1. Spirit Fanfics >
  2. Estrelas Cadentes >
  3. Visitas

História Estrelas Cadentes - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Visitas


Fanfic / Fanfiction Estrelas Cadentes - Capítulo 4 - Visitas

No dia seguinte. Todos se levantam cedo, teriam mais uma reunião com Atena e o grande mestre.

10:00

- Onde estão os cavaleiros de Câncer e o de Sagitário?- pergunta o mestre

- Quando eu e Aldebaran passamos pela casa de Câncer, estava vazia- diz MU.

- Na casa de Sagitário o mesmo-. Dizem os outros

A deusa usando sua telepatia tenta se comunicar com eles. Mas...

[Quem é você?

Oras, se não é a deusa da sabedoria!- diz a jovem com deboche

Onde estão meus cavaleiros, bruxa?

A outra rir e diz: Entreguem o pingente, e quem sabe nós os devolvemos.

Não estou para brincadeira! Que história de pingente? Não temos nada disso.

Vocês não. Mas, a garota com vocês sim. Mandarei uma mensageira daqui 5 dias. – e encerrar a comunicação.]

Droga!- diz a deusa no fim

- o que foi Atena?- pergunta Shion

- São prisioneiros do grupo que estudamos.- diz nervosa

Os dias passamos voando, ninguém consegue convencer a garota entregue o objeto. Mesmo explicando a situação, esta não mudava de ideia. Atena já estava com a paciência esgotada. Mas essa paciência, viraria fúria ao ter umas visitas inesperadas.

                                                                              /////////////////////

Estela, que estava cansada de tudo, saiu templo, com um livro em mãos. Caminhou por horas e acabou chegando até uma pequena praia, que ficava escondida. Sentou-se na areia, abriu mais uma vez o livro e em determinada página, parou e leu - Por que não pensei nisso? -relembrou então de uma conversa com a chefe estrelar. Estava tão distraída com a descoberta que não tinha notado que era seguida desde a saída do templo. Não houve sons por longos minutos, até que... Uma brisa que soprava levemente, ficou gelada e dela surgiu o cavaleiro de Aquário. Parecia diferente, seus olhos estavam negros, ela sabia que não era boa coisa foi quando ouviu uma voz:

- Entregue o pingente e não faremos mais nenhum mal.- diz

- Você sabe do que somos capazes, estrelinha!- diz uma outra voz mais forte

- Você quer saber onde  estão os outros, não é? -diz uma terceira voz

-Ficaram um pouco a mais conosco!- diz uma quarta pessoa que ela reconhece.

Ao tentar encontrar, é atingida pelo cavaleiro.

Antes que perdesse a consciência plenamente, pode ver a silhueta de uma de suas amigas.

No templo, todos sentem uma energia estranha que parecia próxima e em instantes some.

Intrigados com isso, Atena, pede a todos os presentes que procurem a energia.

Todos, incluído Shion, saem.

Após a saída dos cavaleiros, Nix, a primeira deusa da noite, aparece. Logo trata de explicar a sua presença e fez um pedido simples, de conhecer aquele santuário, havia tempos que não via um.

 

 

Durante a vista, Atena observava a deusa a sua frente, já tinha ouvido falar sobre as ações que ela tinha realizado. Todos os deuses tinham medo dela, pois conhecia o segredo da imortalidade. Nix ficou encantada com o local, era belíssimo, ao chegarem, a arena de treino, esta fica curiosa com as jovens que estavam lá, todas, usavam máscaras. Ela perguntou o porquê, Atena respondeu que era uma regra, para evitar todos esquecessem das tarefas diárias e ficassem somente namorando.

Achou absurdo, essa regra e argumentou, que deveria ser retirada. A deusa da sabedoria, não gostou da reação da outra pessoa e saiu apressadamente. Nix, foi atrás dela, não a deixaria sair assim. Conseguiu alcançá-la e falou: - O que quer eu faça? Existia antes de eu nascer. Com licença!- grita Atena e sai deixando uma deusa, furiosa.

- Escute-me bem, deusa da sabedoria! Você pode mudar, mas se não o fizer a tempo, no fim só restará um orgulho ferido e tristeza!- grita a deusa da noite extremamente irritada. Prepare-se, a partir de hoje, seu futuro irá mudar. Diz em tom baixo. Usando seu teletransporte, vai direto ao quarto de um dos seus filhos.

-Mãe, o que aconteceu?- pergunta seu filho que estava lendo um livro roxo.

-Atena, é tão egoísta! Sei que não deveria ter de pedir algo, neste momento complicado, mas sinto uma grande raiva.

- Eu sei. Muito em breve, ela terá uma péssima surpresa.

                                                                               //////////////////

Um grupo de meninas, passavam pela praia, quando viram um pequeno grupo de rapazes que procuravam algo ou alguém. Se aproximaram e uma logo falou: Podemos ajudar?

- Quem são vocês? -pergunta Shura

- Somos turistas.- diz a menina de vestido dourado

-  Que fazem aqui longe da movimentada capital? – pergunta Kanon

- Procuramos a nossa amiga.- diz a de cabelo rosa que encanta um certo cavaleiro

- Qual seria o nome dela? -pergunta Saga

- Estela.- diz a morena

Minutos depois o grupo chega próximo a entrada do santuário.

- Aqui nos despedimos. –  diz Kanon

- Não podemos ir? Por quê ?- pergunta menina de cabelo azul claro

- Temos uma regra que não nos permite deixar pessoas estranhas entrarem. – diz Shura

 Atena, estava em seu quarto, pensando em todos os problemas que estavam acontecendo. “ Quando tivermos paz , vou tirar férias”.

-Tem certeza de que isso que vai fazer, minha querida? – diz uma moça de cabelos longo e escuros em um canto do quarto.

-Quem é você?- pergunta assustada

- Sou Asteria, regente das estrelas, oráculos e profecias. Gostaria de saber se a minha estrela se encontra.- diz

- Não sei. Ela não é muito educada- diz Atena debochando

- Quando pressionada, ela fica um pouco brava! Mas é uma boa menina. Interessante. - diz a deusa de cabelo longo saindo do quarto e caminhando até onde a sua bússola indicava energias conhecidas. Atena não entendendo muita coisa segui a outra. Ao chegarem à entrada do santuário, Atena não acredita que três de seus cavaleiros estavam a conversar com algumas sirigaitas e se aproximou gritando com eles. Os três ao verem a deusa ficam assustados. Asteria observava a cena sorrindo, pois já tinha visto suas meninas e discretamente deu um sinal secreto as elas.

- Atena. Por favor, não faça escândalo! Todos estão olhando para você!- diz a deusa rindo da cara que Atena fez ao perceber a situação que causara e de como corria para se esconder. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...