História Estranho - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Taeyong
Tags Angst, Relacionamento Abusivo, Tanto Faz O Couple
Visualizações 39
Palavras 313
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drabble, Drabs, Drama (Tragédia), Shonen-Ai, Slash, Violência
Avisos: Adultério, Homossexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


continuando a saga de repostar drabbles aqui

Capítulo 1 - Único


De repente eu acordei no meio da noite e me deparei com uma pessoa desconhecida deitada ao meu lado. 

Identifique-se, estranho, e me diga aonde o meu namorado está, pois agora você ocupa o lugar que pertencia a ele.

Você tem a mesma aparência, a mesma voz, o mesmo nome, mas não é ele.

Meu namorado era um cara carinhoso, romântico, cuidadoso. Esse estranho que se deita ao meu lado não é nada disso, ele me desrespeita, me humilha na frente das pessoas, me trata como um cão sarnento e as vezes até mesmo me ameaça.

Meu namorado gostava de me marcar com beijos, chupões, arranhões, deixava em meu corpo lembranças das nossas noites de amor juntos. Esse estranho que se deita ao meu lado me marca de outra forma; ele me deixa roxo, enche minha pele de incontáveis hematomas, colore meus braços com as marcas de seus dedos quando me puxa agressivamente, pinta meus lábios de vermelho quando me desfere socos dizendo que eu sou uma vadia inútil.

Meu namorado gostava de me levar para jantar, dizia todos os dias que eu era o cara mais lindo que ele já conheceu, fazia questão de me lembrar como me amava, e nossa relação era admirada por todos os nossos amigos próximos. Esse estranho que se deita ao meu lado sequer me deixa sair de casa, eu não vejo mais os meus amigos e a única coisa que ele diz para mim é como eu sou estúpido, ingrato, como eu o deixo enojado e como eu tenho sorte dele ainda ter paciência para me aturar.

Eu não gosto desse cara estranho que vive em minha casa, muito menos da forma que ele me trata. Sinto falta daquele cara por quem eu me apaixonei, que fazia com que eu me sentisse especial e amado.

Agora eu só me sinto fraco, burro, sujo, preso e destruído.


Notas Finais


e não seja como o taeyong da fanfic que percebe mas fica achando que as coisas vão voltar ""ao normal"" um dia

conta principal: @basenji
twitter: https://twitter.com/pcycchi


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...