História Estrelas, poesias e eu - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Original
Visualizações 11
Palavras 439
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção Adolescente

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oin pessoinhas :)
Primeiramente, eu sou uma pessoa horrível pra escrever histórias, então perdão pelos erros
Aceito críticas construtivas

Essa é a "primeira" fanfic que eu faço (Já fiz outra, porém eu apaguei no primeiro capítulo)

Capítulo 1 - Lunática


Olá, meu nome é Lua. Sim, lua, a bola flutuante a quilômetros de distância.

É cansativo se chamar assim por você ter que ouvir coisas como:

"Nossa Lua, você está no mundo da lua"

Ou

"Caramba Lua, você é uma lunática!"

E o pior de todos

"Nossa Lua, você e a lua são realmente parecidas, as duas são redondas"

A última é mais usada pelo meu melhor amigo Henry, ele é uma peste.

Bom, apesar dos apelidos idiotas, eu amo meu nome, ele combina muito comigo, pois, eu AMO astrologia, isso que quero estudar.

O nome também é especial para  mim, pois me lembra a noite. A noite é meu lugar seguro, onde me sinto feliz e livre. Livre pra ser quem eu realmente sou. Com qualidades e defeitos.

É na noite onde a minha inspiração e as melhores (na medida do possível) poesias surgem. Sim, eu escrevo poesias, mas são tão ruins quanto minha vida amorosa, que aliás, não

 existe a um bom tempo.

Então, sobre minha vida amorosa, tudo começou em 2008, quando eu tinha 8 anos. Houve uma festa fantasia na minha escola. 

Os cartazes diziam: "fantasie-se e venha se divertir com seus amigos", lendo aquilo, eu parava e pensava: "Mas.. QUE AMIGOS?".

Bem legal, humilhada por um cartaz

Eu nunca tive amigos e nunca falei com alguma criança da minha idade que não fosse da minha família. Nunca fui boa em socializar.

Enfim, mesmo sem ninguém, eu decidi ir, a comida da escola já é maravilhosa, imagina numa festa! Eu nunca perderia isso (Lua sendo Lua desde 8 anos de idade)

Então, já que eu iria, precisaria de uma fantasia, então decidi fazer uma fantasia da coisa que eu mais amava/amo no mundo, o céu.

Minha mãe fez minha fantasia com suas próprias mãos. Um vestido azul-escuro cheio de estrelas prateadas, manga curta branca com babados simulando nuvens e sapatilhas pretas com pontinhos azuis simulando estrelas. A fantasia estava linda, e nada a tornaria mais especial do que ser feita por minha mãe.

O dia da festa havia chegado. Coloquei a fantasia e minha mãe me levou a escola.

Assim que minha mãe foi embora, entrei na escola, logo me deparei com várias e várias crianças de diversas séries lá.

- Vamos Lua, não é tão ruim - Eu cochichava para mim mesma

Fui até a mesa onde estavam os salgadinhos, peguei um pratinho e sentei em um cantinho. Eles estavam uma delícia.

Quando eu finalmente parei de me deliciar com meus salgadinhos e decidi prestar atenção no que acontecia em volta, percebi que alguém (Não sabia se era um menino ou uma menina) vinha em minha direção. Esse alguém usava uma fantasia que me chamou muito a atenção, então eu só continuava a observar


Notas Finais


Então pessoal, realmente espero que tenham gostado
Novamente: Aceito críticas construtivas
Até o próximo cap :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...