História Eu e mais três garotos - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 17
Palavras 821
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção Adolescente, Luta
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Voltei eee
AGR leiam

Capítulo 5 - Idiota


Fanfic / Fanfiction Eu e mais três garotos - Capítulo 5 - Idiota

Se passou um mês... 

As coisas não iam nada bem... Tanto meu relacionamento como na família pelo meus irmãos e desgraças acontecendo na minha vida...

Eu Tava deitada olhando pro teto... Entre esse mês que passou tive varias brigas com j.paulo com meus irmãos ... lágrimas escorrem em pedido de socorro de só querer paz... Meus irmãos não estavam em casa nem minha mãe 

Eu decido conversar com minha melhor amiga Laura , a gente fala sobre umas coisas que andavam acontecendo... Eu falo tudo pra ela pra não me sufocar... Em tantos problemas Eu confio nela muito eu amo ela... Como amiga as vezes fico pensando se acontece se algo com ela... eu sem ela... Uma grande marca apareciria no meu peito de tanta saudade da aquela praga... Se alguém fize se algo com ela eu nunca perdoaria aquela pessoa... justiça ia ser feita... 

Depois de tempo conversando... Vou conversar com j.paulo mais ele me ignora... Até que ele me responde e ele foi bem grosseiro... com migo nois briga novamente... eu estava sega... Por amar tanto ele... Vou até cozinha pego um copo de água pra me acalmar... Ele diz que quer terminar ali mesmo é como se eu levasse um tiro... Eu fico olhando pra água do copo... choro desesperadamente... Eu só sentia raiva e tristeza tanto que eu jogo o copo na parede...Me ajoelho perto dos cacos de vidro chorando... Eu coloco a mão em cima dos cacos de vidro espalhados eu sinto eles perfurarem minha pele... Eu me sinto mais aliviada sentindo dor... fico vendo o sangue escorrer pelo meu braço... No meio disso tudo Eu dou um sorriso... 

Em casa chega meu irmão Yuri ele me vê chorando ajoelhada entre os cacos de vidro... 

Yuri sai correndo rapidamente pra me tirar da ali 

Yuri : Aline calma, o que aconteceu? Ele me abraça bem forte 

Eu :O j.Paulo não me ama... Ele não me a....ma  (chorando) ele não se importa comigo.... ahh. .. 

Yuri olha pra mim como se estivesse transbordando de raiva... Eu sentia ele me abraçar com força....

Yuri : calma Aline... Ele vai ter o que merece logo logo...

Eu : Eu não quero mais ver ele

Depois minha mãe vem com Ian e Deri

Mãe : Deri vai pro quarto 

Deri : Tá... pq a mana tá sangrando??

Eu sentia dó dele... Por não entender nada... Pela sua inocência...

Deri : Eu quero A mannaaaa....(Ele tava muito preocupado )

Mãe :  Não ! O Ian vai com você pro quarto 

Ian : -.- Eu avisei

Mãe : NÃO ME FAZ PERDE A PASCIENCIA VAI PRO QUARTO OS DOIS

os dois foram...

Minha mãe e meu irmão foram pra sala me colocando no sofá... 

Mãe : O que foi?

Eu : Mãe ele não me ama .... (chorava )

Mãe : Que ? Quem?

Yuri : Ohh....

Pelo olhar do Yuri não queria pronunciar o nome pra eu não sofrer...

Minha mãe percebe o que estava acontecendo... Ela me abraça me tranquilizando em seus braços... Ela faz carinho em mim mechendo no meu cabelo... enquanto Yuri fazia os curativos na minha mão... 

Se passou esse dia horrivel 

... Me arrumo pro colégio...

Depois de arrumada fico olhando pra minha mão toda enfaixada... Eu fecho ela mesmo sentindo dor 

Yuri : Vai piorar...

Aline :Vamos vem *eu sigo o trajeto até o colégio abraçada com meu irmão...Yuri...*

Encontro Laura 

Laura : Nossa Aline...*percebe que tava triste*

Ela me da um forte abraço sem ter vergonha mesmo do que meu irmão estivisse já abraçado comigo 

Na entrada do colégio... olho aquele capeta mais ignoro ele... Eu e Laura passamos perto dele rindo e meu irmão acampanhou o Ian e Deri 

Depois veio o pinheiro a gente conversava muito daí o j.paulo foi chegando perto de nois meio sem geito... Eu só olhava pra ele com um sorrisinho... meio que escrito na minha testa "Ó se fudeu" Eu Tava tipo não chega perto de mim por que eu mordo tá bom 

Bate o sinal...

Eu e Laura ficamos andando o segundo andar inteiro  (o colégio tem 3 andares ) Eu vi ele correndo o j.paulo por que ele nunca para quieto... Ele passa perto de mim correndo eu estendo o braço e bato nele isso me deixa feliz... Ele continua correndo... sentindo um pouco de dor e me xinga e eu continuo com meu sorrisinhos meios que demoniocos eu riu desesperadamente dele a Laura até se assusta pensando que deu a de assassina do nada em mim 

Depois tavamos descendo do segundo andar ele tava na minha frente Laura tava do meu lado... Eu olho com uma vontade de impurrar ele

Laura : Não... Se acalma 

Eu resmungo...

Bate o sinal... 

E de novo eu não presto a tenção nas aulas...

Volto pra casa ainda mais nervosa 

Ian : Ui tá bravinha

Eu :TU CALA A BOCA POHA!!

Ian : Olha sou mais velho que vc

Eu : FODA SE EU VOU CALAR A TUA BOCA MAIS TU NUNCA MAIS VAI ABRIR (falo num tom gritando... E ameaçador)

Yuri : Deixa ela cara

....















Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...