1. Spirit Fanfics >
  2. Eternal >
  3. Cipher 2

História Eternal - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Está um pouco difícil encontrar criatividade para essa fanfic, mais estou conseguindo, espero que gostem😘

Capítulo 2 - Cipher 2


Fanfic / Fanfiction Eternal - Capítulo 2 - Cipher 2

ou senão e o seu fim-ela sentia a respiração do maior em seu pescoço, nesse momento ela sente um arrepio correr todo seu corpo

            Luna-p_pode me soltar a_agora
           

Agora

Ele me solta vagarosamente, eu me Viro para o mesmo Procurando algo em seu olhar, talvez um sentimento, não sei, só sei  que estava totalmente perdida naquele oceano confuso que era seu olhar.


          Luna- Você não entende, nunca vai entender, como pode mudar tanto, onde está aquele taehyung doce, que eu conheci quando éramos pequenos? -falei simplista


            Taehyung- As coisas mudam Luna, tente entender isso, o seu povo precisa de você, não decepcione eles-ele fala desviando o olhar, para um canto e parece pensar em algo - logo você estará casada e eu não terei mais utilidade aqui, e então se verá livre de mim, não estarei mais aqui para tirar sua paciência - ele parecia triste quando terminou suas palavras,e enquanto a mim? Ele não pensa em como eu me sinto

              Luna-Então e isso que você acha que eu penso, o que há de errado, eu nunca desejei isso, eu não quero casar forçada, eu quero casar por amor-algumas lágrimas caem, e ele volta a olhar pra mim-será que você não vê? - ele passa a mão em meu rosto, limpando as lágrimas que insistiam em cair

              Taehyung - Então me diga o que é?  - ele me olhava de forma desesperada, tentando me acalmar - logo ouvimos alguém chamar, seco rápido minhas lágrimas, e o taehyung se afasta - Meu rei - ele faz reverência ao meu pai

      Rei-luna minha filha querida - ele se aproxima e da um beijo em minha testa-estava chorando filha? - ele pergunta confuso

                Luna-n_não pai está tudo bem-digo tentando controlar minha voz

                Rei-uhum já sei estas nervosa com o casamento, não se preocupe filha, hoje mesmo acontecerá um baile de boas vindas  a seu futuro marido, Príncipe jimin do Reino do Gradara-olho disfarçadamente pro taehyung que se encontrava de cabeça baixa ouvindo as palavras de meu pai -comandante- meu pai o chama

                Taehyung -sim meu rei-se aproxima

                 Rei - mande reforçar a Guarda, quero você é seus homens mais confiáveis na sala do trono

                  Taehyung - farei isso senhor -antes de ir, ele lança um último olhar em minha direção, sorrio para o mesmo, e ele sai

    Rei-filha você precisa esta deslumbrante quando ele chegar, então comece a se preparar agora, as servas irão te ajudar, tenho que ir filha resolver alguns assuntos importantes - ele dita as suas últimas palavras e sai, me deixando ali sozinha




Quebra de tempo

Pensamento on


       Isso é tão sem sentido, falo para mim mesma enquanto as servas me ajudavam a me arrumar, tudo por causa de uma maldita aliança entre famílias, penso totalmente enfurecida por não poder eu mesma tomar as rédeas de minha vida


            Serva-senhora está de seu agrado? -a serva fala me dando o espelho para me olhar


            Luna-sim está perfeito obrigado -alguém bate a porta de meu quarto


          .... - luna, está pronta? Todos a esperam-uma voz masculina dita do lado de fora de meus aposentos


                 Lina-sim, aguarde um minuto-naquele momento tudo que me restava era aceitar meu destino, apenas queria que minha mãe estivesse aqui,ela saberia o que fazer, mais como não está, não adianta ficar me lamentando, levanto calmante com meu vestido vermelho de detalhes dourados e ombros amostra(foto da capa) vou até a porta e a abro,  deslumbrado a linda decoração do Palácio que eram Rosas vermelhas, seu perfume exalava por todo aquele anexo, se encontrava rosas por todo o lado, vejo jungkook um dos soldados e grande amigo de taehyung se aproximar 


               Jungkook-O rei a espera princesa


            Luna-se eu soubesse que era você teria deixado entrar-lanço para o mesmo um sorriso fraco, ele parece perceber meu desânimo

       Jungkook -O que ouve Luna? Não está feliz?E o seu grande dia - ele fala tentando me animar, o que era impossível

            Luna-O grande dia que irei me juntar a alguém que nem sequer conheço -falo num tom de ironia 

             Jungkook-A pessoa que te ama não pode lhe ter-ele fala baixo quase inaudível

              Luna-o que disse? -falo confusa

            Jungkook- Nada, vamos melhor não deixar seu noivo esperando - faço uma cara emburrada , mais logo o sigo.

            A cada passo que dava pensava em como seria minha vida sem taehyung, sem suas ironias, sem suas broncas, s_sem sua voz, será que é muito tarde para sair correndo por entre esses corredores? Não ,eu seria uma péssima rainha, decepcionaria meu pai e todo meu povo, mais e idai se tratava da minha felicidade, minha cabeça dava voltas e mais voltas, até que sou tirada de meus pensamentos

      Jungkook-luna, está ai? - ele fala estalando os dedos em minha direção - já chegamos -seu tom era mais baixo para não chamar muita atenção -irei abrir, Boa sorte-ele abre a porta dourada, assim revelando todos os convidados, meu pai no Centro junto com um belo jovem que julgo ser jimin e seus pais ao seu lado, do outro lado de meu pai se encontrava ele, o motivo de minhas dúvidas, razão pela qual eu gostaria de largar tudo, estava mais lindo do que nunca

               Luna-vamos Luna, você consegue -adentro a grande sala, e sinto a porta se fechando atrás de mim, vou na direção de meu pai


              Rei-luna,  aqui conheça jimin Príncipe de Gradara e seu futuro marido  -dou um sorriso fraco( foto da capa )para disfarçar a minha reprovação


                Jimin- Devo dizer meu senhor a sua filha e linda-ele fala me lançando um sorriso malicioso


                Rei-sim puxou a beleza da mãe


             Luna- Não precisam agir como se eu não estivesse aqui - falo totalmente enjoada com aquela situação


              Rei-luna seja gentil minha filha-seu tom de voz muda ele me lança um olhar de reprovação


              Jimin- Parece que ela puxou a teimosia também - ele solta um riso fraco


               Luna- Pelo menos eu não sou uma pessoa totalmente arrogante, e sem um pingo de respeito -sorrio fraco pra ele, que logo muda sua expressão e fica sério, nem ligo e saio andando para falar com os convidados, já que ainda não era a hora do casamento, a visto minhas melhores amigas jennie e jisso e vou até elas, enquanto ouço uma voz me chamar ignorando completamente


              Rei-volte aqui Luna

              Jimin - tudo bem eu sei que vai demorar um tempo até ela se acostumar, e claro também sei domar pessoas como ela, não se preocupe - fala e toma um gole do vinho, da taça que estava em sua mão


            Jennie-luna como está? -ela me abraça, e logo depois eu abraço jisso-sinto muito imagino como essa situação deve ser difícil pra você -elas sabiam de minha estória e meu sentimento pelo taehyung

             Jisso- se precisar de algo, pode contar com nós duas, estaremos sempre ao seu lado

             Luna- a única coisa que eu adoraria fazer e fugir dessa coja de mentiras, fugir daqui pra bem longe

              Jisso-Acho melhor você não falar isso muito alto, seu pai nunca lhe perdoaria

             Luna- e eu sei, bom se não se importam preciso ficar sozinha por um momento


              Jennie-claro vai lá, se precisar e so chamar - sorrio para elas é vou até um pequeno terraço, para me afastar daquele barulho e ouvir meus próprios pensamentos  e também pensar no que fazer, eu observava as estrelas encostada na parede com os braços cruzados


              Luna- Nunca poderei dizer que te amo, se você soubesse -olho triste a lua, o  feixe de luz da mesma iluminava aquela pequena varanda  sem perceber uma lágrima cai De meu rosto-nem mesmo você querida e  doce lua tem pena de meus sentimentos? Me ajude, estou desesperada- digo  já  com a voz embargada


             Taehyung - Se quem soubesse o que? -sinto sua voz doce e rouca invadir o meu espaço, meu coração falta saltar de tanta alegria e tristeza ao mesmo tempo-que você me ama como eu te amo-


          Ele disse, sim ele disse as palavras que tanto esperava ouvir, e agora que as ouvi estou paralisada olhando para ele, não consigo dizer nada, o que eu poderia dizer, o que eu poderia sentir naquele momento? .......

 

 

 

Continua........ 
             

             

           
               
  
             


Notas Finais


Opa terminou, espero que tenham gostado,bom até o próximo, tentarei da o máximo de minha criativade💜😉e perdoem os erros


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...