História Estrela caída - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 11
Palavras 1.018
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Poesias, Shonen-Ai, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


ATENÇÃO: este capítulo tem lemon :v

Capítulo 5 - Moonchild.


As lágrimas continuavam a cair enquanto que meu corpo também caía em direção ao chão. Não queria que isso acontesse...

Sinto uma mão tocar meu ombro. Me viro rápido, limpando as lágrimas. Mesmo no escuro consigo decifrar esses olhos verdes reluzentes...Logan...

Abraçei-o sem hesitar, e, acho que ele também não hesitou em retribuir.

-O..que aconteceu?-ele pergunta pausadamente com tom preocupado.

-N-Nada!-falo com um falso sorriso.

-Certeza?- ele fala desconfiado. Afirmo com a cabeça e ele ne dá um beijo na testa.-Vem?

-Sim...- ela pega em minha mão e o sinal toca.

Entramos numa sala cheia de mini-mesas e cadeiras. É quase como lá em cima, só que as nossas aulas são no chão. Como não sabia que era preciso cadernos ou canetas e lápis, Luna emprestou-me umas folhas e uma caneta. Sim, não fiquei perto do Logan. Mas não me queixo, Luna é muuuuito divertida e simpática, ela ajudou-me em tudo. Às vezes recebia alguns bilhetes do Logan a dizer uns " amo-te♥" ," espere por mim" ou ainda " tenho saudades dos seus lábios " com uma cara apaixonada mal feita, o que me fazia rir.

As aulas acabaram e Logan pediu-me para ir para casa sozinho, pois, precisaca de falar com alguém.

No portão, vi uma menina tombada no chão e com as mãos aleijadas. Ajudei-a a levantar-se e a apanhar os seus livros e cadernos e reparei em algo que me chamou a atenção: um livro sobre criaturas míticas. Sorrio ao entrega-lo e ela fica envergonhada.

-...me desculpe!- ela fala abaixando a cabeça.

-Não tem problema.-sorrio e estendo-lhe a mão.-Pode vir comigo por favor?

-Hum...talvez?

-Venha então!- levo-a para trás dos arbustos.

-NÃO ME FASSA MAL!-ela fala se debatendo.

-E-EU ...eu não te vou fazer mal...só te quero ajudar.

-Ajudar?-ela olha suspeita.

-Sim.- com uma mão pego em suas mãos e a outra pouso-a em sua bochecha.-Feche os olhos..

-Ok?-ela obedece. Falo algumas palavras enquanto que minhas mãos começam a brilhar. Ela abre os olhos e me olha surpresa. Sorrio.

- Fica entre nós ok?-pisco o olho.

-CLARO!- ela fala entusiasmada e levanta-se rápido me estendendo a mão.- E-eu chamo-me Carla!

-Prazer, Oliver.- a pego e ela ajuda-me a levantar-me

-Então...o que você é realmente?

-Filho da lua...mais conhecido como-

-MOONCHILD!!- ela levanta a minha franja e observa a lua gravada na minha testa.

-Isso! Bem tenho que ir!

-'Tabom! Nos vimos amanhã?

-Sim!- falo acenando e indo para casa.

---//---//---//---//---//---//---//---//---//---//---//---//---//

[Pov's Logan]

Oliver já se foi, agora, era hora de agir. Vou ter com a Mia.

- Logaaan~♡- ela fala ao ver-me a aproximar-me.

- Olhe, vou ser bem direto.- falo encostando-a contra a parede.

- Teve saudades?-ela fala com um sorriso.

-Não. A pergunta é: o que você fez com o Oliver?!

-Não diz nada!!

-Então porque o levou para aquele lugar?!- falo começando a irritar-me.

- Só lhe quis dar os parabéns...-ela fala com um sorriso de canto.- depois fui embora, como tu vistes.

Largo-a e vou-me embora.

-Tome cuidado com ele...

Não ligo e continuo o meu caminho.

---//---//---//---//---//---//---//---//---//---//---//---//---//

-CHEGUEI!!- falo animado.

Vejo um vulto a correr em minha direção e caio no chão.

-Bem vindo de volta Senpaii!- Oliver fala sorridente.

-Aconteceu algo para você estar tão feliz?

-Não, nada mesmo!- Ele fala me dando um beijo.

-Senti saudad-

-Saudades dos meus lábios?- ele completa.

Pego nele em meu colo e o beijo. Ele começa a ficar todo corado e paro um pouco.

-Estás bem?- pouso minha mão em sua bochecha.

-S-sim...- ele olha fixamente para meus lábios. Não resisto e volto-o a beijar.

Ele passa seus braços em volta do meu pescoço e levanto-me levando-o até meu quarto. Nossas línguas começam a se entrelacar e noto que, provavelmente, era sua primeira vez...Paramos por falta de ar e ele me olha com um sorriso envergonhado e suas bochechas extremamente coradas. Ele volta a beijar-me e o afasto gentilmente.

-É melhor não...-sorrio carinhosamente.

-Porquê?..

-Não vou conseguir me controlar...-passo minhas mãos pelos dios do seu cabelo.

-Então não se controle...- ele me olha.

-E você quer..?

- Se for consigo, sei que não vou correr nenhum risco.- ele sorri timidamente.

Sorrio e o abraço forte. Sinto seus braços a passerem pelo meu pescoço e olho em seus e ele me beija. Diferente de antes, este beijo estava repleto de paixão, desejo... Passo minhas mãos delicadamente por baixo da sua camisola e ele começa a tremer. Olho para ele e ele faz sim com a cabeca para continuar. Continuo e começo a beijar o seu pescoço enquanto oiço atentamente os seus gemidos... continuo e começo a desabotoar a sua camisa e a beija o seu peito pálido. Seus gemidos começam a dicar mais altos e deixo um leve beijo em seu peito. Fico um pouco sentado em cima dele e tiro minha camisola e começo a retirar minhas calças. Ele fica ainda mais corado e o olho.

- Certeza mesmo?

Ele confirma outra vez com a cabeça. Acabo de retirar minhas calças e sento-o em minhas pernas. Mordo de leve o seu pescoço enquanto retiro a sua camisa e ele as suas calças, entre gemidos. Volto a descer pelo seu peito beijando cada centímetro e passando as mãos pela sua coluna. Vejo que ele está se sentindo da mesma forma que eu e começo a evoluir esta "brincadeira ".

Começo a dar leves beijos por cima da sua cueca e levanto a cabeça para olhar a sua expressão...Era demais, nem sei se mereço tudo isto.

-Oliver?- ele não responde, só pega na minha mão e a posiciona em cima do seu coração. Batia rápido.

-C-continue...por favor..- ele fala um pouco ofegante.

Obedeço-o e retiro sua cueca delicadamente. Começo a afastar as suas pernas e me aproximo do seu membro. Começo a lamber-lo e por fim ponho-o por conpleto na ninha boca. As suas mãos passam pouco a pouco pelos meus cabelos e as vezes ele os puxa.

-L-l-gan...- ele fala entre gemidos abafados. Retiro o seu membro da minha boca e olho para ele.

-Vai aguentar?-falo envergonhado.

- V-v..sim.

Começo a penetrá-lo lentamente, tentando não o aleijar. Começo aos poucos com uns movimentos vai-e-vem e solto alguns gemido. Aumento a velocidade e volto ao seu peito, chupando seu mamilo. Me dirijo até seus lábios, o beijando intensamente.

---//---//---//---//---//---//---//---//--//---//---//---//---//

Caio ofegante na cama enquanto que Oliver me abraça e adormece. Passo minha mão por sua bochecha que ainda está muito vermelha. Sorrio. Não sei porquê, mas acho que me esqueci de algo, mas penso que não faz mal.


Notas Finais


NOSSA ;000; primeira vez qhe escrevo algo assim 7w7 não me julgem por estar uma merda este capítulo :v bjs ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...