1. Spirit Fanfics >
  2. Estilistaça >
  3. A chegada, (no bar)

História Estilistaça - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura... como prometido esse capítulo está muito mais complexo

Capítulo 3 - A chegada, (no bar)


------ chegou o dia de partir-------

anciosa com o dia, fui logo tomar um banho, me arrumei e já estava pronta para a viagem;

peguei as malas já feitas e fui para a sala, a mãe e o pai estavam sentadaos no sofá a minha espera;

  eu - bom dia, já estou um pouco atrasada, não vou poder tomar o pequeno-almoço - - disse enquanto arrastava a mala,

mãe - demoraste um pouco a preparar não achas? - - disse a mãe a olhar para mim,

pai - senta-te aqui quermos falar contigo, - - disse o pai a indicar para o sofá,

eu - ok, mas tem que ser rápido, o táxi já deve estar mesmo a chegar - - disse enquanto sentava no sofá,

mãe -  sabes que podes contar comigo e com o seu pai sempre, - - disse a mãe com uma expressão séria,

pai - sim, vamos estar sempre aqui pra te filha, - - disse o pai a olhar intensamente para mim,

eu - eu sei obrigada, adoro-vos, - - eu disse com lágrimas nos olhos;

         Demos um abraço forte em familía, 

eu - agora tenho mesmo que ir, vou sentir falta disso - - disse enquanto larga eles,

pai - eu ajudo te com as malas - ele disse enquanto caminhava na direção da mala,

mãe -  quem sabe arranjas um namorado lá,  - - surrou a mãe,

  eu - mãe, vou a los angeles TRABALHAR, não namorar,

mãe - hum, veremos :)

a mãe estava certa nessa parte de conhecer alguém, calma depois vão entender...

eles me acompanharam até a saída e o táxi já estava na porta a minha espera, estava a entrar no táxi,

         mãe - vá com Deus, e tenha cuidado!,  - -disse a mãe,

         pai - podes voltar quando quiseres -- gritou o pai,

        eu - Adeus

No táxi ....

hum, pensando bem não aconteceu nada de especial no táxi, vamos pular essa parte

          -------------------------------------------------------------------------------------------------------------

        Duas horas depois........

depois de uma longa viagem chegei finalmente, eu fiquei encantada com a cidade era tudo novo pra mim, a rua, os prédios, a forma que as pessoas vestem......  era incrível a sensação de viver em umas das cidades mais popular do pais.

entrei no meu apartamento pequeno e aconchegante , sentei me no sofá estremamente confortável por um momento,      desfiz as malas e organizei o meu guarda-roupa,

passando algum tempo terminei de organizar tudo e deitei na cama e afundei na almofada, e entrou uma notificação no telemovél_ era mensagem da Júlia;

                               Júlia: oi amiga, já chegaste?

                                Júlia: como é as coisas em los angeles?

                               Júlia: tenho novidade!

                             eu: oi, sim já cheguei, é tudo incrivél aqui! e qual?

                            Júlia: que bom, então eu estou a sair com o Tylor <3

                            eu: como assim? denovo, vocês voltaram?

Ah, estava quase a esquecer de contar para vocês quem é o Tylor, ele é o ex da Júlia, terminaram faz 2 meses, ele transou com a prima dela... agora que já sabem quem ele é vamos voltar a conversa com a Júlia...

                               Júlia: não exatamente,

                               eu: [email protected] que pari0 Júlia, vás deixar ele te enganar novamente?

                       Júlia: ele me procurou me pediu desculpa e disse que isso não vai se repetir:)

                          eu: falamos sobre isso depois, vou dormir um pouco, bjs<<<

                       Júlia: ok bjs, :)

Eu estava exausta ainda mas com todo esse lance da Júlia e o Tylor, eu precisa de um bom descanso então dormi por um periodo;

passado algum tepmpo, acordei já de noite, levantei fui para a cozinha procurar algo para comer mas não tinha `nada´ tive comer besteira que trouxe de casa,

depois já não tinha mas nada para fazer em casa, fui para janela curtir um poco a vista e reparei que tinha um bar no outro lado de rua, já que não tinha nada para fazer em casa resolvi passar por lá, tomei um banho, colequei um vestido de festa, fiz a maquilhagem, olhei no espelho estava linda, talvez um pouco exagerado mas pensei " é o meu primeiro dia na cidade nada mas justo de ficar bonita", olhei no espelho mais uma vez e saí.

andei um pouco e já estava no bar ajeitei-me e entrei, quando entrei não deixei de notar algumas pessoas a olhar-me de cabeça aos pés a julgar a minha roupa senti um pouco desconfortável mas continuei a andar, 

sentei no balcão e o garçom veio logo ter comigo, era um homem de aparência normal deve ter uns 35 anos por aí;

garçom - oque eu posso fazer pela senhorita está noite?-- disse garçom a olhar pra mim, 

eu - um copo de Gim-tônica está ótimo, obrigada - eu disse de uma forma fria,

garçom - hum, já vi que a senhorita gosta de bebidas fortes, - disse enquanto preparava a bebida,

ele colocou a bebida já pronta na minha frente e dei um gole, era bastante forte, eu já não me lembrava da última vez que bebi algo assim tão forte;

garçom - és nova na cidade? - ele perguntou com um olhar intenso,

eu - como sabes? - eu disse com uma expressão supresa,

garçom - eu nunca a ví aqui, e o seu sotaque é difernte :) - ele respondeu,

eu - costumas a lembrar sempre de todos os seus clientes? - eu perguntei de uma forma curiosa,

garçom - de certeza lembraria de alguém como tu, - ele disse me olhando de cima á baixo,

eu respondi com um sorriso envergonhado e dei outro gole na bebida, pensei " aquele homem acobou de fazer-se a mim?" eu virei e notei um homem muito atraente a olhar para mim, eu desviei o olhar e concentrei na minha bebida,

assim que terminei a bebida estava preste a ir para casa afinal amanhã é o meu primeiro dia no trabalho não posso dormir tarde;

eu - quanto é a bebida?, - - perguntei colocando a mão dentro da bolsa,

-  deixa que pago pra te - - disse um homem ao lado,

eu - obrigada, mas eu posso pagar a minha bebida, - - eu disse,

_e foi aí mesmo que o conheci num bar oferecendo para pagar a minha bebida_, com tempo vocês vão entender oque eu quero dizer com isso... vamos voltar com a conversa;

         - mas eu faço questão, - - disse ele entregando o dinheiro ao garçom,

        eu - não precisava a sério - - disse a olhar para ele

        Marco - sou Marco, qual é o seu nome? - - disse ele a olhar pra mim,

       eu - porquê queres saber meu nome? - - perguntei,

      Marco - não posso perguntar? - - disse ele com um sorriso encantador,

      eu - podes, Sara prazer, :) - - disse a estender lhe a mão,

      Marco -  hum, interessante  - - ele disse a apertar-lá suavemente,

      eu - valeu mesmo pela bebida mas eu tenho que ir, adeus,:) - - eu disse a levantar me,

     Marco - fique mais um pouco não queres conhecer melhor o tipo que pagou te a bebida? -- ele disse a segurar o meu braço.


Notas Finais


No próximo capítulo será a continuação desse, terá muitas supresas, aguardem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...