - Falou Sarada guardando o copo no armário.


Quando estávamos quase entrando no quarto eu ouço uma voz vindo do quarto da Sakura e do Sasuke. 


-  Perai. - falei parando perto da porta.


- Eu não te conheço ainda mais eu sei que eu vou te amar para sempre.


Era a voz do Sasuke.


Ele dizia enquanto estava deitado em cima da barriga de Sakura e passava a mão na barriga com pouco volume. 


- Você acha que é menino ou menina? 


- Não sei. Se for menino eu vou treina-lo para ser muito forte. 


- E se for menina? 


- A mesma coisa, mas ela vai ser proibida de chegar perto do sexo oposto. 


Vimos Sakura dar uma risada.


- Mais independente do sexo eu vou ama-lo igual eu amo vocês duas. 


Autora: Então ele vai tentar mata-lo também? Tá, parei kkkk


- Que fofo. - cochichei vendo aquilo.


- Eles são assim de vez enquando.


- Agora vamos dormir se não eu durmo no corredor mesmo.


- Tá vamos então.


Quebra de tempo


Já estava de manhã e a Sakura estava saindo para ir trabalhar e o Sasuke estava fazendo café da manhã. 


- Sasuke semana que vem eu vou ver como está o bebê.  


- Ok - ele assentiu 


- Sakura Que tal você fazer um chá de revelação? - dei uma ideia.


- Boa ideia. - Sarada concordou.


- A Ino vê qual é o Sexo do bebê e ela prepara tudo. E vocês dois descobrem na hora. - Explicou Aiaka.


- Gostei da ideia. - Sasuke falou botando o ovo mexido no prato.


- Vou falar com a Ino. E depois resolvemos isso. Tchau.


- TCHAU. - dissemos 


- Sasuke você sabe cozinhar? - Perguntei vendo aquilo que ele fez. Não tinha uma cara tão boa.


- Não. - Sarada falou dando uma risadinha.


- Vai, vocês vão gostar. 


Comemos o ovo mexido que ele preparou e o bagulho tava doce...


- Espera um estante. - me levantei da mesa.


Eu fui ver o sal que o Sasuke usou e estava escrito "açúcar". 


- SASUKE SEU MALUCO ISSO AQUI É AÇÚCAR. 


- Então o Sasuke é forte como um Shinobi mais não sabe fazer nem um ovo mexido. - Aiaka debochou


- É bem isso mesmo. - Sarada falou jogando o garfo no prato.


- Ah vai gente não tá tão ruim assim. - pegou um pedaço, comeu e começou a tossir. - Vocês vão cof cof. Comer na casa do Naruto. 


- Com o maior prazer.


Quebra de tempo


- Bom dia gente. - Hinata comprimentou quando aparecemos na porta da casa dela.


A alegria da Hinata é contagiante


- Bom dia. - Nós três falamos ao mesmo tempo.


- Bom dia. - Sasuke falou - Elas podem tomar café aqui?


- Por que? 


- Porque o Sasuke não sabe cozinhar. - Falou Aiaka amarrando os braços.


- Por favor Tia Hinata. - Sarada implorou com as mãos juntas.


- Claro que podem. - Falou com um sorriso.


- Muito obrigada nossos estômagos agradecem.


Deu uma risada - Ah, Sasuke o Naruto está no escritório do Hokage. Pediu pra você ir lá.


- Ok, Obrigado Hinata. 


- De nada. 


- Tchau pai. 


- Tchau. 


Quebra de tempo


Depois da gente comer fomos acordar os meninos. Só pra falar são 11:30. Chegamos no quarto do Boruto e estava um GELO. 


Estava cheio de cobertas no chão e quatro corpos espalhados por eles. 


- Oi meninas. - Falou Himawari entrando no quarto.


- Oi. - falamos ao mesmo tempo.


- O que vocês vão fazer? - Perguntou olhando para os meninos dormindo.


- Acordar os meninos. - falei sorrindo.


- Eu tenho a maneira perfeita para fazer isso. Esperem um minuto. - Ela desceu de uma maneira muito rápida e voltou com 4 panelas 4 colheres.  


- E um, e dois, e três e VAI. 


- ACORDEEEEEEEEEEEEEEEM - Gritamos batendo as panelas.


- VOCÊS ESTÃO MALUCAS? - Sora gritou com uma cara de zumbi.


- Pra que isso? - Boruto Perguntou olhando para a porta.


- Para vocês acordarem.


- Mais ainda tá muito cedo. - Mitsuki se jogou no travesseiro voltando a dormir. 


- Já são 11:30.


- Idai? - voltaram a dormir.


Fomos lá pra baixo ver um jeito de acordar eles.


- Hinata. - a chamei.


- Oi Yumi? O que foi?


- Os meninos não querem acordar. 


- Estranho, eu vi a Himawari saindo da cozinha com um monte de panelas. Pensei que vocês tivessem acordado eles. 


- Eles acordaram mas voltaram a dormir. 


- Eu tive uma ideia. - deu uma risada


Quebra de tempo


Só para esclarecer são 13:35. 


- TEM STROGONOFF NO ALMOÇO. - Himawari gritou.


Só ouvimos um monte de passos correndo no andar de cima. 


- ONDE? 


- EU QUERO. 


- TEM BATATA PALHA PARA ACOMPANHAR? 


- PODE ENCHER O MEU PRATO. 


- Tem bastante para todo mundo. - disse Hinata com um sorriso.


- Eu quero também. 


- Eu também. 


- Eu também aceito. 


- Eu também. 


Só pra constar ela não tinha mentido que tinha Strogonoff era verdade mas ela decidiu fazer isso para acordar os meninos. 


- Então galera. De onde vocês vieram? Deu pra perceber que vocês não são da aldeia. Vocês são da onde? - perguntou Mitsuki 


- Rio de Janeiro. 


- E onde fica isso. - Perguntou Boruto com o garfo na boca.


- No Brasil. 


- E onde fica o Brasil? - perguntou Himawari.


- Fora do Japão. - falei


- Tendi...


- Mais conte-nos como vieram para cá? - Himawari pediu.


Depois de 30 minutos explicando que somos de outra dimensão, sobre o anime e resolvemos falar sobre shipps.


- E o que é esse tal de shipps? - perguntou Boruto se sentando novamente na mesa.


- São casais que os fãs gostam. - explicou Takeshi ajeitando seu óculos.


- E com quem vocês nos shippam? - Sarada intrigada.


- Eu shippo o Boruto com a Sarada. - Falou Sora com o sorriso no rosto.


- Eu também. - falei sorrindo para os dois.


- Eu também. - Disse Himawari e Mitsuki.


- EU TAMBÉM! - Hinata gritou da cozinha.


A Sarada ficou toda corada e o Boruto deu uma leve avermelhada.


- Mais tem gente que shippa o Boruto com o Mitsuki. - Disse Aiaka olhando para o teto.


- Que? Por quê? - perguntou Mitsuki.


- Sei lá, tem gente que shippa o Naruto com o Sasuke. - falou Sora dando uma risada.


- Mas eu shippo o Mitsuki com a ChouChou. - Falei.


- E eu? - Perguntou Himawari - Me shippam com quem?


- Você não vai ser shippada com ninguém. Você é muito nova para ter Namorado. - Disse Boruto franzindo o cenho.


- Mas com quem vocês shippam com a Himawari? 


- Com o Inojin. - Falou Sora sorrindo.


- Exatamente. - Concordei.


- MAIS ELE É MUITO VELHO PARA ELA. - Boruto Gritou.


- Idade é só um número! - disse Sora como se isso fosse normal.


- O 190 é também é só um número! - Disse Takeshi olhando com reprovação para ele.


- E cadeia é só uma sala. Para de ser idiota Sora. Eles não vão ficar juntos agora. - falei dando um tapa nele.


- Eu sei. 


- Que tal a gente mudar de assunto e continuar lendo "A História da Aldeia da folha"? 


- BORA. - Dissemos ao mesmo tempo.


Quebra de tempo


- CARACA QUE TOP. - gritou Takeshi - Isso é muito bom.


- Muito. - Sarada concordou com ele.


- Gente? Já está escurecendo. - Disse Mitsuki olhando pela janela.


- Já são seis da tarde.


Alguém tocou a campainha e Boruto foi atender. 


- Eae Boruto. 


- Bora jogar? 


Era Inojin e Shikadai 


- SAI DAQUI INOJIN. VOCÊ NUNCA MAIS VAI CHEGAR PERTO DA MINHA IRMÃZINHA QUERIDA. 


- Para de pagar mico Nii-san. - falou amarrando os braços.


- Tá bom. A gente joga outro dia então. Tchau!


- TCHAU. 


Ele bateu a porta na cara dele. Mais 5 segundos depois a campainha tocou de novo. 


- EU JÁ FALEI PARA VOCÊ IR EMBORA. 


- O que deu em você Boruto? 


- A-Ah Tia Sa-Kura. Desculpa eu pensei que fosse o Inojin. 


- E você trata o Inojin desse jeito. 


- E eu ainda estou aqui sabia. - ele falou atrás da mãe dele.


- T-Tia I-Ino.  


- Tudo bem Boruto. - ela sorriu maléfica pra ele - Cadê a sua mãe?  


- T-Ta na cozinha. - falou um pouco nervoso.


- Oi Boruto. - Tenten e Temari falaram ao mesmo tempo.


Mano o quinteto das kunoichis está reunido? 


- O-Oi. - ele falou sorrindo amarelo.


- O que vocês estão fazendo? - Perguntou Inojin entrando e indo para a sala onde estávamos.


- Oi Inojin. - Himawari o comprimento com um sorriso.


- Oi Hima. - ele também sorriu.


- Como é que você chamou a minha irmã? - olhou com ódio para ele.


- De Hima. - disse como se não fosse óbvio. - A gente sempre chamou ela assim.


- Verdade Boruto, o que tá dando em você hoje? - Shikadai Arqueou a sombrancelha para o amigo.


- Nada, nada, esquece.


Aí tipo do nada a gente começou a cantar parecendo um bando de malucos o rap do Minato.


- DIA 10 DE OUTUBRO FOI QUANDO MEU FILHO NASCEU. 


- E ATRAVÉS DE JUTSU O SELO DA RAPOSA SE ROMPEU. 


- UM NINJA MASCARADO APARECEU. 


- E a Biju ele manipulou. 


- E quando eu percebi que era o fim. 


- Não posso partir sem te dizer. 


- Kushina eu desejo é te dar um beijo. 


Nesse exato momento o Naruto e o Sasuke chegaram e viram a gente cantando o rap do Minato e ficaram sem entender nada.


- E NÃO PARTIR SEM VER O NOSSO MENINO CRESCENDO. 


- NÃO ERA O QUE EU QUERIA O MUNDO NÃO É JUSTO. 


- MAIS EU SELAREI A KYUBI NO NARUTO. 


- E no meu último segundo no mundo. 


- Abraçado com ela, no fim uma lágrima caí. 


- MAIS NÃO ME IMPORTO DE MORRER PELO NEU FILHO. 


- ESSE É O DEVER DE UM PAI. 


- Hiraishin eu sumi daqui mais eu já volto. 


- Isso não é um adeus. 


- É só um até logo. 


- Ei meu filho cada um de nós luta contra o próprio ódio. 


- No caminho encontrara sua voz e o seu lugar no pódio.  


- SINTO MUITO! 


- OBITO E NARUTO. 


- E EU JURO DARIA TUDO. 


- SE POR APENAS UM SEGUNDO EU PUDESSE VER O SORRISO DO BORUTO. 


- Já viu. - Boruto sorriu falso.


- DIA 10 DE OUTUBRO FOI QUANDO MEU FILHO NASCEU. 


- E ATRAVÉS DE UM JUTSU O SELO DA RAPOSA SE ROMPEU. 


- UM NINJA MASCARADO APARECEU. 


- E A BIJU ELE MANIPULOU. 


- E QUANDO EU PERCEBI QUE ERA O FIM. 


- Não posso partir sem te dizer. 


- Kushina eu desejo é te dar um beijo. 


- Que palhaçada é essa falando que quer beijar a minha mãe? - Disse Naruto olhando com raiva para a gente.


- E não partir sem ver o nosso menino crescendo.


- Não era o que eu queria o mundo não é justo. 


- MAIS EU SELAREI A KYUBI NO NARUTO. 


- E NO MEU ÚLTIMO SEGUNDO NO MUNDO. 


- ABRAÇADO COM ELA NO FIM UMA LÁGRIMA CAI. 


- MAIS NÃO ME IMPORTO DE MORRER PELO MEU FILHO ESSE É O DEVER DE UM PAI. 


- O que acabou de acontecer. - perguntou Naruto confuso pra cacete.


- Eu também não entendi. - Disse Boruto com cara de paisagem.


- Estávamos cantando o rap do Minato. - Explicou Sora.


- Existem até raps sobre o anime? 


- Sim. 


- Existe um rap sobre mim? - Sasuke perguntou interessado.


- E de mim? - Naruto também perguntou 


- Sim.


- BOTRA NO BAILÃO PRO DESESPERO DO TEU EX. 


Tava eu e Takeshi feito malucos cantando 


- É HOJE QUE ELE PAGA TODO MAL QUE ELE TE FEZ. 


- PARA COM ISSO GENTE. - Sora gritou. - Tão passando vergonha.


Como se antes já não estivéssemos passando.


- BORA BOTAR O RAP DO SASUKE DEPOIS O RAP DOS HOKAGES, DEPOIS O DO JIRAYA, DEPOIS DO KAKASHI, DEPOIS DA AKATSUKI E DEPOIS O DO DEKU. - Gritou Takeshi


- Quem é Deku? - Sarada Perguntou.


- Isso é outro anime. - falei rindo.


- A


Essa noite vai ser longa.


Continua...



Notas Finais


Foi bem longo :v


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...