História Estrelas sem fim - Capítulo 256


Escrita por: e MyuriMika

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Aventura, Hentai, Overlod, Romance
Visualizações 22
Palavras 2.328
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ecchi, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, Luta, Magia, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Seinen, Survival, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 256 - Visita de maria



Zaatar observou as pernas metalicas da aranha desmontadas como se fossem parte de um lego, cada junta das pernas eram manipuladas por uma esfera que era uma tecnologia única que tinha em cada uma das oito patas, nanyl desmontou uma por uma como um psicopata enquanto partes do seu titã estavam estiradas por todos os lados, mantendo apenas um esqueleto metalico fino com algumas serras que saia suportadas em braços finos e eram alimitandas pelo núcleo em sua citura

A defesa daquele titã era enorme, zaatar ficou incrédulo com o trabaho que aquela aranha teve para lidar com aquele baixinho que passava pelo seu corpo atacando seus braços e pernas um por um, sempre que a aranha o atingia com as patas o titã se levantava, novamente e novamente, a lataria foi desenhada de uma forma que absorvia o impacto fazendo com que o dano no esqueleto metalico e no núcleo no peito fosse muito menor, sem falar que a velocidade deste pequeno não era pouca, nanyl usava láminas e serras nas partes mais sensíveis, criando um pesadelo para o titã que não conseguia se livrar daquele carrapato

O verdadeiro núcleo estava abaixo na cintura, era parecido com um tijogo conectado a varios cabos, nanyl fez uma esfera exagerada no peito querendo passar a impressão que aquele era o núcleo, e a aranha atacou, mas atacou muito aquele lugar enquanto parecia frustrada sempre que o titã levantava, e assim que nanyl arrancou perna por perna e estudou esfera por esfera as vendo derreter ela foi para o centro daquela maquina 

O titã usou o braço que ainda tinha, aproveitando que a aranha não poderia se mover e começou a se auto encaixar novamente, pegando as peças que foram desacopladas devido aos golpes contundentes de mais cedo, no final, toda a lataria do peito que foi removida do braço e da barriga se tornou um enorme e fino escudo torre com duas camadas enquanto as pernas e a cintura foram fortalecida, a cabeça estava um enorme amasso fundo mas ainda funcionava

O titã se aproximou com um guerreiro segurando um escudo torre, indo para frente enquanto aguentava a torrente de chamas que lambiam a lataria que começou a escurecer, ao mesmo tempo que vários braços mecanicos e finos sairam por baixo da cintura e começaram a invadir a maquina 

O som de cabos sendo rompidos, metal sendo rasgado combinou com o som do metal sendo queimado, até que aquele som familiar na outra luta foi ouvido e o gás saiu entrando em combustão, fazendo com que uma pequena explosão interna acontece-se dentro da aranha que parou de funcionar

Nanyl não conseguiu adquirir a tecnologia interna por conta disso, ela só conseguiu roubar a tecnologia dos movimentos das patas, quando seu titã se moveu novamente era completamente diferente de quando entrou, era como ver um esqueleto humano feito a dedo, porém, de aparecencia muito mais resistente, as ligas do esqueleto eram duras, porém, revestidas com borrachas macias no lado externo, foi um trabalho tão meticuloso e bonito que zaatar observou com olhos brilhantes por vários segundos

Ela largou o escudo torre, que agora era uma liga completamente derretida, e seus dois braços cairam por conta das ligas que não aguentaram o calor, ela olhou para cima e assim que seu nome saiu como vitorioso  nanyl removeu o olho direito e apertou seu olho azul e, de repente, o corpo de metal começou a derreter 

O olho despejou um acido branco no corpo e tudo abaixo lentamente começou a se dissolver, deixando no final apenas uma poça branca do que um dia foi um titã

Nanyl nunca chegou em primeiro lugar nos dias anteriores, até hoje 

Todos os candidatos perderam uma partida enquanto ela foi a única que ganhou duas, o primeiro lugar já era garantida e as apostas feitas antes do campeonato começaram a vir a tona, zaatar pode ver varias pessoas furiosas enquanto 3 unidades apareceram na casa do milhão, aumentando a quantidade de cristais magico em 3 milhões 

Nada podia ser feito, afinal, várias pessoas apostaram em nanyl, percebendo algo errado, aparentemente eles pararam de subestimar os lenis depois que ele venceu riou, nanyl e Teresa voltaram para sala de observação e eles começaram a conversar por um tempo enquanto ele pegava o pivete que estava zangado e colocava em seu colo 

"Porque essa raiva? Vamos ver.. e se eu tocar aqui?" - zaatar disse fazendo nanyl se soltar e mostrar um rosto mimado

"Aquela vadia fez a aranha entrar em combustão de propósito quando viu que eu iria invadir sua caixa central, hm~  vai precisar morder aqui para me fazer me acalmar agora" - zaatar riu enquanto sua boca mordia o lóbulo da orelha de nanyl que pareceu ficar a vontade, ela gostava de ser tratada bem quando ganhava, e além de receber cafuné, exigia um abraço confortavel

Teresa olhava para baixo com rancor enquanto falava:

"Eles vão fazer algo"

"O que quer dizer?"

"Eles sentiram seu valor caindo agora, se nanyl vencer o campeonato de tecnologia o valor deles como sábios vão decair em 2/3 aos olhos das familias, e eles vão querer lidar com nanyl amanhã, eles vão pensar em alguma forma de burlar as regras" - Zaatar não se preocupou muito, depois de alguns segundos ele disse decidindo testar sua teoria

"Se mesmo depois de tudo que a consciencia planar me disse e mostrou realmente permitir isso, só significa que ela é imparcial e corrupta e não se importa com o progresso desse mundo, o que eu duvido, ela diz defender o progresso então... se ela não permitir uma competitividade justa está apenas sendo hipocrita consigo mesmo e não sera muito diferente dos deuses" - zaatar descobriu algumas maneiras de como lidar com aquele individuo 

1- sempre que o assunto era ele, essa coisa conseguia destinguir o que foi falado e com foi falado, por isso ele usou a palavra consciencia planar, e principalmente a palavra deuses

2- Essa coisa não tem sentimentos ao proximo, mas seus sentimentos consigo mesmo, como orgulho, amor e odio, são enormes, por isso ele usou algo que saiu da propria boca da consciencia planar para ela não achar suas palavras um insulto 

3- A consciencia planar era como uma criança mimada, e se ver algo que quer ou algo benéfico ela vai fazer o possivel para conseguir, e quando suas palavras alcançaram o "progresso do mundo" serviu de motivação e ao mesmo tempo que birra ao ser comparado com os deuses, agora provavelmente ela vai pensar em algum metodo para fazer Teresa e os sábios competirem entre si e se melhorarem melhorando o futuro do planeta

Essa coisa pensava no bem dela mesma e se as pessoas do seu lado progredissem, seria positivo para ela, zaatar não ficaria completamente a mercê da consciencia planar, nas poucas derrotas que sofreu para essa coisa tanto quando ela o enganou não dando o corpo de riou ou a alma e sim as memorias e uma espada, ele percebeu como lidar com essa coisa 

Ela age muito nas entrelinhas e dá o que vocês combinaram e não dá ao mesmo tempo, a consciencia planar precisa das pessoas, e as pessoas da consciencia planar, é uma relação em conjunto ao mesmo tempo que a consciencia planar se acha superior as pessoas, o que não é uma mentira

Enquanto eles conversavam foi exatamente como zaatar esperou que fosse, sua frase desencadeou o alarme e orgulho daquela coisa e sua presença se manifestou brutalmente na area dos sábios ao ponto de todas as vozes das salas pessoais e das alas dos espectadores ficarem em silencio

"Basta sabermos usar as palavras que em problemas assim a situação pode ser resolvida, como Teresa e os lords não perceberam isso ainda? A consciencia planar é como um adm de um server super chato" - enquanto eles conversavam sobre amanhã eles ouviram varias batidas na porta e Teresa deu permissão para saji que abriu fazendo com que varios jovens entra-sem na sala, zaatar achou que era maria pois eles estavam esperando por ela 

Cada um com um manto azul e com um emblema colorido e estranho no peito passaram pela porta, eles entraram como se fossem os reis do mundo e nem sequer pediram permissão e se sentaram nas cadeiras, fazendo o rosto de todos ficar levemente contorcidos, o jovem do centro que aparentemente era o lider, era um rapaz de oculos ele ignorou Teresa depois de bater em seu brasão, provavelmente falando que se ela fizer algo vai receber a furia da sua familia e olhou para nanyl e estalou os dedos enquanto outro jovem se levantava e entregava um pergaminho 

"Te ofereço isso para vir comigo agora" - nanyl abriu o pergaminho e seus olhos ficaram engraçados, ela lentamente cortou o contrato ao meio fez uma bolinha de papel e jogou no jovem fazendo seu rosto ficar irritado 

"O que esse cara tem que eu não tenho? Eu posso te tornar o melhor sábio em 10 anos e te dar segurança" - zaatar até segurou o ar pois o pivete vai começar a falar sem escrupulos, nanyl odiava pessoas que andavam com o nariz empinado assim

"Que tal educação? Você não mostrou respeito ou educação aqui mesmo diante de uma potência do sétimo escalão, sua voz é desagradavel e eu odeio homens que se acham o centro do mundo, só pela forma como seus subordinados olham para você mostra o quão horrivel você é como lider e o quão ruim você é como pessoa, mesmo que eu aceita-se isso você iria me substituir assim que um sábio melhor aparece-se, você pode sair daqui? Sua presença é desagradavel e seu corpo fede, e quem te deu permissão para sentar nos acentos? Você contaminou ele com sua bunda desagradavel, me pergunto se sua familia não te ensinou etiqueta e são incompetentes demais para te ensinar a respeitar os outros" - nanyl não poupava palavras, esse cara provavelmente nunca foi insultado assim em toda sua vida fazendo seu rosto antes composto e atencioso agora estar contorcido 

Da mesma forma que ele entrou ele saiu ignorando a todos como se não existi-sem e zaatar pode ver Teresa rindo como um demonio do outro lado, foi rápido e organizado, porém, ele pode ver a pitada de odio no jovem, todos olharam para porta e para os bancos em seguida 

"Eles simplesmente entraram, escutaram o maior sarrafo de suas vidas e foram embora, de qual casa ele veio? E porque essa atitude?"

"Familia arisma, eles sofreram uma perca enorme nas apostas e estão fazendo o possivel para recuperar as pernas, fortalecendo os concorrentes nobres, a familia arisma é uma das familias mais ricas do continente central e fazem parte da.. digamos.. "Realeza", mas a perca que eles sofreram aqui... foi enorme zaatar, chegou a uma quantia exorbitante de recursos e mesmo se eles recuperarem parte da divida, ainda assim terão de vender 4/10 de suas terras para pagar o buraco que sofreram aqui" - Teresa falava enquanto parecia feliz 

Uma aposta que deu errado pode mudar todo o cenário de uma familia e organização, por isso é muito visitado, há várias famiias poderosas que somem do dia para noite devido a jogos de sorte como esse torneio 

"Eu preciso remodelar o desenho para amanhã, descobri coisas interessantes hoje" - nanyl falava enquanto se sentava com as garotas e tirava uma placa de metal, aparentemente era algum tipo de material usado para desenhar os modelos de titãs

Depois de mais 20 minutos maria apareceu e atrás dela tinha duas damas adultas e um bebê parecidas com Ellen, elas tinham vestidos azuis e observavam tudo com curiosidade, maria comprimentou Teresa e reconheceu saji, ela a pegou nos braços e abraçou com carinho enquanto se sentava com ela em seu colo 

Teresa sorriu enquanto se levantou e começou a apresentar para todos, ela apresentou ele e as garotas e depois disse:

"Essa é sua tia maria e essas são suas primas Eleonor, Sora, e Porin" - todas elas pareciam clones iguais de rosto, praticamente cópias de Teresa e Maria, era surpreendente, zaatar olhou para elas e comprimentou normalmente 

"Prazer em conhece-las, e prazer em te ver maria" - essas pessoas o observaram por vários segundos, provavelmente se perguntando se ele era da familia mesmo, devido a sua aparencia excentrica, se não fosse pelo seu rosto que tinha a forma igual a Ellen, zaatar poderia ser acusado de ser adotado

"Nós viemos apenas agora mas vimos sua luta com riou, na verdade, a queda de riou foi transmitida até no anel externo, durante um tempo a queda do glorioso usario dos sóis sagrados será lembrada por alguns dias" - zaatar sentiu um arrepio nas costas enquanto o olhar das suas primas mais velhas caiam em seu corpo, o fazendo ficar um pouco desconfortavel, zaatar olhou para a menor que estava no braço de uma das mais velhas, ela parecia ter 3 a 4 anos

E seus olhos eram bem calmos

"Essa é eleonor?" - zaatar perguntou enquanto a jovem a colocava no chão e ela ia até ele com os braços erguidos e andando com as pernas letargicas 

"Sim, eleonor nasceu 3 anos atrás, usamos o mesmo método que ellen usou em você" - zaatar pegou eleonou com os braços e a ajeitou em seu colo, a garota se espremeu em seu peito e ficou quieta 

Nenhum nervosismo


Nenhum sinal de querer chorar


Respiração calma, zaatar olhou para o bebe com um olhar suspeito enquanto sentia os olhares increduos das três 

"Eleonor é muito interessante" - zaatar disse fazendo as duas mais velhas se olharam parecendo confusas

"Sim, geralmente ela é chorona e não aceita colo de estranhos" - Zaatar colocou eleonor mais perto no seu colo e começou a conhecer melhor seus familiares e a situação da sua familia enquanto sentia as mãos pequenas no bebe apertando sua camisa


Por algum motivo... zaatar achou que já viu essa criança antes, seus olhos eram um tanto.. familiares



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...