História Eu ainda posso te ver sem os meus olhos - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 5
Palavras 342
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gostem

Capítulo 1 - Capitulo Unico


-Henry, voce esta ai?

-Sim eu estou Daniel, só fui ao banheiro

-E que eu ouvi uma porta batendo, parecia a da entrada...

-Eu não consigo fazer uma surpresa não é mesmo?

-Como assim?

-Eu pedi pizza de chocolate!!!

-Henry, voce é o melhor namorado que existe!

Henry e Daniel eram dois amores um com o outro, Henry era forte e alto, enquanto Daniel era fragil e baixinho alem de cego, perdera a visão por causa de uma doença mas pra compensar tinha Henry que o protegia e o amava incondicionalmente. Era sexta feira, o dia em que Henry ficava livre do trabalho e podia aproveitar esse tempo precioso com Daniel. Trouxe uma caixa de pizza e um refrigerante e os colocou na mesinha que ficava em frente ao sofá, depois deu um beijo carinhoso em Daniel e falou:

-Eu te amo

-Eu também te amo

-Não mais quanto eu te amo

-Henry, isso é extremamente cliche... - Os dois cairam na gargalhada 

-Queria poder de algum jeito devolver sua visão... É injusto que alguem tão bom como voce tenha que viver nessa escuridão

-Pelo contrario, voce é minha luz, voce da cores ao meu mundo... Sabe, a diferença entre uma pessoa cega e uma pessoa não cega  é que a pessoa não cega pode escolher ver pelos olhos ou pelos outros sentidos ja um cego não tem escolha a não ser ver de outras formas.

Daniel tocou Henry no rosto, chegou mais perto e o abraçou se aninhando nos seus  braços e encostando  sua cabeça no seu peito, "Eu ainda posso te ver sem meus olhos" falou ele, eles ficaram abraçados por alguns minutos ate que Henry disse:

-Se não comermos logo a pizza ,vai esfriar

-Então vamos comer!!!!

Eles pegaram um pedaço pra cada e se reencostaram no sofá, Henry colocou seu braço em volta do baixinho que encostou a cabeça no seu ombro e eles ficaram ali, abraçadinhos comendo, ate que Daniel levantou a cabeça e deu um selinho no maior

-Eu te amo, Henry

-Tambem te amo Daniel

 


Notas Finais


É isso, amei escrever essa historia, espero que tenham gostado!
Beijos com gostinho de doce


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...