História Eu, a corte e as princesas - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias A Bela Adormecida, A Bela e a Fera, A Princesa e o Sapo, Alice no País das Maravilhas (Alice in Wonderland), Amor Doce, Barbie, Branca de Neve, Chapeuzinho Vermelho, Charlie e Lola, Cinderela, Clarêncio, O Otimista (Clarence), Elfen Lied, Enrolados, Frozen - Uma Aventura Congelante, Gravity Falls, Hora de Aventura, Malévola (Maleficent), Meninas Super Poderosas (The Powerpuff Girls), Mulan, Scooby Doo, Steven Universe, Ursos sem Curso (We Bare Bears), Valente
Personagens Alexy, Ambre, Ametista, Anna, Armin, Beemo "BMO", Bela (Belle), Belson Noles, Bill Cipher, Blue Diamond, Cake, Canelinha, Castiel, Cebola, Chapeleiro Maluco, Clarêncio, Coelho Branco, Conde de Limãograb, Connie, Creme Azedo, Dakota, Debrah, Dimitry, Docinho, Dona Tromba, Dr. Sorvete, Ele, Elsa, Finn, Fionna, Florzinha, Fortão, Garnet, Gato de Cheshire (Gato Risonho), Greg Universo, Grenda, Hudson Abadder, Jake, Jeff, Kentin, Lady Íris, Lápis Lazuli, Lars, Leão, Lebre de Março, Li, Lindinha, Lucy (Nyu), Lynn, Lysandre, Mabel Pines, Malévola, Marceline, Marshall Lee, Melody, Mérida, Mordomo Menta, Nana, Nathaniel, Peridot, Pérola, Pink Diamond, Prefeito de Townsville, Princesa Abelha, Princesa Amendoim, Princesa Aurora, Princesa Café da Manhã, Princesa Caroço, Princesa De Fogo, Princesa Frozen Yogurt, Princesa Jujuba, Princesa Laurel, Princesa MaisGrana, Princesa Oceano, Princesa Tartaruga, Princess Beautiful, Princess Cookie (character), Principe Chiclete, Príncipe de Fogo, Priya, Professor Faraize, Professor Utônio, Professora Delanay, Rainha Branca, Rainha Gelada, Rainha Vermelha, Rei Gelado, Rosalya, Rose Quartzo, Rubi, Sadie, Safira, Senhora Shermansky, Stanford "Ford" Pines, Stanley "Stan" Pines, Steven Quartzo Universo, Stevonnie, Sumo, Tweedle-Dee, Tweedle-Dum, Urso Panda, Urso Pardo, Urso Polar, Valete de Copas, Violette, Waddles, White Diamond, Yellow diamond
Visualizações 20
Palavras 1.172
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Harem, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Misticismo, Romance e Novela, Sci-Fi, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - Me chame de sua rainha.


Fanfic / Fanfiction Eu, a corte e as princesas - Capítulo 5 - Me chame de sua rainha.

EU, A CORTE E AS PRINCESAS

✧┈┄─╌─╌─┄┈⪧

Quinto capítulo

Me chame de sua rainha

✧┈┄─╌─╌─┄┈⪧

Merida

Seda, decote e jóias num vestido salmão. Da pra acreditar? Ao meu lado Elsa, que vestia um vestido azul prusia com tule brilhante, e claro, também cheia de jóias. Cheirando a poder.

Logo atrás, Anna, usando um belo vestido turquesa rendado com uma longa capa azul petróleo e uma tiara pequena. A princesa usava um colar de diamante com um par de brincos pratas.

Nós éramos as anfitriãs, então nossa entrada foi recebida com muitos aplausos.

Olhei ao redor e pude avistar várias princesas e aos fundos alguns guardas, os que não estavam de folga da sexta, suponho.

O luxo que várias pessoas almejam estão todos só nesse salão. Os luxuosos papéis de parede com fios de ouro, os lindos lustres de cristais, os candelabros às mesas, tudo do melhor pra família real.

Tinha uma guerra lá fora, mas estamos a cortejar em um belo evento de gala.

Com um sorriso ao rosto ao receber os convidados um por um, evitando as familias menos importantes. Bem vindo a farsa.

O salão ficou em pânico ao ouvir o barulho de bombas. Um ataque. Parabéns filhos da puta, festejando as custas de vidas que não são as suas, como sempre.

Todos corriam aos lados e eu sabia o que fazer. Tirei com pressa as jóias, rasgei a seda e tirei a arma debaixo da saia.

Anna e Elsa me olharam perplexas.

Fui ao abate com toda a valentia que corre no meu sangue.

- Afaste-se, majestade. Esse não é o lugar apropriado para você... digo, pra vossa majestade! - Diz um dos guardas.

- Não! Eu cansei de ficar presa no castelo!

- Majestade, somos guardiões. Guardas. Temos que proteger vocês, você não pode ficar aqui!

- Não foi como se eu tivesse pedido pra ter uma coroa na cabeça!

- Majestade, por favor, vá em segurança com sua esposa.

- Não ouviu ela, Baltazar? Arrume suprimentos para nós. Sem mas. Ande logo! Nós vamos junto, ouviu? - disse Elsa firmemente.

- Eu também - disse a princesa Rapunzel

- Vou logo atrás! - disse Ametista.

- Eu também - disse a princesa Phoebe, do reino de fogo.

- Estamos com você também - disse a rainha Bonnibel junto à esposa, rainha Marceline.

- Certo, irei providenciar vossas armaduras, majestades. 

               ✧┈┄─╌─╌─┄┈⪧

E lá fomos nós; um bando de princesas e rainhas valentes prontas pra detonar o reino da Irabeth e de Limãograb, que manda ameaças constantemente após a união feita entre os reinos. 

- Eu não achei que me apoiaria - disse à Elsa.

- Sou sua esposa, te apoiarei sempre, querida - disse Elsa, pegando na minha mão - Você está certa de que quer lutar junto aos guardas?

- Sim, seremos o ataque surpresa. - disse a ela.

- Claro que seremos! - concordou Elsa.

- Te amo, Elsa. Se morrermos, quero que saiba disso. Não tenho medo de morrer aqui, sei que o castelo ficará em boas mãos... mas não quero arriscar  que não saiba disso.

Elsa

Te amo. Eu fiquei em choque. Mérida nunca disse que me amava. Como?! Eu a obriguei a se casar comigo! Ela deve estar zombando com a minha cara.

- Você só pode estar-... - protestei.

- Não. - disse Mérida, me interrompendo - Eu a amo, Elsa. Apesar de nossa situação... eu me apaixonei por você. Você é sempre tão inteligente, faz táticas e tudo! Você repara em tudo. Como não notou o jeito que eu te olhava? Estava embaixo do seu nariz!

- Já estão prontas? Iremos atacar. - disse Baltazar.

            ✧┈┄─╌─╌─┄┈⪧

Fogo e gelo, queimando e congelando. Phoebe manda bem. Tentei me concentrar ao máximo. Mas sou completamente perdida na perfeição que é a Mérida com aquela porra daquele arco e flecha.

Logo, as flechas começaram a queimar. Realmente, Phoebe controla bem seus poderes.

Um, dois, três. Eu congelo um, Amestista enforca outro com seu chicote, Phoebe queima outros e ajuda Mérida. Quatro, cinco. 

Eu olho pra ela antes de fazer uma ponte de gelo acima do campo de batalha e escorregando no meio dos inimigos, congelando tudo. O que restou, foge. Arregaram.

- Vocês venceram a luta - diz Limongrabb.

- Mas venceremos a guerra! - completa Iracebeth.

          ✧┈┄─╌─╌─┄┈⪧

Mérida tirava suas vestes na minha frente, sem se importar, ajudei ela com a armadura pesada. 

- Esse é nosso momento, né? - perguntou ela.

- Se você quiser... - respondi.

Começamos a nos beijar, ela aproximava seu corpo ao meu num abraço, me segurando pela cintura pra em seguida tirar a minha blusa.

Por um momento só se via a malha cair no chão, pra em seguida voltarmos aos beijos, cada vez mais unindo vossos corpos.

- Essa noite, eu serei a sua rainha - sussurrou Mérida no meu ouvido. Sempre cheia de iniciativa.

- Como quiser, vossa mejestade - rimos e voltamos a nos beijar. Ah, como eu esperava por isso!

Só Deus sabe o quanto eu queria ela dentro de mim. Não contive meus gemidos. Fora mais forte que eu. Ela beijava meu pescoço enquanto me penetrava com os dedos, ela descia mais, oh ceus! Ela quer me deixar louca?! 

Eu não poderia deixa-la fazer tudo, então rapidamente tentei inverter as posições, quando ela me segurou.

- Ainda não acabei, rainha Elsa... 

E lá se foi ela descendo cada vez mais, cada beijo e eu me segurava pra não gemer, mas sem muito sucesso. Ela não parou até chegar lá. Sem parar de me penetrar, ela começou a me chupar. Oh céus, que cena linda! Eu não mereço essa mulher! Não demorou muito pra mim chegar à um orgasmo, que me fez questionar-me se essa era a primeira vez de Mérida. 

Logo ela se pôs a me beijar novamente e fiquei por cima. Envergonhada de estar com ela, com medo de errar. 

Ela pareceu notar meu constrangimento, pois logo disse:

- É sua primeira vez, né? 

- S-sim.. - respondi, ficando ainda mais corada.

- Tudo bem, eu vou ter paciência com você - ela sorriu e logo sorri de  volta.

Voltamos a nos beijar, tentei imitar aos pasoss dela e quando comecei a ouvir ela gemendo, oh céus! Eu estava no paraíso, aquilo só me excitava mais.

Com toda a ousadia que tinha - e não tinha; fiz algo que não só surprendeu a ela, quanto a mim. 

Mérida

Elsa se pos a me chupar, enquanto admirava, ainda surpresa, seu bumbum fofinho. Não resisti e dei um tapinha, ela me olhou envergonhada e  eu me voltei a chupa-la, fazendo-a gemer cada vez mais alto, até ela voltar a me chupar também. Chegamos juntas ao ápice. 

Elsa 

Eu ainda não consigo acreditar, que noite! Eu ofego só ao relembrar.

- Não foi sua primeira vez, né? - perguntei, curiosa.

- Sinto em lhe dizer... mas não. - respondeu ela envergonhada. - Desculpa por... você não ser a primeira.

- Idai? Você está comigo agora, não está? - retruquei.

- Sim... Estou. - ela respondeu.

- Então!

Se fez um silêncio, até ela dizer:

- Eu te amo, Elsa.

- Eu também te amo, Elsa


Notas Finais


Me desculpem a demora pra postar, eu estou mais perdida que a Alice no país das maravilhas ahshshs
Espero que tenham gostado. ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...