História Eu acho que eu vi um gatinho ( G-Dragon) - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Big Bang
Personagens G-Dragon
Tags Híbrido, Romance Cute
Visualizações 214
Palavras 1.442
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Observação ⚠
Esse capítulo contém cenas fortes, mas deixando bem claro que é somente uma fanfic, Eu amo o Big Bang é eles são meu grupo ultt supremo. E não fassa jus ao personagem sem antes ver o final da fanfic.

Jisung que é citado aqui é o Jisung do Stray Kids , ele é meu ultt no grupo e amo muito meu neném, amo o Stray Kids por inteiro, mas o Jisung é meu ultt ❤❤❤

Capítulo 4 - 04


Fanfic / Fanfiction Eu acho que eu vi um gatinho ( G-Dragon) - Capítulo 4 - 04

S/n on

Terminei de me arrumar e fui em direção ao meu quarto, ainda com um certo medo eu me aproximo da cama onde o gato está deitado , mas o mesmo está dormindo e nem me deu bola .

 Peguei minha bolsa e minhas chaves e sai indo em direção ao mercado que fica na esquina da minha rua , não demora muito e eu já estou no mercado e vou logo pegando um carrinho e dou início a minha missão de fazer compras.

S/n- Bom dia Jisung.- dou bom dia ao irmão mais novo do Taeyang que se encontra arrumando as prateleiras.

Jisung- hoo bom dia Nonna, e um prazer te ver aqui.- ele se assustar um pouco quando me ver, mas logo abre um dos seus tão lindos sorrisos .

S/n- sempre gentil.- eu também lhe ofereço um sorriso sincero.

Jisung- claro, tenho que ser gentil principalmente com a Nonna , que está a cada dia mais bonita.- ele fala com uma grande convicção e um sorriso galanteador.

~a esse menino.

S/n- obrigado, você também está a cada dia mais lindo Jisung.- deixo um beijo singelo em sua bochecha o deixando todo vermelho e tímido.

Taeyang- dando em cima da S/n de novo Jisung? - me assusto ao ouvir a voz do Taeyang atrás de mim.

Jisung- A Hyung não enche ! - me viro e dou de cara com aquele homem extremamente lindo com um sorriso aconchegante em sua lábios .

Taeyang- como é que é ?- ele fala cruzando os braços o olhando agora seriamente.

Jisung- Nonna vou terminar de arrumar as coisas, se precisar de algo é só falar exclusivamente comigo sim?

S/n- ok pode deixar- digo lhe dando um sorriso o vende sair fazendo careta para o irmão mais velho.

Taeyang- esse garoto tá casa dia mais abusado.

S/n- deixa ele , ele é só um jovem com os hormônios a flor da pele.

Taeyang- e mas eu já falei pra ele que quem vai se casar com você sou eu !!!

Eu me engasgo com o ar assim que ouço as palavras vindas dele o olhando assustada , ele percebe minha reação é solta uma deliciosa risada.

Taeyang- fica calma, não vai ser agora por enquanto não.

S/n- você me deixa sem jeito.

~ preferia que me deixa-se sem calcinha também.

- lá vem você!!

~ tô só observando, agora continua e lembrando bem do nosso trato .

Taeyang- que ajuda com as compras.

S/n- não obrigado , estou me virando bem - lhe dou um sorriso de agradecimento.

Taeyang- ok qualquer coisa é só você me chamar , e antes de sair , por favor peça que me chamem eu queria falar com você sim ?

S/n- fiz algo errado?

Taeyang- claro que não, fica tranquila que você é o que tem de mais certo nesse lugar.

Fico sem graça e com certeza estou vermelha igual a uma cerveja.

Taeyang- e você é mais encantadora ainda quando está vermelhinha .

S/n- para Tae, você está me deixando sem graça novamente.

Taeyang- tá vou te deixar, mas lembre-se de me chamar depois ok .

S/n- sim .

____Quebra de tempo____

Terminei minha compras e já passei é paguei todas no caixa , quase dou um ataque de risos quando o Jisung empurrou o garoto que estava no caixa onde eu passava as minhas compras, tudo isso só para me atender , ele realmente é um garoto extremamente fofo , gentil e engraçado .

Após terminar tudo eu pedi para um rapaz que estava perto para chamar o Taeyang para mim, assim como ele havia me recomendado, é o Tae apareceu mais rápido do que eu imaginava, ele veio em minha direção e me conduzindo com a mão até sua sala.

~humm sexo no escritório que garoto ousado .

-Da pra para ?

~ Não, não dá não, estou comemorando você finalmente vai tirar o atraso.

Deixando a voz louca na minha cabeça de lado, eu volto minha atenção ao Taeyang.

Taeyang- aqui podemos conversar mais a vontade sem interrupções.

S/n- acho que sim.

Taeyang- s/n vou ser sincero com você, já faz um tempo que eu estou afim de você e você sabe muito bem disso, já te chamei inúmeras vezes para sair e em todas elas você me rejeitou, então eu vou pedir mais uma vez e não aceito não como resposta, você quer sair comigo.

~vai logo e diz sim .

- e se de errado.

~ele não é o Seungri você sabe disso.

-Mas !!

~Mas porra nenhuma, aceita logo.

Taeyang- por favor, eu prometo fazer tudo para esse encontro ser incrível, mas se mesmo assim você não gosta eu te deixo em paz ou pelo menos vou tentar.

S/n- eu aceito.

Taeyang- Mas você nunca vai saber se não me der um chance, vai eu só quero te conhecer melhor e te fazer feliz!....................Pera aí você aceitou?- ele finalmente percebeu e me olhou assustado.

S/n- sim- disse rindo

~ finalmente! agora vai Queria agradecer a todos meus amigos, a minha família ao meus vizinhos, e dizer que se foda quem me chamo de encalhada!!!

Taeyang- então posso te pegar hoje a noite?

~claro que pode(carinha maliciosa)

S/n- sim .

Taeyang- então tá até mais tarde às 08h tudo bem?

S/n- sim claro.- me despedi dele com um beijo na bochecha e peguei minhas sacolas e fui em direção a minha casa, tive um certo trabalho pra convencer os meninos me deixarem vim sozinha, já que tanto o Jisung tanto o Taeyang queriam vim comigo para me ajudar, mas consegui convencê-los a me deixarem vir sozinha.

Sigo meu caminho em passos tranquilos observando a calma e a paz que reina sobre minha rua hoje, eu realmente não gosto de lugares movimentados é nem cheio de gente, prefiro lugares calmos e tranquilos por esse motivo essa rua se tornou o lugar perfeito para mim, me aproximando da frente da casa eu comecei a procurar as chave dentro da bolsa tendo um pouco de dificuldade por minhas mãos estarem cheias de sacolas, continuo andando com a cabeça abaixada procurando as chaves dentro da bolsa, então consequentemente eu cabo esbarrando em alguém e caindo de bumbum no chão deixando cair algumas sacolas, mas a pessoa em quem eu esbarrei começar a junta-las para mim.

S/n- desculpa de verdade, eu estava um pouco distraída.- me desculpo com a pessoa sem ao menos ver quem era , ainda estou muito focada na dor do meu traseiro .

***- Sempre distraida né minha pequena!- escuto essa voz e vejo sua mão tentando me ajudar a levantar.

~ Se levanta e sai daí agora garota.

-Essa voz!! Eu conheço essa voz!

Quando me dou conta do que está acontecendo eu levanto igual a um foguete e dou três passos para trás , ele continua me olhando com um sorriso sínico e maldoso, em quanto eu estou analisando bem a face da pessoa que transformou minha vida em um inferno.

S/n- não se aproxime de mim, como você me achou? - falo dando passos para trás , minhas mãos estão trêmulas meus olhos cheios de água.

Seungri- calma meu amor, a cidade é grande mas nem tanto e você sabe disso.

S/n- eu sei que se você tentar chegar perto de mim mas uma vez, eu vou chamar a polícia.

Seungri- você não tem coragem, você me ama e sabe do que sou capaz se você fizer uma maldade dessa com o seu Oppa - ele fala se aproximando de mim.- agora seja uma boa menina e abra a porta para o seu Oppa sem fazer drama.

~ não deixe ele entra de jeito nenhum, grite por ajuda agora.

-Ele vai me machucar, ele vai me machucar de novo.

~ só se você deixar, pede socorro agora S/n.

Seungri- sempre com a cabeça nas nuvens, vem deixa eu te ajudar Minha princesa.

S/n- não se aproxime de mim- eu já não consigo me controlar, todas as lembranças de tudo que eu passei nas mãos dele voltam a me atingir como tiros no peito, ador e Minha pior inimiga pois é com ela que percebo o quanto eu sou fraca.

Seungri- Vamos ter uma conversa muito séria dentro de casa mocinha, agora abra a porra dessa porta agora, e sem gracinha ok- ele rapidamente se aproxima de mim segurando meu braço com força e me fazendo chorar ainda mais de dor .

~ Grita ! grita agora sua idiota, não deixe ele tocar na gente de novo.

S/n- SOCORRO, SOCORRO ALGUÉM ME AJUDA POR FAVOR!

Seungri- eu falei sem gracinha sua vadia - ele falou muito bravo .

Eu olhei para todos os lados mais ninguém apareceu.'A meu Deus me ajude por favor'

Seungri- parece que você não aprendeu nada né minha pequena, vou te fazer lembrar - ele levantou a mão para me atingir.

Fecho meus olhos com força esperando somente o impacto , mas nada veio a única coisa que eu sentir foi o a mão do Seungri soltar o meu braço.

****- Quem você pensa que é para tocar na MINHA MULHER seu lixo! 


Notas Finais


Oiiiie minha princesa, espero que gostem e desculpa qualquer erro❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...