1. Spirit Fanfics >
  2. Eu caminho sempre com você. >
  3. Nem todos desejos podem ser resolvidos imediatamente

História Eu caminho sempre com você. - Capítulo 8


Escrita por:


Capítulo 8 - Nem todos desejos podem ser resolvidos imediatamente


O dia havia chegado, Rin iria encontrar novamente seu amado. Ela estava muito feliz e ansiosa. Vestiu seu melhor Kimono, passou um pouco de maquiagem, gostaria de fazer um penteado diferente em seu cabelo, só não sabia qual. Kagome foi até a cabana da Rin, ela gostaria de pedir um cesto emprestado.

 

Kagome: Uau Rin ! Você está linda - com os olhos brilhando - Qual a ocasião especial ? 

 

Rin: O Senhor Sesshoumaru virá hoje - com um belo sorriso no rosto - Senhora Kagome, poderia amarrar essa fita em meu cabelo ? 

 

Kagome acenou e fez o que a amiga pediu. 

 

Rin: Obrigada ! Hoje vou perguntar ao Senhor Sesshoumaru se posso voltar a viajar com ele - disse isso esfregando a mão de nervoso. 

 

Kagome: Eu sei que ele vai aceitar...

 

________________________________________________________________

 

Jaken: Amo Sesshoumaru, está aqui o que me pediu. Tem certeza que não quer que eu peça ao Ah-Un para deixar com a Rin ? Não acha arriscado continuar visitando-a depois do ataque ? 

 

Sim, era arriscado. Sesshoumaru sabia que o Jaken estava certo. Mas este encontro não poderia ser adiado, ele havia dado sua palavra a Rin. E mais que isso, ele queria muito vê-la, sentir seu cheiro e ouvir sua voz.

 

Sesshoumaru: Esta será a última, até que eu esteja seguro que está tudo bem. 

 

Mahina estava escutando a conversa de Jaken e Sesshoumaru, perto da porta. 

 

Pensamentos da Mahina: Então depois de hoje, será o momento certo para agir. 

 

________________________________________________________________

 

Kagome: Rin chan, você quer se casar comigo? - imitando a voz do Sesshoumaru ríspida. 

 

Sango: Claro que aceito senhor sesshoumaru

 

E todas caíram na gargalhada, inclusive a Rin.

 

Kagome: Pronto, agora que você já viu o diálogo treinado comigo e com a Sango, você vai estar mais confiante para se declarar a ele.

 

Rin: Espero que sim -  terminando de rir - Está quase na hora, irei pro lugar marcado.

 

Kagome: Vamos Sango levante ! Levante seus braços comigo e grite Banzai, para desejar boa sorte a Rin.

 

Sango e Kagome: Banzai !

 

Rin foi prontamente ao local que havia combinado com o Sesshoumaru.Ao chegar no local ele já estava sentado na árvore, à sua espera. O coração da Rin começou a acelerar mais do que a ultima vez, suas mãos estavam suando muito parecia que o tempo tinha parado.

 

Sesshoumaru: Rin, estás bem ? 

 

Rin: Sim - indo de encontro a ele, e sentando-se ao seu lado.

 

O silêncio ficou por uns instantes. Rin não sabia o que falar, e estava tentando tomar coragem para pedir ao seu amor, que gostaria de ficar ao seu lado novamente. Esse silêncio foi quebrado por Sesshoumaru.

 

Sesshoumaru: Rin, hoje não posso ficar por muito tempo. Eu vim porque queria lhe ver. - Virando-se para ela e olhando fixamente em seus olhos.

 

Sango e Kagome estavam à espreita numa moita.

 

Kagome: Será que é agora que ele vai se declarar a ela ? 

 

Sango: shiuuuu, eles vão perceber que estamos aqui. 

 

Sesshoumaru: Gostaria que voltasse a viver ao meu lado, se for da sua vontade … 

 

Rin: É tudo o que eu mais quero Senhor Sesshoumaru, e eu .. - disse alegremente e corada.

 

Sesshoumaru: Porém - interrompendo Rin - não posso levá-la comigo. Existem perigos atrás de mim, não quero colocá-la em risco novamente - passou sua mão levemente ao rosto da jovem, depois se levantou para ir embora.

 

Os olhos da Rin começaram a encher-se de lágrimas. 

 

Sesshoumaru: Isto é para você - Entregando-a um pacote - Se cuide, e assim que eu puder eu volto.

 

E assim ele partiu. Rin abriu o pacote, lentamente. Estava triste, pois queria ir com seu amado. Dentro do pacote havia um livro, um colar e um bilhete: 

 

**BILHETE **

Lembre-se:  Nossos corações estão amarrados, e sempre estarão. Não existe força nenhuma que irá separá-los.

 

E ela pôs-se a chorar. Kagome e Sango saíram da moita para consolar a amiga.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...