História Eu adoro mexer com você - Minseok - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias (G)I-DLE, ASTRO, Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kim Namjoon (RM), Lu Han, Minnie, Park Jimin (Jimin), Rocky, Soyeon, Xiumin
Visualizações 22
Palavras 701
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Festa, Romance e Novela, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Capítulo seis


Fanfic / Fanfiction Eu adoro mexer com você - Minseok - Capítulo 6 - Capítulo seis

  Minseok: -EU SEI BEM O QUE EU DIGO (S/N)! MAS SE VOCÊ NÃO SENTE O MESMO EU TE DEIXO EM PAZ!

Me sentei no chão abraçando meus joelhos.

-PODE IR! EU NÃO LIGO! EU NÃO GOSTO DE VOCÊ! - ele não respondeu e as batidas cessaram. - M-Minseok? - de novo não recebi resposta, me levantei e destranquei a porta devagar, quando abri ele não estava mais lá.

Andei um pouco e o vi já saindo pela porta, uma tristeza enorme se apossou de mim pela primeira vez me senti triste com esse tipo de coisa depois do meu namoro com Minhyuk. Corri até ele e o abracei por trás, ele ficou parado não se virou.

Minseok: -Me solta (S/n). Você já deixou bem claro o que sente.

-Eu não vou soltar!

Minseok: -Me solta por favor, eu não quero te machucar. - eu não porquê estava fazendo aquilo, eu queria que ele fosse mas ao mesmo tempo não queria.

-Você não vai. - ele pegou meus braços um tanto bruscamente e soltou de sua cintura. Corri para sua frente, fiquei na ponta dos pés e o beijei puxando com as mãos. Em alguns segundos ele se desfez e continuou seu caminho até a saída, os seguranças que estavam para o lado de fora abriram ao escutar ele bater no portão e ele se foi.

Subi e me sentei em uma cadeira na varanda do meu quarto olhando a cidade não, chorei mas estava quase, um tempo depois entrei e dormi na cama sem ao menos me arrumar pra isso.

O despertador começou a tocar e eu o desliguei e me levantei exausta. Resolvi fazer alguma coisa no trabalho hoje, me arrumei devagar e sem pressa. Minha roupa era uma calça moletom branca com listras pretas dos lados, um tênis preto e uma blusa também preta um pouco curta não muito escrito style em prateado. Não estava com vontade de me arrumar devidamente iria daquele jeito mesmo.

Peguei meu carro e fui para a empresa, fui para a minha sala e me sentei na minha cadeira, respirei fundo e liguei o computador vendo vários e-mails não respondidos e que eu também não iria responder. Olhei para o vidro que dava acesso ao corredor em minha frente vi Namjoon passar olhou para a sala e me vendo ali arregalou os olhos e entrou.

Namjoon: -Que milagre! Veio de livre e espontânea vontade, o que faz aqui?

-Não sei, o que eu tiver que fazer.

Namjoon: -Já que perguntou tem sim, estão produzindo o designer de um novo carro quem sabe você possa ajudar, você é boa nisso. - Me levantei e fui até ele.

-Namjoon, obrigado por tomar conta da empresa enquanto eu deveria estar fazendo isso junto com você, eu sou muito grata por tudo que fez por mim até hoje.

Namjoon: -Nossa o que deu em você?

-Nada. - disse calmamente.

Namjoon: -Ok. Vamos para a minha sala, estávamos conversando sobre como poderia ser o modelo interno do carro.

-Certo. - o acompanhei.

Fiquei até escurecer lá, depois da conversa com Namjoon e outros membros importantes da empresa o projeto estava praticamente completo, foi bem produtivo. Sai no meu carro e fui para a casa de Soyeon. Subi até o seu andar, não bati na porta, já era muito íntima. Quando abri a porta...eu nunca imaginei presenciar aquilo, com as minhas melhores amigas muito menos. Soyeon estava sentada no sofá enquanto Minnie se encontrava com uma perna de cada lado do corpo de Soyeon com as mãos enquadradas em seu rosto a beijando ferozmente, Soyeon apoiava suas mãos nas costas de Minnie quase em sua bunda. Eu soltei um berro praticamente fazendo elas se assustaram e se desgrudarem.

-Desculpa meninas eu não...eu devia ter batido me desculpem!

Soyeon: -PUTA QUE PARIU!

-Tudo bem (S/n)! A-a gente...aaiish!

Soyeon: -Isso não deveria ter acontecido, olha, isso não foi nada (S/n)... - ela parou um pouco e pensou no que tinha dito. - quer dizer! Esquece isso!

-Gente, eu acho melhor eu voltar em uma outra hora não acham?

Soyeon: -Não (S/n), está tudo bem!

-Eu não quero...e-eu vou embora. Volto amanhã tchau! - falei a última frase rápido e fechei a porta.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...