1. Spirit Fanfics >
  2. Eu e Você -NaruHina- >
  3. Surpresa

História Eu e Você -NaruHina- - Capítulo 24


Escrita por:


Notas do Autor


Oi amores... é melhor eu parar de chamar vcs de amores... o MoedaAchatado fica todo enciumado ksksksks Bom eu vi que alguns de vcs gostaram da fic dele, isso me motiva a motivar ele a continuar escrevendo ksksksk Já que ele é um preguiçoso do cão! Skskskskks Bom mais um capítulo dessa fic! Divirtam-se

Capítulo 24 - Surpresa


♧Hinata Hyuuga♧

Meus Deus que vergonha!

Eu ruborizava de vergonha, Naruto gritava desesperado com a tia Kushina que gargalhava sem parar

-Para de rir mãe!- Naruto gritava enquanto gesticulava os braços em desespero

-Vocês são tão bonitinhos!!- Tia Kushina gargalhava, ela chegou a se apoiar na parede de tanto que ria

-Para com isso mãe!- Naruto continuava gritando desesperado

Eu coloquei minhas mãos no rosto para esconder a tamanha vergonha que sentia

-Ah! Bonitinhos- Tia Kushina parou de rir -Vamos ao mercado?

Eu e o Naruto, acentimos positivamente

-Então vamos!- Tia Kushina sorriu saindo do quarto

-Meu Deus que vergonha!- Naruto se deitou na cama suspirando

-Ah... mas foi engraçado- Falei me sentando na cama ao lado de Naruto

-Vamos indo?- Naruto se levantou

-Vamos!- Me levantei e saímos do quarto

-Minhas crianças estão pronta?- Tia Kushina estava sentada no sofá da sala nos esperando

-Sim- A respondi

-Pra que se arrumar, vamos apenas para o mercado- Naruto falou brincando

-Então vamos!- Tia Kushina se levantou e nós três saimos da casa, entrando no carro, eu me sentei atrás, na frente estava Naruto e a Tia Kushina que iria dirigir




<><><>




Chegamos ao mercado, Tia Kushina pegou um carrinho

-Ei, tia! Deixa que eu empurro!- Me ofereci para ajuda-la

-Você tem certeza?- Ele me perguntou

-Tenho sim- Falei pegando o controle do carrinho

-Ah Hinata... você é um amor!- Ela falou

-Isso... não é verdade- Falei com um corar de leve no rosto

-É isso ai!- Naruto... entrou dentro do carrinho, eu e a Tia Kushina colocamos a mão no rosto de vergonha

-Naruto... você não acha que está muito grande isso?- Falei constrangida, o problema não era o que as pessoas iriam pensar o problema era empurrar o carrinho com uma "criança" daquele tamanho

-Por isso evito vim no mercado com ele- Disse a tia Kushina rindo abobalhada

-Ah para de reclamações! Vamos nessa!- Naruto se ergueu bruscamente

-NÃO FAZ ISSO NARUTO!- Gritei segurando o carrinho para não tombar

-NARUTO CUIDADO!- Tia Kushina gritou

-Foi mal! Foi mal, foi mal- Naruto repetiu se encolhendo dentro do carrinho

-Hinata, tem certeza que não quer que eu empurre o bebezão?- Tia Kushina brincou

-Não sou um bebê!- Disse Naruto indignado

-Ah não é?- Falei irônica -Não tia, eu empurro não se preocupe- Falei me virando para a tia Kushina

-Então vamos!- Disse a tia Kushina, entrando dentro do mercado e logo empurrei o carrinho a seguindo

-POR ALI! Por ali!- Naruto apontou para a Tia Kushina que estava indo para a sessão de hortaliças

-Lá vamos nós- Acabei entrando na brincadeira

-Vamos! Está muito lento!- Naruto batia nas laterais do carrinho -Vamos Hinata! Mais rápido! Mais rápido- Ele ria

-Não é fácil empurrar tá ok?- Eu adverti ele que apenas riu da minha cara

-Ah qual é! Vamos Hinata! Repeti comigo! Asas batendo! Marcha de decolagem! Turbina e... - Naruto falou, eu entendi a referencia, bom... o que pode custar brincar um pouco? E passar vergonha também... hehe

-E Já!- Falei constrangida empurrando o carrinho com mais força

Naruto sorria da minha cara de vergonha por estar fazendo isso

-MEU DEUS HINATA CUIDADO!- Naruto gritou e eu brequei o carrinho com tudo, o Naruto quase chegou a cair pra frente

-Por Deus... quase- Suspirei aliviada... eu quase atropelei uma criança com um carrinho de mercado

-Nossa... Hinata sua doida!- Falou Naruto

-Eu não vi o garotinho- Me justifiquei com o garotinho que nos olhava bem feio por sinal

-SEUS MONSTROS!- O garotinho gritou -Vou contar para a mamãe!

-Vai contar para a mamãe bebezinho?- Naruto provocou a criança

-NARUTO!- Adverti o Naruto

-Eu não sou bebezinho!- O garotinho gritou irritado

-Foi mal- Me desculpei boba com o garoto

-Não me enche!- O garoto me deu um chute na canela

Disgraçado! Que dor!

-Ah filho da... - Respirei fundo para não pegar esse pirralho pelo pescoço...

-Aconteceu alguma coisa?- Tia Kushina apareceu pondo algumas coisas no carrinho

-Ah... a Hinata só quase atropelou uma criança- Naruto falou

-O QUÊ!?- Tia Kushina gritou

-Não se preocupa, foi Q U A S E um acidente, por sorte, a criança está bem- Falei abobalhada

-Que bom- Tia Kushina suspirou -Bom vamos? Quero vocês perto de mim!- Ela disse bastante autoritária, senti um gelo subir por mim com o olhar dela... ah gente... a culpa é da criança que não olha por onde anda

O Naruto continuava dentro do carrinho, mesmo com o negócio enchendo cada vez mais

-Naruto, daqui a pouco ninguém vai conseguir de ver- Ri

-Não tem problema- Ele se virou esboçando seu sorriso despreocupado

Sabe a sensação de estar sendo olhada por todos? Então... é isso que estou sentindo nesse momento, todo mundo olhando para mim que empurrava o carrinho e pro Naruto dentro do carrinho brincando com as compras

-Que vergonha- Suspirei constrangida

-Não é pra tanto, também- Naruto riu de mim -Está sendo divertido

-Pra você que está ai- Me fingi brava -E eu que tô te empurrando? Olha como estou cansada!- Falei mostrando as minhas mãos vermelhas de tanta força que eu tava precisando colocar no carrinho pra andar

Eu minto mal... mesmo passando essa vergonha... e me esforçando para empurrar esse carrinho... é sempre divertido estar junto desse tonto que eu sou apaixonada desde que me conheço como pessoa

-Vamos Naruto! Saia daí- Tia Kushina falou colocando mais algumas coisas no carrinho -Já deu já! Coitada da Hinata que fica ai empurrando o bebezão

-Ah qual é mãe- Naruto olhou para a tia Kushina e para mim com aquela expressão de choro

-Sem chance! Estou cansada!- Falei

-Vai Naruto, já deu vamos!- Tia Kushina deu o ultimato no Naruto que saiu do carrinho

-Buáaaaaaa Hinata, fala pra ela deixar eu ficar no carrinho- Naruto veio aos choros no meu ombro

-Para de graça!- Falei com uma risada tímida seguindo a tia Kushina

Um pouco depois eu e o Naruto, estávamos olhando algumas porcarias nas prateleiras, enquanto esperávamos a tia Kushina que estava na fila do açougue

-Cara eu amo isso!- Naruto tirou da prateleira me mostrando um salgadinho

-Eu amo isso aqui também! Amo muito!- Falei tirando da prateleira uma barra de chocolate com amendoim

-Ama isso mais do que eu?- Naruto fez cara de coitado, enquanto apontava para si mesmo

-Ah não! Não venha com esse drama aqui não! Estamos no mercado!- Falei indignada

-Ai viu! Realmente não gosta de mim- Ele colocou as mãos no rosto como se estivesse limpando lágrimas -Está sendo grossa comigo

-Meus Deus Naruto! Para!- Falei

-Hum!- Naruto cruzou os braços e fez bico -Sua chata!- Ele desviou o olhar de mim

-Você é realmente muitooooo chato- Falei guardando o chocolate de volta na prateleira

-Eh... Hinata- Naruto desfez aquela pose de enburrado e focou seu olhar em algo atrás de mim

-Foi eles mamãe! Foi eles mamãe!- Assim que me virei vi a mãe daquele pirralho que me deu um chute na canela

-VOCÊS FORAM OS RESPONSÁVEIS DE QUASE MACHUCAREM MEU FILHOTE?- Jesus o que é isso!? Uma voz grossa e grave saiu da boca da mãe

-Foi sem querer- Falei com receio

-ENTÃO FOI VOCÊ?- A moça me olhou com um olhar que nossa! Me arrepiei até o último fio de cabelo

-FOI ELA MAMÃE! A DISGRAÇADA QUE QUASE ME MATOU! ESSA FILHA DA PUTA!- Por Deus que pirralho boca suja da... polenta... heh... hehe

-O moça olha o seu filho falando palavrão- Falei apontando para o pirralho

-E DAI? PELO MENOS ELE NÃO MACHUCA NINGUÉM- Ela me olhou totalmente enfurecida

-Já disse que foi sem querer- A respondi esboçando um sorriso falso, para tentar tranquiliza-la

-É moça, foi sem querer- Naruto se intrometer

-CALA BOCA AI! LOIRINHO E MACHO NÃO TEM MORAL! COMIGO!- Ela repreendeu Naruto

-ISSO AI MÃE! MOSTRA PRA ELES QUEM É QUE MANDA! MOSTRA PRA ESSES OTÁRIOS- Ô porra! Vontade de estrangular esse pirralho!

-Eh... moça, a gente não quer problemas- Naruto levantou as mãos em rendição e eu fiz o mesmo

-VOCÊS QUASE MATARAM MEU FILHO!- A moça tinha seu semblante de raiva piorando

-Foi um acidente- Falei já com meu sorriso bem torto por sinal

-SE VOCÊ TIVESSE MATADO! EU IA TE PEGAR! E ARRANCAR O TEU ÚTERO COM AS MINHAS MÃOS!- Me intimidei com sua ameaça, cheguei a abaixar minhas mãos para me proteger...

-ISSO AI MÃE! METE BRONCA!- Mais que criança chata! Deus abençoe aqueles que terem contato com esta praga... uau virei religiosa hehe... Hinata saia dos seus devaneios... tem uma louca querendo te matar aqui

-QUER QUE EU ARRANQUE O SEU ÚTERO?- A moça me olhou furiosa

-Moça, estamos indo ok?- Naruto me puxou para longe daquela doida...

-NÃO PENSE QUE EU IREI ESQUECER DA CARA DE VOCÊS DOIS!- Disse a moça, eu e o Naruto apenas acenamos e metemos o pé dali

Fomos para a fila do Açougue, onde a tia Kushina estava

-E ai mãe, chegou sua vez?- Naruto perguntou

-Não filho, o açougueiro sumiu, acho que foi matar um boi- Ela comentou irônica, mas ainda divertida

-Gostei do seu senso de humor- Ouvimos uma voz que pra mim, é totalmente desconhecida

-Ah... oi?- Tia Kushina olhou confusa para um moço que estava entrando na fila

-Fila está lenta não é?- O moço puxou conversa, eu e o Naruto nos entreolhamos confusos, tipo... quem é esse cara!?

-Sim está!- A Tia Kushina disse mexendo nos cabelos

-Olha moça, gostei de você, a gente podia sair em um encontro- Olha só! Um cara querendo meter charme na tia Kushina, deixando "piadas" de lado, Isso não é surpreendente, a tia Kushina é muito bonita, para ser sincera, não é tão espantoso ver algum cara querer conversa com ela

Olhei para o Naruto e percebi que ele olhava para aquela situação com desgosto

-Tá com ciúmes?- Murmurei baixo

-O que você acha?- Ele disse com os dentes cerrados

-Já imagino- Sorri de canto

-Então... me diga, qual o seu nome, aposto que tem um nome perfeito para uma pessoa linda como você- Disse o cara todo garanhão

-Kushina, Kushina Uzumaki- Ela respondeu o moço, vi um sorriso ser estampado na cara dele

-Lindo nome, combina bastante com você- Disse o cara, a resposta dele foi bem sem sal, tipo... 99% das pessoas respondem isso

-Então... eh... bom... eu já percebi sua intenção comigo- A tia Kushina respondeu sempre com um bom humor

-Ainda bem que percebeu- O cara sorriu sedutoramente... eu me segurei para não rir

Percebi que o Naruto estava com cada vez mais raiva

-Aliás, Vocês dois!! Querem sair da fila, o que estão fazendo ai? Querendo cortar a fila nessa bela moça?- Disse o cara olhando pra mim e pro Naruto

-Ah sim! É sobre isso que eu ia falar!- A Tia Kushina interferiu -Esse aqui é meu filho -Ela apontou para o Naruto-

Vi o cara ficar com cara de tacho, com um olhar besta, muito engraçado, esse jeito de dar um fora em alguém

-E essa aqui é minha nora- A tia Kushina me apresentou... espera...

NORA!?

Meu rosto começou a ferver, juro que cheguei a apitar como uma chaleira em ebulição

-Você já tem filho?- O cara falou perplexo

-Sim- Tia Kushina respondeu

-Por isso não esperava- Disse o cara

-Eh! Pra você ver... sou até sogra!- Ela ria enquanto eu tinha o rosto cada vez mais quente e o Naruto caia na gargalhada

-Ah... eu preciso ir- Disse o cara se mandando daqui

-É isso ai! Sai fora daqui! Não tô afim de ter um pai substituto- Naruto gritou a risos

-Eu adoro espanta esses pobre coitados- Tia Kushina ria -Hinata tá tudo bem?- Ela me perguntou

-Ah!? Batata?- Que? O que eu tô respondendo!? Ah meu Deus...

-Batata? Hinata cê chapou eh?- Naruto me olhou confuso, vi que tinha um corar de leve no rosto... acho que não foi apenas eu que ficou constrangido...

-Não... eu tô bem- Falei forçando um sorriso com meu rosto ainda vermelho como um pimentão vermelho... não Hinata! Como um pimentão amarelo! Gênia!

-Pensei que estivesse com febre- Tia Kushina comentou

-Não... eu tô bem, de verdade- Falei, olhando para o chão brincando com meus dedos

Passou algum tempo naquela fila, depois que fomos atendidos fomos todos até a sessão de massas

Tia Kushina, olhava alguns pacotes de massa

-Hey! Hinata o que você acha desse tipo de macarrão?- Ela me perguntou

-Eu não, nunca experimentei- Falei sem jeito

Naruto estava vagueando em seus devaneios enquanto olhava para os pacotes de macarrão, me aproximei dele

-Naruto?- Chamei tocando em seu ombro

-Hum!? Claro que aceito!- Ele berrou totalmente confuso e assustado, percebi que várias pessoas nos olharam, eu tentei ignorar e a tia Kushina também nos olhava abobalhada

-Você tá bem?- Olhei preocupada e confusa para ele

-Eu?- Ele me olhou bobo

-Não, a moça ali- Falei irônica

-Ah para de graça- Ele desviou o olhar de mim

-Mas sério! Você tá bem?- Perguntei olhando diretamente para ele

-Eu tô... por quê?- Ele me respondeu coçando a cabeça

-Está nervoso com algo não é?- Rebati ainda olhando para ele

-Sim, mas nada preocupante- Ele riu nervoso

-Está bem- Falei, melhor não insistir nisso... se continuasse talvez ele acabasse ficando mais nervoso -Hum... o que acha de irmos ajudar a sua mãe?- Mudei de assunto

-Claro! Boa ideia!- Ele me respondeu com um sorriso agradecido, não entendi o motivo...




<><><>




Mais tarde, acabei jantando na casa do Naruto, por insistência dele mesmo, não queria causar "problemas" a tia Kushina, depois de jantar, tia Kushina me deu carona até em casa

Já são 9 horas da noite, olhei para o relógio, estava na sala junto da minha mãe e minha irmã

Estamos assistindo um filme de romance, bem besta... não que eu odeie filme desse tipo... mas esse filme é muito ruim

-Que filme de romance besta- Comentei

-Hinata... não é filme de romance- Minha mãe retrucou

-Não?- Olhei inacreditando no que ela dizia

-Hinata... isso é um filme de ação- Minha mãe me olhou confusa

-Sério?- Perguntei ainda inacreditando

-Mais uma vez, você não prestou atenção no filme- Hanabi murmurou

-Que isso gente! Que julgações são essas?- Brinquei conseguindo tirar risadas da mamãe e da Hanabi

Começamos a rir sem parar, quando ouvimos batidas no portão de casa

-Quem será essas horas?- Perguntei

-Não sei filha, gente nem noção! São 9 horas da noite- Minha mãe falou bem revoltada

-Será que é um monstro?- Hanabi se abraçou a mamãe

-Falei pra você, não deixar a Hanabi assistir aqueles filmes de terror- Falei tentando advertir minha mãe

-Olha quem fala!- Ela olhou brava pra mim

-Ai tá bom, desculpa- Falei, poxa pode mais nem brincar que ela me dá um esporro

As batidas continuaram

-Deixa que eu atendo- Me levantei do sofá

-Cuidado filha- Minha mãe

-Pode deixar- Falei tranquila

Sai de dentro de casa indo em direção ao portão, as batidas continuavam sem parar, destranquei o portão e abri

-Boa noite, desculpa incomodar

-Pa...pai?


Notas Finais


E ai gente? Curtiram? Comentem😙😙😙😙 Meus amores ksksksksksksk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...