1. Spirit Fanfics >
  2. Eu ainda te amo (taekook-vkook) >
  3. Ele voltou...

História Eu ainda te amo (taekook-vkook) - Capítulo 30


Escrita por:


Notas do Autor


Hey mochis! Turu pão?
Ansiosos?!?!? Hehehehe

Capítulo 30 - Ele voltou...


Fanfic / Fanfiction Eu ainda te amo (taekook-vkook) - Capítulo 30 - Ele voltou...

Japão

06:00am

Jeon Jungkook ON

Sai do meu apartamento para ir ao aeroporto, pegar meu jatinho particular e voar até Seul.

Minhyuk me acompanhou o trajeto inteiro.


....


Cheguei em Seul e fui até o hospital, pois Yoon me falou que estavam lá, assim que cheguei, Yoon estava me esperando em frente a entrada, assim que me vê, abre um sorriso, o que é uma raridade.

Ele vem até mim e me abraça, me aperta como se não quisesse que eu fosse embora, então se afasta e me olha com lágrimas nos olhos.

Yoon- eu nem acredito que e-ele acordou....

- Nem eu - resmungo mais para mim do que para ele. - Então! O Taehyung tá aqui? 

Yoon- acabou de sair para comprar comida, provavelmente foi em alguma cafeteria, só não sei qual.

Um sorriso escapa de meus lábios. Eu sei.

Vou andando até a sweet coffe, assim que chego, vejo através do vidro, Taehyung olhando para rua, meu coração acelera, meu corpo fraquejar, mas, inspiro fundo e me recomponho, adentro local, e o sininho toca, chamando atenção do Kim.

Fico olhando para e balcão, fingindo não saber que ele está ali, mas mesmo não estando olhando para ele, eu sinto seu olhar sobre mim, então, com a maior inocência, olho na direção dele, e vejo que está perplexo com os olhos em mim.

Ficamos nos encarando no que parece ser uma eternidade, mas devem ter sido apenas alguns segundos.

Novamente, meu coração acelerar, sinto vontade de correr até ele, mas não preciso, ele faz isso por mim.

Ele vem correndo em minha direção, sem se importar com as pessoas, na verdade, não tem muita gente.

Ele pula em meus braços e me abraça como se não acreditasse que eu estava ali, eu o aperto com força, não queria ter ido embora, não queria ter o deixado daquela maneira. Tudo que eu queria era ficar naquele abraço para sempre, mas logo ele se afasta e sua expressão muda para....raiva?

Taehyung- Seu idiota! Como pode fazer isso comigo? Você me abandonou! ME largou sem mais nem menos! VOCÊ É UM.....

Antes que pudesse terminar, ataco seus lábios, aqueles lábios macios, com gosto de pêssego, ele fica em choque por alguns segundos mas logo retribui, um milhão de sensações se passam pela minha mente, e uma onda de eletricidade percorre meu corpo.

Mas, Taehyung, me empurra para longe, com a mão na boca, espantado. Ele sai do estabelecimento correndo.

Jeon Jungkook OFF

Kim Taehyung ON

Sai correndo de lá, fui até o hospital. Quando cheguei em frente ao hospital, eu estava suando e ofegante, por ter corrido o trajeto todo.

Só quando entrei me dei conta que esqueci a comida, então passei em uma máquina de comida e peguei alguns salgadinhos, e em uma máquina de café, peguei 5 copos grandes de café.

Fiquei andando pelo hospital, na esperança de magicamente eu achar o quarto do Jimin, mas não aconteceu, e depois de muitos minutos, desisti e pedi ajuda para uma enfermeira, ela me levou até o corredor escuro e então foi embora, vi que no final do corredor Wendy estava sentada em uma das cadeiras mexendo no celular.

O corredor estava todo escuro, iluminado apenas pela tela do celular de Wendy, fui até ela é logo ela nota minha presença.

- Oi amor, ainda sentada aqui fora?

Wendy- Ah, oi Tae, eu achei melhor ficar aqui, o Jimin me viu apenas umas 2 vezes, e nem deve se lembrar....

- Então ele vai te conhecer hoje, afinal, você é a noiva do melhor amigo dele.

Ela da um sorriso animado e me beija.

Me sinto culpado, a poucos minutos atrás, minha boca estava grudada na de outra pessoa, eu estava nos braços de uma pessoa que me abandonou.

 Afasto esses pensamentos e entro no quarto, acompanhado de Wendy. 

Jimin- Japão

06:00am

Jeon Jungkook ON

Sai do meu apartamento para ir ao aeroporto, pegar meu jatinho particular e voar até Seul.

Minhyuk me acompanhou o trajeto inteiro.


....


Cheguei em Seul e fui até o hospital, pois Yoon me falou que estavam lá, assim que cheguei, Yoon estava me esperando em frente a entrada, assim que me vê, abre um sorriso, o que é uma raridade.

Ele vem até mim e me abraça, me aperta como se não quisesse que eu fosse embora, então se afasta e me olha com lágrimas nos olhos.

Yoon- eu nem acredito que e-ele acordou....

Nem eu resmungo mais para mim do que para ele. Então! O Taehyung tá aqui? 

Yoon- acabou de sair para comprar comida, provavelmente foi em alguma cafeteria, só não sei qual.

Um sorriso escapa de meus lábios. Eu sei.

Vou andando até a sweet coffe, assim que chego, vejo através do vidro, Taehyung olhando para rua, meu coração acelera, meu corpo fraquejar, mas, inspiro fundo e me recomponho, adentro local, e o sininho toca, chamando atenção do Kim.

Fico olhando para e balcão, fingindo não saber que ele está ali, mas mesmo não estando olhando para ele, eu sinto seu olhar sobre mim, então, com a maior inocência, olho na direção dele, e vejo que está perplexo com os olhos em mim.

Ficamos nos encarando no que parece ser uma eternidade, mas devem ter sido apenas alguns segundos.

Novamente, meu coração acelerar, sinto vontade de correr até ele, mas não preciso, ele faz isso por mim.

Ele vem correndo em minha direção, sem se importar com as pessoas, na verdade, não tem muita gente.

Ele pula em meus braços e me abraça como se não acreditasse que eu estava ali, eu o aperto com força, não queria ter ido embora, não queria ter o deixado daquela maneira. Tudo que eu queria era ficar naquele abraço para sempre, mas logo ele se afasta e sua expressão muda para....raiva?

Taehyung- Seu idiota! Como pode fazer isso comigo? Você me abandonou! ME largou sem mais nem menos! VOCÊ É UM.....

Antes que pudesse terminar, ataco seus lábios, aqueles lábios macios, com gosto de pêssego, ele fica em choque por alguns segundos mas logo retribui, um milhão de sensações se passam pela minha mente, e uma onda de eletricidade percorre meu corpo.

Mas, Taehyung, me empurra para longe, com a mão na boca, espantado. Ele sai do estabelecimento correndo.

Jeon Jungkook OFF

Kim Taehyung ON

Sai correndo de lá, fui até o hospital. Quando cheguei em frente ao hospital, eu estava suando e ofegante, por ter corrido o trajeto todo.

Só quando entrei me dei conta que esqueci a comida, então passei em uma máquina de comida e peguei alguns salgadinhos, e em uma máquina de café, peguei 5 copos grandes de café.

Fiquei andando pelo hospital, na esperança de magicamente eu achar o quarto do Jimin, mas não aconteceu, e depois de muitos minutos, desisti e pedi ajuda para uma enfermeira, ela me levou até o corredor escuro e então foi embora, vi que no final do corredor Wendy estava sentada em uma das cadeiras mexendo no celular.

O corredor estava todo escuro, iluminado apenas pela tela do celular de Wendy, fui até ela é logo ela nota minha presença.

Oi amor, ainda sentada aqui fora?

Wendy- Ah, oi Tae, eu achei melhor ficar aqui, o Jimin me viu apenas umas 2 vezes, e nem deve se lembrar....

Então ele vai te conhecer hoje, afinal, você é a noiva do melhor amigo dele.

Ela da um sorriso animado e me beija.

Me sinto culpado, a alguns minutos atrás, minha boca estava na de outra pessoa, eu estava nos braços e uma pessoa que me abandonou..

Afasto esses pensamentos e entro no quarto junto de Wendy.

Jimin me vê e abre um sorriso, depois olha para Wendy e sua expressão muda para confusa.

Jimin- quem é essa?

- e-ela é....ela é minha....

Wendy- Me chamo Wendy - fala me interrompendo.

Jimin- ah. - fala com desinteresse....mas é mal educado esse meu amigo tsc tsc tsc.

Vou até ele e quando estando a mão com um dos copos de café, seu olhar recai na minha mão, mais especificamente na minha aliança de noivado.

Jimin- Não acredito! Você e o Jungkook estão noivos? - pergunta empolgado - Mas não é muito cedo?

- .....

- Jimin....v-você.....você está em coma a 5 anos.....eu estou noivo da Wendy.

Ele abre a boca sutilmente, em choque, logo, lágrimas começam a escorrer por suas bochechas.

Jimin- O q-qu..... - antes que ele pudesse terminar, ele coloca as mãos no peito e começa a se debater, como se não estivesse respirando.

 Algum aparelho médico começa a apitar, e o médico logo vem até nos e aperta um botão do lado da cama, logo, chegam uma médica e um médico, seguidos de emfermeiras/os.

Uma das enfermeiras nos leva para fora da sala e fecha a porta, me dando a última visão de Jimin fechando os olhos.


....


Me sinto culpado, eu não devia ter falado aquilo, não naquele momento...

Ficamos esperando na sala de espera e depois de alguns minutos, Jin e Namjoon aparecem, os dois abrem um sorriso quando olham para mim

Jin- Taehyung! A quanto tempo!

Ele me abraça forte, e depois cumprimenta os outros.

Namjoon- Tae.....eu sinto muito pelo que o Jungkook fez...ele não devia ter ido embora sem nenhuma explicação...

- ei, tudo bem, não foi sua culpa, só por que vocês são irmãos não significa que o que ele faz é sua culpa.

Namjoon- tudo bem, mas então....eu estava com saudades - ele me puxa para um abraço forte, e lágrimas escorrem pelos meus olhos.


....


Depois de 20 agoniamtes minutos, os 2 médicos saem, junto a alguns enfermeiros, ficando apenas um médico, 2 enfermeiras e um enfermeiro.

Entramos de novo lá, e Jimin já está "bem", conto para ele tudo o que aconteceu, desde que eu voltei do intercâmbio a 5 anos atrás, até ontem, quando eu vim para Seul.

Ele ficou xingando o Jungkook por ter ido embora, mesmo ele não estando presente.


....


Eu queria poder passar a noite aqui com Jimin, mas o médico disse que eu não posso então tivemos que voltar para o apartamento do Hosoek e Yoongi.

Falando em Yoongi, ele é o Jimin conversaram e está tudo bem entre eles.


...


Chegamos no apartamento e vou direto para o banheiro tomar um banho. Pego algumas roupas e uma toalha, entro no banheiro, trancando a porta em seguida.

Entro no box, vou para baixo do chuveiro e ligo o mesmo, a água fria escorre pelo meu corpo, sinto cada pelo meu se arrepiar pelo frio, mas não arrumo a temperatura, deixo ela ainda mais fria.

Termino o banho e coloco a roupa que tinha separado; calça de moletom e camisa preta, moletom da mesma cor, meias e pantufas.

Saio do banheiro com o cabelo úmido, e vou para o quarto, onde pego meu celular e vou para a sala, mas para minha desagradável surpresa, temos visita!

Assim que coloco os pés na sala, me arrependo na hora, dou meia volta, e quando chego na metade do corredor, uma alma infeliz percebe minha existência naquele local.

Hoseok- Taehyung! Vem cá....err....tem uma pessoa que quer te ver.

- Ah.....claro - suspiro e viro de novo vou até a sala e percorro os olhos pela sala inteira, até parar em uma coisa. Uma pessoa.

Ele me olha de volta e fica me encarando.

Hoseok- Ele disse qu e vocês já se encontraram, por que não nos contou Tae?

Ele pergunta com um sorriso gentil e inocente no rosto.

- ah, eu não contei? Eu devo ter me esquecido...

Wendy me encara com desconfiança, mas então balança a cabeça e se levanta, indo até o banheiro.

Wendy- vou tomar banho.

- ok

Quando ela passa por mim, a puxo pela cintura e começo um beijo demorado.

Nos afastamos e eu dou um sorriso gentil para ela, que me retribui com uma careta.

Volto meu olhar para Jungkook e ele não está com uma cara nada boa. Ciúmes.

Jungkook- Ah, quem é ela? - pergunta irritado sem se importar com os outros presentes.

- minha noiva - falo com um sorrisinho debochado.

Só falta ele soltar fumaça de seus ouvidos, ele está vermelho como uma pimenta. Eu fico estranhamente feliz, eu quero....me "vingar" dele.

Yoongi me encara mortalmente, ele e Jungkook são melhores amigos.

Hosoek- Bem, Jungkook vai ficar aqui em casa ok? 

Meu estômago se revira, e me sinto nervoso.

- ok - falo fingindo desinteresse.

Hosoek- vou preparar o jantar - fala, e sai como se estivesse fugindo.

Yoongi- eu vou te ajudar.

Ficamos apenas eu e Jungkook na sala eu penso em sair dali, mas não consigo, não sei porque...simplesmente não consigo.

Jungkook- noiva?

- hm? - finjo não ter ouvido, mas ele sabe que eu ouvi.

Jungkook- Tae....eu te amo, e-eu não devia ter feito aquilo....eu não devia ter ido embora....

- mas foi! 

Jungkook- Tae, eu te amo, não faça essa besteira....

- Jeon, eu estava muito bem até você aparecer, por favor não tenta consertar a merda que você fez.

Jungkook- Você não entende....eu fiz por você.....para te proteger.....

- Por mim? Para me proteger? Vc me só pode estar brincando né?


....


Ele me explicou tudo o que aconteceu, sobre as "visões".

Não sei se acredito ou não, mas não muda o fato de ele não ter me explicado na época, ele foi embora sem me falar nada, apenas deixou uma carta idiota e uma flor......flor que eu ainda tenho....


Continua?

leiam as notas finais 



Notas Finais


Hey mochis, tuduh baum?

Espero que tenham gostado hehehehehe
Desculpa os erros ortográficos 👉🏻👈🏻

Bjos até o próximo cáp ❤❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...