História Estudo do Apocalipse - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Bíblia, Cristo, Estudo, Jesus, Revelaçoes
Visualizações 6
Palavras 656
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Qualquer dúvida ou querendo um atendimento pode deixar nos comentários ou em mensagem privada para o meu perfil que eu responderei. Não precisa ter vergonha, pode perguntar. Sobre a vida espiritual, orações por você, família, amigos, etc., sobre a Bíblia, enfim, eu estou aqui pra te ajudar.

Capítulo 13 - A Abertura do Segundo Selo (O Cavaleiro do Cavalo Vermelho)


Fanfic / Fanfiction Estudo do Apocalipse - Capítulo 13 - A Abertura do Segundo Selo (O Cavaleiro do Cavalo Vermelho)

Quando abriu o segundo selo, ouvi o segundo ser vivente dizendo: Vem! E saiu outro cavalo, vermelho; e ao seu cavaleiro, foi-lhe dado tirar a paz da terra para que os homens se matassem uns aos outros; também lhe foi dada uma grande espada.” (Apocalipse 6.3,4)

Convém lembrar que há uma relação entre os quatro primeiros selos e os quatro cavaleiros sobre quatro cavalos, os quais seguem uma sequência de destruição logo após o surgimento do primeiro cavaleiro.

O anticristo vai conquistando a mente da humanidade com o engano religioso, além das doutrinas diabólicas que os seus subordinados espalham nas igrejas evangélicas de um modo geral. Esta é a principal característica do primeiro selo: destruição branca, inquisição branca em nome da paz. As universidades comprometidas com a Babilônia têm preparado jovens para servirem aos seus propósitos. É claro que nem todos os jovens são escolhidos, mas só aqueles que têm manifestado uma fé maior na religião, que se diz dominante, do que no próprio Deus. Eles são futuros candidatos a prefeitos; governadores; presidentes; ministros; juízes; desembargadores; enfim, gente que pretende decidir o futuro das pessoas de acordo com a vontade da Babilônia.

A abertura do segundo selo faz surgir o segundo cavaleiro, mas desta vez montado em um cavalo vermelho: “E saiu outro cavalo, vermelho; e ao seu cavaleiro, foi-lhe dado tirar a paz da terra para que os homens se matassem uns aos outros; também lhe foi dada uma grande espada” (Apocalipse 6.4).

O Senhor Jesus profetizou, dizendo: “...Vede que ninguém vos engane. Muitos virão em meu nome, dizendo: Sou eu; e enganarão a muitos” (Marcos 13.5,6). Ele Se refere ao anticristo, que enganará a muitos, usando o pretexto da paz. É o cavaleiro do cavalo branco.

Em seguida, o Senhor disse: “Quando, porém, ouvirdes falar de guerras e rumores de guerras, não vos assusteis; é necessário assim acontecer, mas ainda não é o fim” (Marcos 13.7).

Estas são manifestações do cavaleiro do cavalo vermelho: guerras. Também os Evangelhos de Mateus e Lucas registram estas mesmas profecias, referindo-se ao período da Grande Tribulação. Não devemos perder de vista o fato de que o Senhor Jesus dirigiu Suas palavras proféticas a Israel, e não à Sua Igreja.

Nós já tivemos muitas guerras, que mataram quase cem milhões de pessoas, mas a manifestação deste cavaleiro do cavalo vermelho surtirá um efeito catastrófico, jamais ocorrido até então, pois para isto lhe foi dada autoridade. O próprio Senhor Jesus co-menta sobre isso, dizendo:

porque nesse tempo haverá grande tribulação, como desde o princípio do mundo até agora não tem havido e nem haverá jamais. Não tivessem aqueles dias sido abreviados, ninguém seria salvo; mas, por causa dos escolhidos, tais dias serão abreviados.” (Mateus 24.21,22)

A descrição dos selos é apenas superficial, em contraste com os capítulos subsequentes. A pessoa do anticristo e as terríveis guerras mundiais, por exemplo, são descritas com maiores detalhes. Este segundo cavaleiro sobre o cavalo vermelho tem três características:

1) “E saiu outro cavalo, vermelho; e ao seu cavaleiro, foi-lhe dado tirar a paz da terra...” – significa que a Terra estará em conflitos permanentemente.

2) “…para que os homens se matassem uns aos outros…” – significa dizer que a vida humana não terá nenhum valor, pois qualquer motivo, por menor que seja, será suficiente para as pessoas se matarem umas às outras. Os assassinatos serão corriqueiros em todos os lugares. Não haverá segurança para ninguém.

3) “...também lhe foi dada uma grande espada.” – esta grande espada se refere às armas nucleares que, uma vez detonadas, farão desaparecer os vencedores e vencidos. Quão terrível será o quadro da humanidade aqui na Terra, após o arrebatamento! Resta saber se o amigo leitor também será arrebatado ou ficará aqui, para passar pela Grande Tribulação.

O seu futuro será decidido exclusivamente por você! Depende apenas da sua escolha. Se você aceita o Senhor Jesus como Senhor e Salvador, e vive na prática da Sua Palavra, então será arrebatado. Do contrário, vai conferir as palavras proféticas do Apocalipse. O que não será nada bom.


Notas Finais


Comentem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...