História Eu consigo te sentir, aqui, comigo. - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Taehyung (V)
Tags Amor Unilateral, Consigo Te Sentir, Taehyung
Visualizações 15
Palavras 282
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Droubble, Ficção, Universo Alternativo

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Meu lindo Taehyung não deve sofre de amor unilateral, sorte dele.

Capítulo 1 - Único como seus toques em minha mente


Eu consigo sentir. Eu consigo te sentir, aqui, comigo. Consigo sentir seus toques no meu corpo. Consigo sentir seu beijo, você sorrindo contra a minha boca. Consigo sentir seus braços em volta de mim, enquanto dormimos juntos mais uma noite.


Eu consigo ver. Consigo te ver, aqui, de frente para mim. Consigo ver seu belo sorriso, que aos meus olhos, é o mais lindo do mundo. Consigo ver você feliz. Consigo ver nós dois, juntos.


Eu consigo ouvir. Consigo te ouvir, falando eu te amo, para mim. Consigo ouvir o apelido que tu me destes. Consigo ouvir você falando ao pé do meu ouvido, te quero.


Eu consigo fazer tudo isso. Tudo isso que minha imaginação está disposta a me proporcionar, e você não.


Consigo te sentir, ver, e ouvir. A imaginação pode nos levar a vários lugares, e a minha me leva a você. Já que não podemos ter certas coisas na realidade, podemos sonhar, não é mesmo? Sonhar é de graça. Podemos ter esperança? Por mais que seja por algo que parece ser impossível? Será que podemos? Eu espero que sim.


Porque eu consigo te ver, amor. Eu consigo te sentir, te ouvir. Mas está tudo em minha mente, não passa de sonhos aparentementes impossíveis.


A verdade é que, eu sofro, de um amor unilateral por ti, mas você não pode me corresponder, não é mesmo? Você não consegue, você não quer, você não sente o que eu sinto.


E por mais que doa. Por mais que eu esteja cansada disso, desse amor falso, de esperar por algo que nunca irá acontecer, eu ainda te amo, ok?


Porque sonhar é de graça, sonhar com você me faz bem. Eu acho.


Notas Finais


Postei e sai correndo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...