História Eu apenas comecei... - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Seokjin (Jin), Park Jimin (Jimin)
Tags Imagine Bts, Jungkook
Visualizações 52
Palavras 1.432
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Depois de quatrocentos e vinte dois anos,aqui estoy eu.

Capítulo 3 - Bônus


5 minutos.

Faltavam apenas cinco minutos para aquela aula acabar,era a última.

   Graças a Deus !

     ...

A aula finalmente acabou. Já tinha guardado meu material,e agora,bem,agora eu estava esperando S/N sair da sala. Decidi que vou mais cedo na casa dela fazer aquele trabalho chato -que eu nem prestei atenção, aliás-, e talvez se der tempo,algo mais.

   Quem sabe,não é mesmo ?

S/N saiu de sua sala. Sorri ao vê-la. Ela caminhou até mim com uma expressão um pouco confusa. 

- O que você...- A interrompi.

- Temos um trabalho juntos.

- Eu sei. Mas...

- Não podemos perder tempo,meu anjo.- A interrompi novamente. S/N corou com o apelido.- Vamos ?

- Sim.

Começamos a caminhar pelos corredores da escola. S/N guardou os materiais em seu respectivo armário,então continuamos o caminho,saímos da escola e fomos em direção a casa da garota ao meu lado.

- Você mora com alguém ?- Quebrei o silêncio. Não que estivesse me incomodando,mas parecia incomodar S/N.

- Divido com mais duas pessoas,mas vão chegar mais tarde hoje.

Abri a boca em um "ah". Em menos de 10 minutos estávamos na frente de um prédio de seis andares,S/N andava na frente,eu estava muito distraído em meus próprios pensamentos,não conseguia andar mais rápido -estava quase parando-,a indisposição não permitia que meus pés fossem mais rápido.

Segui S/N até a portaria,ela cumprimentou o senhor de idade vestido de azul marinho,com o nome em uma pequena plaquinha grudada ao lado direito de sua farda.Kang. Entramos no elevador,S/N apertou no quarto andar,veio até mim e se colocou ao meu lado,nos olhamos.

Ah... Como eu amo esses olhinhos grandes...

S/N sorri e me dá um selinho rápido,ela abaixou a cabeça, envergonhada. E eu,estava bobo,com os olhos arregalados e um largo e bobo sorriso.

Rapidamente chegamos ao andar onde S/N deveria morar,saímos do elevador e começamos a andar em um corredor de paredes cinza claro,com várias portas marrons;paramos em frente a uma. 47.

Entramos no apartamento de cor clara,tiramos nossos sapatos e deixamos na entrada,o apartamento era até que bem arrumado.

- Vem.- Dizia S/N entrando em um corredor,fui atrás dela.- Seja bem-vindo ao meu quarto ! - Abriu uma das portas do corredor,revelando assim,seu quarto.

- É bem legal.- Entrei atrás de S/A. O quarto tinha cores claras,estava bem organizado,tirando uma prateleira cheia de livros,um porta-retrato,uma câmera e outras coisas.

- Obrigada. Recusa a bagunça.- Disse envergonhada.

- Bagunça ? Que bagunça ? Este lugar está em perfeita ordem !- Rimos.

- Sente-se. Vou te explicar o que é pra fazer.

S/N me explicou o que era pra fazer,pelo menos dessa vez a mosquito -apelido dado porque ela usa um óculos estranho que faz ela parecer um,sem contar a voz irritante e aguda que aquela ajumma tem- passou algo fácil.

     ...

Já fazia algum tempo que eu estava fazendo aquele trabalho com S/N,estava tudo indo bem, realmente não era um trabalho difícil,S/N pesquisava enquanto eu anotava;ela havia dito para que eu copiasse uma frase,e era isso que eu estava fazendo.

- Kookie...- Me chamou manhosa em meio ao silêncio daquele quarto. Murmurei apenas um "hum",sem tirar os olhos do trabalho,estava quase acabando. Pude ouvir S/N bufando.

- O que foi ? - Perguntei sem obter resposta,apenas senti o caderno -que servia de apoio para a folha do trabalho- sendo tirado de meu colo,recebendo no mesmo lugar,uma S/N de olhar pouco inocente.

- Me dê atenção.- Entrelaçou os braços ao redor de meu pescoço e se arrastou mais para frente.- Não sabe o quão sexy fica quando está concentrado.- Sussurrou próxima ao meu ouvido,logo mordendo o lóbulo do mesmo.

- S/N... Temos trabalho à fazer.- Segurei sua cintura.

- Até parece que se importa.- A garota começou a rebolar,me fazendo fechar os olhos.- Acho que vou ter que dar um empurrãozinho.- Saiu do meu colo.

S/N começou uma dança sexy,muito sexy,ela ia tirando as roupas enquanto rebolava,aquilo estava perfeito,me fazia acordar,eu queria entrar logo em S/N. Levantei um pouco e abaixei as calças até o meio das coxas,sem tirar os olhos de S/N,terminei de tirar minhas calças. Ela estava quase nua,tirando aquele tecido que eu já havia visto hoje,a peça devia estar bem molhada;S/N abaixou a calcinha e pegou um pacote,ela jogou ele em mim,abri o mesmo e coloquei em meu membro já duro. S/N andou rapidamente até mim,arrancou meu blazer junto da camisa social branca que eu usava. S/N sorriu maliciosamente pra mim e se sentou diretamente no meu pau,nos fazendo gemer/gritar alto.

- Own baby...

- Você é tão gostoso,daddy.- Começou a quicar rápido em mim. S/N continuava apertada, tão gostosa.

Eu poderia sentir ela quicar em mim para sempre. S/N me puxou para um beijo necessitado,nossas línguas lutavam por espaço;estava muito bom, porém a maldita falta de ar se fez presente,nos fazendo separar o beijo. S/N aumentou a velocidade,nossos gemidos ecoavam pelo quarto,assim como nossos corpos se chocando,eram movimentos rápidos,fundos e acima de tudo,gostosos. S/N fazia aquilo muito bem,nem parecia que a algumas horas atrás ela chorava de dor.

- Kookie...- Gemeu manhosa.

Estava quase chegando ao meu ápice,S/N era deliciosa.

Passaram mais alguns minutos, então cheguei ao meu ápice junto com S/N,soltamos um gemido alto de prazer,S/N abraçou meu pescoço, cansada. Estávamos os dois ofegantes e suados.

- Você foi bem. - Acariciei os cabelos da garota em meu colo,pude ver um sorriso se formando em seus lábios.

Deitei S/N na cama após minha respiração voltar ao normal,ela sorriu levemente para mim,retribui da mesma forma. Fui até o banheiro e tirei o preservativo de meu membro,fiz minhas necessidades porque também sou filho de Deus.

Voltei pro quarto,S/N continuava deitada, completamente exposta,ela estava de olhos fechados,com a mão esquerda em sua parte íntima,aquilo me fez pulsar,principalmente quando ela lambeu os lábios e sussurrou meu nome de forma manhosa.

Me aproximei de sua cômoda sem fazer barulho e peguei outra camisinha,a abri -o que fez barulho- e a coloquei.

- Kookie ? - Abriu os olhos.

- Não deveria me provocar,baby.- Disse rouco,colocando a camisinha e subindo em cima de S/A.

- E-eu...

- Sh... - Coloquei o indicador em sua boquinha gostosa,fazendo sinal de silêncio.

Beijei os lábios de S/N docemente,um beijo lento e calmo,talvez o nosso primeiro  beijo daquela forma,a boquinha de S/N era tão boa,o tempo parecia parar com aquilo,mas senti meu membro se manifestar. Eu precisava dela.Separei o beijo com selinhos. 

Posicionei as pernas de S/N ao redor de minha cintura e me distanciei minimamente,coloquei minha glande em sua intimidade,S/N fechou os olhos e gemeu baixinho.

- Daddy...- Beijei seu mamilo,a fazendo arrepiar.- Ohn... Não faça isso comigo...- Começou a rebolar,S/N me desejava dentro dela,eu podia perceber apenas por seu olhar.

- Não sei se você merece.- Ela fez um biquinho e franziu o cenho.- Deveríamos estar terminando - Lhe dei um selinho.- o trabalho.- Beijei novamente seus lábios. Eu realmente não me importava com aquele trabalho,mas provocar S/A era bem atrativo pra mim.

- Aquilo é chato ! E duvido que você ligue.- Ergui uma sobrancelha,sai de S/N e lhe dei um tapa na coxa,a fazendo gritar.

- Respeite seu daddy ! - Disse sério.

- Kookie ! Seja bonzinho comigo ! - Outro tapa.- Pare ! Não pode fazer isso ! 

- Eu que mando ! Você só obedece.- S/N fez uma cara emburrada.- Só porque foi uma má garota,vai sofrer consequências ! - Virei S/N de bruços e entrei dentro dela com força,ela arqueou as costas e gritou de prazer,dei um tapa em sua bunda.

- Não te deixei gemer !

- Mas... AH ! - Gritou depois que lhe desferi outro tapa.

- Calada ! - Disse autoritário.

S/N se calou e eu comecei a penetrar forte nela,apenas meus gemidos eram ouvidos. 

Segurei os cabelos de S/N e os puxei,fazendo suas costas se grudarem ao meu peitoral nu e suado. S/N mordia os lábios para não gemer.

- Geme,princesa.- Sussurrei em seu ouvido.

Automaticamente,S/N gemeu alto,aquilo me excitou mais ainda,comecei a penetra-la mais forte ainda.

S/N levou uma das mãos até meus cabelos e os puxou levemente. Levei uma de minhas mãos até sua intimidade,penetrei dois dedos ali,S/N gemeu alto,eu penetrava ela cada vez mais forte,com meu membro e meus dedos,que logo seriam recompensados com sua porra. S/N levou uma das mãos até onde a minha estava,ela fazia meus dedos irem mais rápido,parecia tão necessitada.

Nossos gemidos aumentaram a cada estocada,S/N era tão boa...

- Daddy...- Gemeu,e logo senti seu líquido me melando.

S/N caiu de quatro na cama,continuei a penetrando forte.

- Sh... Só mais um pouco...

Em poucos minutos senti meu ápice chegar,sai de S/N e cai sobre seu corpo.

Nossas respirações foram voltando ao normal, então levei uma mão até a nádega direita da minha princesa,fiquei acariciando ali. Ficamos deitados por um tempo,depois terminamos aquele trabalho.


1 semana depois...


E lá estava eu,naquela aula chata,a professora nos daria o resultado do trabalho,ela já estava falando na verdade.

- S/N e JungKook...- A olhei.- 10.

Sorri satisfeito,S/N fez um bom trabalho.




Acho que minha baby merece uma recompensa...


Notas Finais


Perdão pelos erros,eu juro que revisei,se tiver um erro,passou despercebido... Miserável...

Obrigada por chegar até aqui ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...