História Eu em Sweet Amoris?! - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Agatha, Alexy, Ambre, Armin, Bia, Boris, Castiel, Charlotte, Dajan, Dakota, Debrah, Iris, Jade, Kentin, Kim, Leigh, Li, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Personagens Originais, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Senhora Shermansky, Thomas, Viktor Chavalier, Violette
Tags Amor Doce, Armin, Castiel, Kentin, Lysandre, Nathaniel
Visualizações 126
Palavras 1.501
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um capitulo :3 Espero que tenham gostado por eu ter publicado 2 capitulos ontem XD <3

Falando neste capitulo, admito que queria meter o Nath a apoiar a Liliana, mas não podia porque ela também tem que ter momentos com outros paqueras.

Capítulo 11 - Episódio 11 - Cachorro dos infernos


Fanfic / Fanfiction Eu em Sweet Amoris?! - Capítulo 11 - Episódio 11 - Cachorro dos infernos

POV Liliana

Eu escondi o rosto no peluche e chorei em silêncio. De certeza que estava patética chorando ali no meio dos corredores com um ursinho nas mãos. 

De repente senti uma mão no meu ombro.

- Não chores.... - eu levantei cabeça e olhei para o rapaz que estava à minha frente, era o... Lysandre... O Lys sempre foi aquele personagem que sempre esteve do lado da Docete, mesmo quem tem pouca afinidade com ele. Talvez foi por isso que eu não me controlei e chorer nos braços dele. Ele colocou as mãos nos meus braços e eu comecei a chorar. Não só por o Kentin, mas por a minha briga com o Nath e também o facto de estar longe da minha família. 

Ele ficou em silencio enquanto me tinha nos braços dele, uns minutos depois eu me acalmei e me afastei algo vermelha. 

- Obrigada Lysandre... - ups! Acho que ele ainda não me tinha dito o nome dele! 

- Fico feliz que já estejas mais calma senhorita Liliana! - ele não me fez nenhuma pergunta. Estranho... Eu posso jurar que ele não me disse o nome dele ontem... Bem ele é bem distraído! Provavelmente ele pensa que se apresentou. E eu também vivo no mundo da lua por isso provavelmente pode se ter apresentado e eu não reparei...  (Nota da autora- Será mesmo distração? Sei não...)  - O Castiel me falou da tua briga com o Nathaniel.

- És amigo dele? - tentei me fazer passar por parva. 

- Sim... Mas acho que sabes disso muito bem não? - eu abri os olhos algo surpresa, como é que... Antes que pudesse perguntar algo vejo um pequeno cachorro a passar por nós. Oh bolas! O Toto! Com esta confusão esqueci-me!! Porque?!!!! - Vamos antes qu...

- VOCÊS 2!!! - eu e o Lysandre olhamo-nos algo nervosos - PORQUE NÃO APANHARAM O MEU CACHORRO?!! Meu pobre Toto... SE ELE ESCAPAR VOCÊS VÃO VER AS CONSEQUÊNCIAS!! 

Eu lá tenho boas pernas para apanhar o cachorro?! Me poupe diretora! 

- Mas... Nós não temos cul...

- SILÊNCIO!! - o Lysandre colocou uma mão no meu ombro e fez sinal para eu me calar - Não quero desculpas! Quero o meu Toto, a coleira, a guia e o brinquedo! AGORA DESAPAREÇAM VOCÊS 2 JÁ!! 

Nós fugimos dali antes que aquela louca nos matasse ali. O meu dia começa bem... Fomos para o jardim. 

- Estamos perdidos! - queixei-me - Nunca vou apanhar aquele cachorro! Será que ela cega e não vê que não tenho a resistência de um aluno normal?

- Não devias te inferiorizar assim tanto... - eu olhei para o Lysandre. Que homem perfeito. Se eu não gostasse tanto do Nath... - E eu estou aqui para te ajudar! 

Ele sorriu para mim e eu corei. Até o sorriso dele é perfeito. Meu Deus! De repente algo se passou por a minha cabeça. O destino dele em Amor Doce será um dos piores... O pior disso é que não posso fazer nada por ele, só impedir que ele seja atropelado. Que dor no coração pensar que ele vai ficar orfão em pouco tempo e eu não posso fazer nem dizer nada! Não! Eu posso fazer algo! Posso ficar do lado dele! Vou fazer de tudo para ser a melhor amiga dele! Sempre vou estar do lado dele! 

- Obrigada Lysandre... Gostaria de te retribuir o favor algum dia... - Meu pobre Lysandre, não merecias nada disto! 

- Vamos nos separar. Eu fico por aqui, no jardim e no ginásio e tu procuras lá dentro! - eu concordei.

- Encontramos-nos em 30 minutos à frente da árvore em que o Castiel sempre está! - disse eu.

Eu entrei na escola, estavam alguns alunos passeando antes das aula começarem, eu fui ao meu cacifo arrumar o ursinho que o Ken me deu, para evitar o bullying da Ambre, Eu suspirei lembrando-me do dia de ontem quando impedi a briga do Castiel e do Nathaniel. Olhei para a sala dos representantes, tinha a porta fechada. Aproximei-me da porta e coloquei a mão na maçaneta. Queria falar com ele, mas de repente afastei a mão. Para a minha surpresa a porta abriu-se. Eu e o Nathaniel estavamos um à frente do outro. Eu corei como um tomate e ele também corou um pouco.

- O...Olá... - dissemos ao mesmo tempo. Eu baixei o olhar e ele colocou uma mão atrás da cabeça.

- Eu .... Liliana eu... - ele pegou na minha mão. Ai Deus! O meu pobre coraçãozinho não vai aguentar! - Perdoa-me! Eu fui um idiota! Tu tens o direito de escolher as tuas amizades! 

- Não te preocupes... Eu já não estou zangada!  - eu coloquei a minha mão em cima da mão dele. Ele suspirou alviado e sorriu para mim - Ehm... Como ficou a história do Castiel? 

- Ele não foi expulso! Ao menos por agora! - eu sorri aliviada. Ele olhou para o lado algo constrangido e deu de ombros - É verdade... Desculpa também por isso... Meti-te nos meus problemas e do Castiel... Tu não tens nada a ver com os nossos problemas!  Mas... Podemos falar de outra coisa sem ser dele? 

- Podemos! Podemos falar do cachorro da diretora! Tu viste-o? 

- Ele voltou a fugir? - ele perguntou enquanto eu olhava para as nossas mãos, ainda estavam unidas, mas logo olhei para ele. Aproveita Liliana!

- Ehm sim... Se eu soubesse que podiamos trazer animais tinha trazido a minha gata! - brinquei para melhorar o ambiente. Funcionou porque ele riu. Ele é tão lindo quando ri... Pára de sonhar Liliana! 

- Ahahah! É algo injusto, mas temos que aguentar afinal ela é a diretora! Mas se eu o vir por aí aviso-te Lili! 

- Obrigada Nath! - ele pareceu feliz de o chamar de Nath.

- De nada... Ehm... Lili... Posso te perguntar algo antes? - eu o olhei com curiosidade. "Queres ser minha namorada?" Se for isso eu aceito já! - Tu... Tu... Tu dá-te bem com a tua familia? 

Quê? Porque me perguntou algo assim? O que lhe digo? "Olha a minha familia é de outra dimensão e bla bla bla...". Vai achar que eu sou louca! 

- Ehm... Tem dias... - respondi. Ele olhou-me algo desconfiado. Será que ele sabe que sou de outra dimensão? Pff Liliana por favor! Deixa de ser paranóica! Só o Armin e o Alexy sabem disso - E tu e a tua? 

Ele deixou a minha mão e virou-se de costas algo nervoso. 

- Bo...Bom... Deverias ir procurar o cachorro! - ele mudou de assunto. Ainda é muito cedo Lili idiota! - Não quero que sejas punida!

- Está bem... Hum... Nath? - ele olhou para mim nervoso - Somos amigos?

- C...Claro que sim! - ele sorriu para mim vermelho.

Eu sorri e fui embora. Comecei a procurar os obejetos, a verdade já não me lembrava onde encontrar os objetos do Toto. Estava perto da sala do porão quando alguém me envia uma mensagem. Era do Nath!

Nathaniel: Olha Lili encontrei a coleira do Toto! 

Eu nem li 2 vezes e fui a correr em direção ao Gremio. O Nath entregou-me a coleira. Ao menos nesta dimensão os garotos ajudam-me! Despedi-me dele e fui em direção ao sitio combinado com o Lysandre. Ele estava a falar o o Castiel. De repente vejo o Toto bem perto de mim, mas quando eu ia a apanhar-lo ele fugiu. Corri atrás dele, mas tropecei com algo e caí no ali mesmo em frente a eles. Pfff sorte maldita!

- Liliana! - o Lysandre me ajudou a levantar, ao lado dele estava o Castiel que nos olhava algo serio. Estava zangado? Bem.. Ele é o Castiel sempre está de mau humor... - Estás bem? 

Olhei para o meu joelho e estava ferido, suspirei. Hoje não era o meu dia!

- Trapalhona! - o Castiel comentou antes de se ajoelhar nos meus pés e me pôr um pequeno curativo  no joelho. - Que azar que não tinha o telémovel nas mãos.. Ias direitinha ao You Tube!

Eu olhei para ele zangada enquanto ele apanhava o objeto onde eu tinha tropeçado. Era o brinquedo daquele cachorro dos infernos! De longe vi a Ambre a olhar para mim. Estava vermelha de raiva. Eu sorri, até que enfim algo bom acontece! Ela não esperava que o Castiel me ajudasse! 

- Bom... Encontrei a guia no jardim! - o Lysandre falou enquanto o Castiel se levantava. 

- O Nathaniel encontrou isto aqui! - eu mostrei a coleira com um sorriso. 

- Ah! Tu e o teu representante fizeram as pazes? - eu corei como um tomate - Pela tua cara vejo que sim... Boa sorte com a vossa missão... 

- Espera! Tinhas dito que nos ias ajudar! - O Lys falou, mas ele nos ignorou por completo. Suspirei. Este rapaz é bipolar só pode... - Bom parece que somos nós 2 contra o Toto!

 Só espero que nesta versão o consigamos apanhar mais cedo!   

CONTINUA....


Notas Finais


Eu disse que os episódios não iam ser 100% iguais ao do jogo :3

Conseguirão a Lili e o Lysandre encontrar o Toto? Ou vão precisar da ajuda?

E no final do dia com quem será que a Liliana terá o encontro? Castiel? Nath? Lysandre?

Ps- Eu vou tentar escrever outro capitulo ainda hoje! ;)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...