História Eternamente seu - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Suga
Tags Carta De Amor, Hoseok, Yoongi, Yoonseok
Visualizações 33
Palavras 676
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, LGBT, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Aproveitem

Capítulo 1 - Um


Querido Hoseok,

Essa pode ser uma das formas mais clichês de declarar o meu amor por você, mas é uma declaração única, uma forma de demostrar que eu te amo verdadeiramente e mesmo que todo esse tempo que eu estou ao seu lado eu não mostre com ações que eu te amo, nessa carta vão estar todos os meus sentimentos por você, até os mais profundos.

Nós realmente não nos conhecemos com o pé direito, me lembro nitidamente do fatídico dia, era uma tarde de clima agradável, nem tão quente, nem tão frio com uma leve brisa, nós estavamos em um parque perto de nossas casas, você estava tão lindo, –você é lindo todos os dias, mas aquele em especial é inesquecível– você estava na companhia de Mickey e eu sozinho, você estava brincando com o frisbee, quando ele acertou na minha nuca, eu lembro de ter ficado possesso, nunca fiquei tão bravo em minha pacata vida, você veio correndo em minha direção pedindo desculpas desde onde você estava. Ai ai ai, eu realmente me segurei para não te xingar, na hora eu estava tão bravo que deixei falando sozinho e segui direto para casa.

Claramente houve outros encontros desagradáveis conosco, só que foram tão desinteressantes para mim que eu nem lembro do que aconteceu, depois de um tempo nós começamos a conversar como pessoas decentes, e acabou que nós viramos amigos e algum tempo depois me descobri apaixonado por você, na época eu não sabia que você era gay então escondi a minha paixão dentro de um cofre localizado no meu coração, tempos depois você revelou que era gay eu fiquei muito alegre, só que ainda havia um receio de amor que eu sentia por você não ser recíproco, foi aí que eu me surpreendi, em uma tarde chuvosa você apareceu encharcado na porta da minha casa falando que tinha algo sério para me contar, na hora eu fiquei tenso, esperei você se enxugar, só que no momento que era pra você falar você ficou calado, e me deu o famoso beijo desentupidor de pia, foi tão cheio de sentimento, meu coração parou de funcionar, meu corpo ficou em choque, mas logo depois tudo voltou ao seu devido funcionamento e eu retribui em segido, você parecia ter ficado surpreso, mas continuou a me beijar, ficamos o resto da tarde e da noite nós ficamos abraçados no sofá trocando carícias.

Há algo que eu fico com vergonha de citar que foi a nossa primeira vez, me recordo de cada expressão, cada gota de suor e o amor que transpiravam pelos nossos poros, foi um grande avanço no nosso relacionamento, firmavamos cada vez mais os nossos sentimentos. Não vou narrar por motivos óbvios.

Mas é aquela seguinte frase:"Nem só de passado vive o homem", tá eu sei qual é o certo mas releva meu amor. Pra falar a verdade eu sempre reparei em você desde o início só que eu não aceitava a realidade, a famosa fase da negação, entretanto isso passou.

Eu simplesmente amo tudo em você desde os cabelos até a sua personalidade alegre que traz meu lado mais bobo, suas madeixas laranjas combinam com seu tom de pele, seu sorriso em formato de coração me fascina causando alguns – le-sê vários – devaneios por dia, suas covinhas aaaaaaaaa, quando eu morrer quero ser enterrada nelas, desculpa pela piadinha, continuando, seus olhos tem um contorno perfeito, Deus deve ter demorado dias para te fazer, é tanta perfeição que eu demoraria meses para escrever cada detalhe e eu não vou escrever muito porque eu estou com preguiça.

Desculpa

Até nessa carta fica difícil demonstrar meu sentimentos, eu a cada dia te amo cada vez mais e com isso fica complicado colocar tudo pra fora de uma vez só, e eu estou com pressa para entregar, vai ser isso mesmo, eu até queria fazer algo bonitinho mas eu já tô perdendo a paciência.

Olha não sabemos o nosso futuro então apenas nos resta aproveitar, não sei se algum dia você vai deixar de me amar, mas tenha sempre uma coisa em mente:

           Eu serei eternamente seu


Remetente: Min Yoongi


Notas Finais


Socorro senhor
Eu demorei muito fazendo isso
Minha mente tem muitos bloqueios de criatividade
Me desculpem por qualquer erro
Se a minha imaginação deixar eu faço um extra longo
~❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...