1. Spirit Fanfics >
  2. ETERNAL (jikook kookmin) >
  3. Sim, eu vou (17)

História ETERNAL (jikook kookmin) - Capítulo 17


Escrita por:


Notas do Autor


Oii

Capítulo 17 - Sim, eu vou (17)


Fanfic / Fanfiction ETERNAL (jikook kookmin) - Capítulo 17 - Sim, eu vou (17)

__ Não mãe , eu não vou tirar .

Ao ouvir a resposta de jungkook Helena arregalou os olhos em puro choque afinal jungkook nunca foi contra uma ordem sua .

__ O que ?
Perguntou mesmo sabendo que havia ouvido muito bem , mas precisava ter certeza que seu filho não estaria a desafiando daquela forma.
__ Mãe , não tem nada de mais nessa blusa , não precisa brigar por favor .
Pediu com os olhos arregalados porque teve coragem para ir contra sua mãe , mas isso não significa que foi algo fácil , nunca seria .
__ Essa blusa é ridícula , você parece um desses meninos que andam soltos pelas ruas .
Rebateu e Heitor quis revirar os olhos.
__ Essa discussão é ridícula , O jungkook está ótimo e é assim que ele vai Helena.
Disse com firmeza então jungkook foi até a sua mãe ainda um pouco amedrontado e a abraçou se despedindo.
__ Que horas você vai voltar ? , Não se esqueça que tem aula amanhã jungkook.
O alterou com um semblante nada bom , e jungkook se sentiu culpado.
__ Tchau Helena .
Heitor falou puxando o filho para fora , mas de repente parou e olhou para a mulher.
__ Amanhã de manhã vou vim buscar a Lim pra passar o dia comigo .
Dito isto deixou a casa .

Já fora de casa jungkook respirou fundo tentando manter a mente em ordem , a sua vontade era de voltar correndo para casa e pedir perdão por ter desrespeitado a mãe , mas sabia que se fizesse isso colocaria toda a sua vontade de mudança a perder , por esse motivo balançou a cabeça e encarou o pai.

__ para onde nós vamos?
Perguntou juntando as mãos frete ao corpo como faz todas as vezes que se sente desconfortável.
__ Olha filho quando eu tinha a sua idade já tinha um filho e esposa , eu queria que meu pai tivesse conversado comigo sabe , tivesse me explicado coisas da vida , tivesse me aberto opções , mas infelizmente eu aprendi sozinho e errando muito , muito mesmo , mas eu quero te dar opções , mas você não precisa se sentir obrigado a nada .
Falou e jungkook continuo o encarando sem entender nada do que o homem dizia afinal só havia perguntado onde iriam.
__ Vou te levar em um lugar onde apenas homens adultos vão .
Respondeu e jungkook se deu conta do caminho pelo qual estavam passando.

No minuto seguinte os olhos de Jungkook se arregalaram .

__ Nós vamos aquele lugar ?, Mas... A minha mãe vai me matar.
Falou levando as mãos até a cabeça.
__ Esqueça sua mãe por algumas horas , lá você vai ser uma adulto que decide o que quer fazer , beber se quiser , e se quiser ir para um dos quartos pode também .
O homem falou levando a mão até o bolso.
__ Se precisar use isso , não se esqueça por favor , você está muito novo para ser pai , além das doenças sexualmente transmissíveis.
Heitor falou com naturalidade mas jungkook quis enfiar as cabeça na terra de tanta vergonha que sentiu.
__ Mas .. eu nunca fiz isso .
Murmurou envergonhado enquanto guardava as camisinhas em seu bolso.
__ Pra tudo tem uma primeira vez , e não se preocupe elas são profissionais , mas como eu disse antes você não é obrigado a fazer nada se não quiser .

Quando ambos se deram conta estavam frete ao local então entraram sem muito problema , logo na chegada jungkook engoliu em seco o lugar estava bastante agitado , haviam muitas mesas , ele e Heitor se sentaram em uma , o garoto passou olhar para todos os lados , e haviam garotas semi nua por todos os lugares , no centro do salão havia uma barra de ferro onde uma mulher dançava de maneira Sexy .

Os olhos do garoto estavam virados nela .

Heitor logo pediu uma bebida e jungkook disse que o acompanharia mas o homem preferiu pedir para o seu filho algo menos forte .

Jungkook começou a beber , estava feliz em estar ali , se sentia um homem feito , mas seus olhos voltaram a se arregalar quando uma mulher se sentou no colo de seu pai .
A mulher não estava sendo nada discreta , e seu pai não pareceu se importar com sua presença já que trocaram beijos bastante explícitos.

O rosto do garoto ficou extremamente vermelho e até pensou em como sua mãe se sentiria vendo aquela sena.

__ Quem é esse ?
A mulher perguntou olhando para jungkook.
__ esse é o meu filho , você tem alguma garota ? , Meu filho é um pouco inexperiente seria melhor ter uma garota da sua faxa de idade , maior de idade é claro .
Falou e a mulher levou a mão até os cabelos de jungkook em seguida se levantou dizendo que voltaria com a garoto , e não mentiu cenca de cinco minutos voltou .

__ Ela será sua acompanhante hoje .
Explicou então seu pai se levantou.
__ Já que você está acompanhando eu vou dar uma subida .
Falou apontando para o andar de cima e jungkook quis dizer que não gostaria de ficar sem ele , mas se sentiu envergonhado e apenas assintiu e logo seu pai sumiu de suas vistas .

Bastante nervoso jungkook olhou para a garota e sorriu sem jeito , a mulher por sua vez se sentou no colo do garoto , jungkook não soube o que fazer com as mãos.

__ Não precisa ficar nervoso , como você se chama ?
Perguntou deixando um selar ao lado de sua boca o que o fez arfar surpreso.
__ Eu me chamo jungkook .
Disse com os olhos arregalados.
__ e ... Como é o seu nome?
Perguntou levando a mão até a cintura da garota , precisava tentar , precisava saber qual a sensação.
__ Eu me chamo Hana .
Disse sorrindo então passou a beijar o pescoço de jungkook que fechou os olhos com força , por mais que estivesse nervoso aquilo não deixava de ser muito bom.
__ É um prazer Hana .
Murmurou entre arfares.
__ Prazer ainda não , mas ...
A mulher se colocou de pé e estendeu a mão na direção do garoto.
__ Vamos para o quarto? , Lá podemos ficar mais avontade .
Disse sorrindo.

Jungkook arregalou os olhos.

__ Não se preocupe , eu vou cuidar bem de você , vamos ?
Perguntou novamente.
__ sim ... Eu vou .


...


Notas Finais


Me deixe saber o que vocês estão achando?!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...