História Eternamente ao Seu Lado - Kim Namjoon - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Booboo Stewart, Dylan O'Brien, EXO, Kaya Scodelario, Sofia Carson
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Desejos, Drama, Kim Namjoon, Mistério, Sofia Carson, Vampiro
Visualizações 76
Palavras 331
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Slash, Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá 💙

Capítulo 17 - Tropeçar e Desespero


Fanfic / Fanfiction Eternamente ao Seu Lado - Kim Namjoon - Capítulo 17 - Tropeçar e Desespero

Dores e incômodos eram o que não faltavam em mim. Arrancar os tubos enfiados na minha veia talvez não tenha sido boa ideia, mas valia a pena tentar. Afinal, a vida de Namjoon corria em perigo por minha causa e eu não podia deixa-los se matarem.


Vesti as roupas rapidamente, tentando ao máximo ignorar as dores e sensações de desmaio que poderia acontecer a qualquer momento. Saí do quarto sem ser notada pelos enfermeiros que passavam e tentando passar por médica ao vestir um jaleco estendido ao lado da cama. Ao sair do local, joguei o jaleco no lixo e corri para o ponto de ônibus mais próximo, um tanto tonta com a quantidade de medicamentos em meu organismo.


Peguei o primeiro ônibus e entreguei algumas notas ao motorista, ignorando suas perguntas sobre se estava bem ou se não queria o troco. Me sentia num lugar afastado, procurando por ar puro na janela do ônibus. Mais algumas paradas e encontro minha casa. Desço tropeçando nos próprios pés e quase deixo as chaves de casa caírem com meu desespero e mãos trêmulas, porém consegui manter foco para encaixa-las na fechadura. Entrei, jogando minha bolsa em cima da bancada e quase caindo ao adentrar no quarto. Sem notar, abro a torneira da banheira com uma velocidade desesperada e arranco as peças do meu corpo, mergulhando na água quente. Suspiro, e mil pensamentos vieram a minha cabeça.


- Eu preciso acabar com isso...


(...)


Bato na porta repetidas vezes, aguardando inquieta do lado de fora da mansão. Talvez pelo nervosismo ou pela bela quantidade de energético que tomei antes de vir. A porta se abre e Jane surge na entrada com um olhar apreensivo.


- Aconteceu alguma coisa, Angel? O que faz aqui? Não era para estar no hospital?


- Não dá tempo de explicar, Jane! Mas eu preciso falar uma coisa...


- E o que é?


A olhei e ela enxergou o desespero através das minhas pupilas dilatadas e respiração pesada.


- Namjoon foi atrás do Steve e não sei o que fazer...





 


Notas Finais


E aí? O que acharam? O que Jane e Angel vão fazer?? É o que será que Namjoon está aprontando?? Hehe

Conta: @Kim_Soo_in22


Kissus 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...