1. Spirit Fanfics >
  2. Eu amodeio você - Madara Uchiha >
  3. Resgate

História Eu amodeio você - Madara Uchiha - Capítulo 46


Escrita por:


Notas do Autor


Desculpem os erros
Boa leitura

Capítulo 46 - Resgate


Anteriormente

=======Ligação On=======

Eu: Alô...

Xx: Oi S/n, lembra de mim?!?! - Me surpreendi

Eu: Kabuto - Falei com raiva

Kabuto: Exatamente

Eu: O que vc quer seu traste?!?!

Kabuto: Calma, eu liguei pra negociar a liberdade do seu filho - Falou e Indra fez sinal me dizendo pra continuar

Eu: Fala, quanto vc quer?!?!

Kabuto: Eu quero 3 milhões, nem um centavo a menos, se tiver a mais eu não me importo nem um pouquinho - Ashura fez um "Sim" com a cabeça como se dissesse "Concorda"

Eu: Tá bom, onde e quando?!?!

Kabuto: Daqui a 5 dias, naquela estrada deserta e abandonada ao norte da cidade, não quero saber de polícia, senão, nada feito!!!

Eu: Ok...

Kabuto: Ótimo, te espero lá

=======Ligação Off=======

Atualmente

Indra: Desgraçado, miserável, infeliz!!! - Esbravejou aos 4 ventos - Quando eu botar as mãos nele, ele vai se arrepender de ter nascido!!!

Madara: O mesmo vale pra mim!!!

Ashura: Alcamen-se vcs dois, vamos agir e pensar com calma - Falou e resolvi me pronunciar

Eu: EU NÃO VOU AGUENTAR ESPERAR 5 DIAS!!! - Falei/gritei

Ashura: Ah pronto, mas uma pra eu ter que acalmar... - Bateu na própria testa

Eu: EU TÔ CALMA ASHURA, VC AINDA NÃO ME VIU NERVOSA!!!

Ashura: Então eu nem quero ver...

Indra: Eu também tô calmo Ashura, não exagera

Madara: Concordo com o seu irmão...

Ashura: Uhum, sei...

Eu: Gente, é sério, eu não vou conseguir esperar 5 dias... - Botei as mãos na cabeça bagunçando meu cabelo todo

Ashura: A gente também não...

Indra: Vamo planejar uma armadilha pra ele!!!

Madara: Vamos!!!

Eu: Claro!!!

Ashura: Se acalmem gente, vamos pensar antes... - Falou interrompendo nossa empolgação

Indra: Estraga prazeres!!! - Cruzou os braços

Ashura: Não que a ideia seja ruim, pelo contrário, eu até aprovo essa ideia, mas temos que planejar tudo com calma pra não ter erro

Eu: Então, como vamos fazer??? - Perguntei

Madara: Já sei... - Deu uma pausa - A gente vai lá como ele pediu... - Indra interrompe ele

Insta: VC É MALUCO!!! VAI FAZER EXATAMENTE O QUE AQUELE BABACA PEDIU?!?! SEU PROBLEMÁTICO!!! - Falou/gritou

Madara: DEIXA EU FALAR KCT!!! EU AINDA NÃO TERMINEI!!! QUANDO EU ACABAR VC FALA!!! - Gritou de volta

Ashura: Se acalmem vcs dois!!! - Falou alto mas não gritou - Prossiga Madara

Madara: Então, como eu estava dizendo - Deu ênfase nessas palavras e encarou o Indra que fechou a cara - A gente vai pra lá com uma maleta vazia dizendo que tá com o dinheiro que ele quer, mas, antes que ele chegue lá, a polícia vai chegar antes... - Mais uma vez Indra interrompe ele

Indra: SE ELE VER AS VIATURAS ELE VAI DAR MEIA VOLTA, SEU IDIOTA!!! - Levantou bruscamente

Madara: PARA DE ME INTERROMPER CARALHO!!! - Levantou também e parecia que eles iam se matar ali mesmo

Ashura: EEEEEEEEEEEI!!! - Levantou também - JÁ CHEGA VCS DOIS!!! PARECEM DUAS CRIANÇAS!!! SENTEM - Falou/mandou mas ele continuaram se encarando mortalmente - A-GO-RA!!! - Falou pausadamente e eles obedeceram - Continue Madara...

Madara: Hm, a polícia vai pra lá sim, mas com carros normais e não as viaturas policiais - Encarou o Indra de novo - Como a tal estrada é abandonada, com certeza deve ter algum tipo de "vegetação" - Fez aspas com as mãos - Em volta, e vai dar pra esconder os carros... - Interrompi ele

Eu: Já sei onde vc quer chegar... Quando Kabuto chegar, a gente finge que vai entregar a maleta pra ele em troca do Denahe e a polícia leva ele preso - Falei calmamente - Acertei??? - Perguntei

Madara: Em cheio!!! - Respondeu

Ashura: Gostei da ideia, vamos pra lá e ver se tem alguma "vegetação" - Fez aspas com as mãos - Se tiver, vamos fazer o que vc disse

Madara: Ok...

Indra: Bora...

Eu: Já volto - Entrei, fui pra cozinha e perguntei - Nora, vigia Sam pra mim enquanto eu vou ali com o Indra, Ashura e o Madara???

Nora: Claro, pode ir tranquila - Respondeu

Eu: Tá bom, obrigada Nora

Nora: De nada

Saí da cozinha e fui pra garagem, Madara ia dirigindo, eu fui no banco do carona enquanto Indra e Ashura foram no banco de trás. Chegamos e vimos que realmente tinha bastantes árvores, arbustos e grama alta

Indra: É... Parece que sua ideia vai dar certo Madara - Falou olhando em volta

Madara: Eu sou um gênio...

Eu: Convencido!!!

Ashura: Bom, vamos falar sobre os detalhes pra não ter erro.. - Falou e começamos a conversar sobre os mínimos detalhes e até fizemos um "treino" pra ver como ia ser feito e voltamos a conversar sobre isso - Vou trazer outros policiais e fazer esse mesmo treino com eles

Indra: Ok - Olhou pro céu e depois a hora - Gente, acho que já tá na hora de ir embora, já são quase 19 horas

Madara: Verdade

Eu: Vamos

Voltamos pro carro e dessa vez, Indra foi dirigindo, Ashura foi no banco do carona enquanto Madara e eu fomos no banco de trás. Chegamos em casa, eles se despediram e foram embora, Madara guardou o carro e entramos, dei mamadeira pra Sam, dei banho, botei pra arrotar e depois botei pra dormir, desci, jantei com Nora e Madara, ajudei ela com a louça e fui pro quarto com Madara atrás de mim

Eu: Ai ai - Suspirei - Nem acredito que daqui a 5 dias vou ver meu filho de novo - Me joguei na cama de barriga pra cima - Tô muito ansiosa...

Madara: Somos dois, eu também tô ansioso pra quebrar a cara do Kabuto de porrada - Tirou a blusa

"Gostoso, lindo, maravilhoso, divo, dono da porra toda!!!" - Pensei

Eu: Sabe... Até que pra um homem da sua idade, vc tá gostoso pra kct... - Sentei

Madara: Tá me chamando de velho?!?! - Arqueou uma sombrancelha só

Eu: Não, não é nada disso - Levantei - Só tô dizendo que pra um homem de 42 anos vc tá ótimo e continua gostoso - Falei arranhando de leve o peitoral e abdômen definidos dele

Madara: Hm, e pra uma mulher de 33 anos, vc tá ótima e continua gostosa - Apertou minha bunda com as duas mãos e deu um tapa também com as duas mãos

Eu: Interessante - Abracei a cintura dele - Então estamos kits...

Madara: Exatamente - Me abraçou

Fiquei com a cabeça encostada no peito dele ouvindo o coração dele enquanto sentia uma das mãos dele descendo e subindo nas minhas costas e a outra no meu cabelo e ficamos nos balançando lentamente, fiquei fazendo movimentos circulares com as unhas nas costas dele que deu um beijo no topo da minha cabeça e apoiou o queixo no mesmo lugar

Eu: Isso é tão bom - Falei e fechei os olhos

Madara: É sim... Detesto ter que dizer isso mas ainda temos que tomar banho

Eu: Ah não!!! - Apertei o abraço

Madara: Ah sim!!! Vamo pra ficarmos livre disso e ficar a noite toda assim

Eu: Tá, tá bom - Soltei ele contra a minha vontade e fui até o guarda roupa

Peguei minha roupa íntima, meu pijama de unicórnio e ele pegou apenas uma cueca e uma calça de moletom e fomos pro banheiro, enchi a banheira de casal que tinha ali enquanto prendia meu cabelo em um coque alto pra não molhar e esperamos encher, quando isso aconteceu, entramos e tomamos banho (sem safadeza), ele ficou me perturbando jogando água em mim, o que resultou numa guerra e o banheiro todo molhado. Terminamos, esvaziei a banheira, escovamos os dentes e voltamos pro quarto, peguei o meu cobertor e o dele, desdobramos, ele ligou o ar condicionado e deitamos, conversamos mais um pouquinho mas decidimos dormir pois ele tinha que acordar cedo amanhã pra ir trabalhar, agarrei ele - Literalmente - e apaguei...

                 5 DIAS DEPOIS

"É HOJEEEEE!!! UHUUUUUUUUUUL!!! NEM ACREDITO!!!" - Comemorei mentalmente

Madara: S/n, calma, vc tá mais nervosa e ansiosa que eu!!! - Segurou meus ombros - Se acalma, respira fundo...

Eu: Tá - Respirei fundo

Madara: Iiisso... De novo - Repeti - Mais calma???

Eu: Aham - Peguei o pulso dele e saí puxando, mas antes que a gente chegasse na porta, Nora grita

Nora: CUIDADO LÁ EIM!!! SE CUIDEM, PRINCIPALMENTE VC S/N!!!

Madara e eu: PODE DEIXAR!!! - Gritamos de volta e fomos pra garagem, entramos no carro e fomos pra tal estrada

No caminho, recebo mensagem do Ashura no grupo

“Hey, já tá vindo S/n???"

```````Mensagem On```````

Eu: Já tô indo sim

Indra: Ótimo, já estamos aqui a uns 15 minutos mais ou menos

Eu: Ok... Kabuto já deu as caras aí???

Ashura: Negativo senhora

Eu: Blz, me mantenham informada

Indra: Positivo, xauzinho

Ashura: Xauuuu!!!

Eu: Xaaaau!!!

```````Mensagem Off```````

Eu: Já tá chegando?!?! - Perguntei igual a uma criança

Madara: Ainda não, falta 20 minutos mais ou menos - Respondeu

Eu: Aaaffffff!!!

             20 MINUTOS DEPOIS

Chegamos na tal estrada e vimos um carro branco com Kabuto encostado nele, mandei mensagem no grupo dizendo

“Fiquem alertas e prestem atenção, avisem aos outros policiais!!!”

Nem esperei eles responderem e desci do carro junto com Madara e paramos a uma certa distância dele

Kabuto: Que bom ver vcs, estava morrendo de saudade

"Cínico!!!" - Pensei

Madara: Engraçado, a gente não estava com saudade nenhuma

Kabuto: Poxa, magoou... Enfim, vamos ao que interessa - Estendeu a mão - O dinheiro

Eu: Devolve o Denahe primeiro!!! - Falei/mandei

Kabuto: Tá bom - Abriu a porta de trás do carro e quando Denahe desceu a polícia apareceu - ARMADILHA!!! SEUS DESGRAÇADOS!!! - Pegou uma arma e atirou na direção do Denahe que foi puxado por um policial fazendo o tiro pegar de raspão no braço dele

Denahe: MÃÃÃÃÃÃE!!! - Veio correndo na minha direção e me abraçou forte, automaticamente comecei a chorar de emoção

Eu: Que saudade!!! Eu nunca mais vou deixar ele chegar perto de vc de novo!!! - Soltei ele - Tá machucado??? Ele fez alguma coisa com vc??? - Perguntei analisando ele

Denahe: Não, quer dizer, isso conta??? - Mostrou o braço

Eu: Não, esse não conta - Respondi

Denahe: Então não, ele não fez nada comigo

Eu: Tem certeza???

Denahe: Absoluta...

Olhei pro Madara e o vi olhando pro Kabuto com puro ódio no olhar e com os olhos roxos 

"Rinnegan... Ai meu Deus!!! Ele vai destruir a rua!!!" - Me desesperei mentalmente

Ele começou a andar lentamente na direção do Kabuto com um olhar diabólico e comecei a me desesperar

"Ai caralho!!!" - Pensei

Do nada, Madara já estava na frente do Kabuto e deu um soco na cara dele o fazendo voar longe e Madara foi até ele, o jogou pra cima, pulou e deu um soco nas costas dele fazendo ele voltar pro chão e fazer um buraco na área em que ele caiu

Ashura: Kabuto não pode morrer agora, a polícia ainda precisa dele!!! - Falou observando a luta

Eu: Denahe, vai com o tio Indra enfaixar esse braço enquanto eu vou falar com seu pai

Denahe: Tá bom mãe - Beijou minha bochecha e foi até o Indra que tinha chamado ele com a mão

Levantei e fui correndo até o Madara que olhava pro Kabuto jogado no chão tossindo sangue, fiquei na frente do Madara que olhou pra mim ainda com o Rinnegan ativo

Eu: Já chega, a polícia ainda precisa dele

Madara: Ele ainda não apanhou o bastante - Falou cheio de raiva e ódio

Eu: Apanhou sim, ele não pode morrer agora, eu não tô defendendo ele, por mim eu mesma matava ele, mas Ashura disse que ele ainda é importante, então, pelo amor de Deus, chega - Usei um truque que nunca falha, lágrimas - Eu nunca te pedi nada Madara!!!

Madara: .....

Eu: Por favor Madara...

Ele olhou pro Kabuto que estava sendo algemado, depois olhou pra mim e falou

Madara: Tá bom, mas é só por que vc pediu - Sorri e abracei ele

Eu: Que bom que vc escolheu a razão e não a loucura!!! - Soltei ele - Vem - Peguei o pulso dele e saí puxando até o carro do Indra e vimos Denahe sentado na coxa dele enquanto enfaixava o braço

Indra: Pronto, vai lá falar com seu pai - Botou ele no chão

Denahe: Paaaiiiii!!! - Abraçou as pernas dele

Madara: Oiiiiii - Abraçou ele direito e quando soltou, Denahe falou

Denahe: Pai, seus olhos estão estranhos!!! - Se referiu ao Rinnegan

Madara: Daqui a pouco passa, não se preocupa

Denahe: Ah tá!!!

Ashura chega perto da gente e fala

Ashura: Kabuto já tá em um dos carros prontos pra voltar pra delegacia

Eu: Ótimo

Indra: E dessa vez, vai passar o resto da vida preso isso eu garanto!!!

Ashura: Exatamente - Olhou pro Denahe e abaixou na frente dele - Eaí campeão, como vc tá???

Denahe: Tô bem

Ashura: Que bom - Olhou pro braço dele - O que foi isso???

Denahe: Não sei...

Eu: Foi um tiro de raspão - Respondi

Ashura: E quem fez esse curativo???

Indra: Fui eu, oxi, quem mais seria?!?! - Perguntou

Ashura: O Asuma talvez - Respondeu

Indra: O Asuma tá lá na casa do kct, como ele iria fazer o curativo aqui?!?!

Ashura: Teletransporte...

Indra: Vc é doido!!!

Ashura: Kkkkkk!!! Enfim, vamos voltar, vcs pra sua casa e a gente pra delegacia

Madara e eu: Ok

Nos despedimos, entramos no carro a voltamos pra casa. Chegamos, Nora agarrou ele, conversou e até brincou, Sam fez a mesma coisa, dei banho nele e fomos todos pra piscina

Denahe: Mãe, vc tá comendo de mais sabia...

Eu: Por que??? - Perguntei

Denahe: Olha isso - Apontou pra minha barriga e senti um chute

"Ela ouviu rsrsrs..." - Pensei

Eu: Denahe, isso não é gordura

Denahe: Não??? - Inclinou a cabeça pro lado

Eu: Não - Respondi

Denahe: É o que então???

Eu: Vc vai ter uma irmãzinha - Respondi e vi os olhinhos dele encherem d'água - Isso mesmo, vc vai ser irmão mais velho - Falei e ele pulou em mim me abraçando forte

Denahe: Obrigado mãe!!! - Falou me deixando surpresa

Eu: De nada meu amor - Retribuí o abraço

Denahe: Ela escuta o que a gente fala??? - Perguntou depois que me soltou

Eu: Escuta sim - Respondi - Por quê??? - Perguntei

Denahe: Eu queria falar com ela - Respondeu

Eu: Pode falar, sem problema nenhum - Falei e ele sorriu lindamente pra mim

Denahe: É sério?!?!

Eu: Aham, fique a vontade - Falei esticando as pernas e deixando a barriga de 5 meses a mostra pra ele que começou a falar com ela...

                           •••

Anoiteceu, dei banho nas crianças, dei janta pra Denahe e mamadeira pra Sam, e botei os dois pra dormir, desci, jantei com Nora e Madara, ajudei com a louça e fui pro quarto com Madara atrás de mim, tomamos banho (sem safadeza), nos vestimos, escovamos os dentes, deitamos e apagamos...



                                           Continua.....


Notas Finais


Espero que gostem
Até o próximo ♡♡♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...