História Eu em Sweet Amoris?! - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Agatha, Alexy, Ambre, Armin, Bia, Boris, Castiel, Charlotte, Dajan, Dakota, Debrah, Iris, Jade, Kentin, Kim, Leigh, Li, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Personagens Originais, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Senhora Shermansky, Thomas, Viktor Chavalier, Violette
Tags Amor Doce, Armin, Castiel, Kentin, Lysandre, Nathaniel
Visualizações 144
Palavras 1.531
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá bem vindos a mais um capitulo!!

____
Não tem a haver com este capitulo, mas é só uma curiosidade. A Liliana sabe o equivalente do futuro dos rapazes até ao episódio 3 de Amor Doce UL.

Capítulo 13 - Episódio 13 - Jade


Fanfic / Fanfiction Eu em Sweet Amoris?! - Capítulo 13 - Episódio 13 - Jade

Pov Liliana

Mal entrei no jardim, choquei-me com alguém. Cai sentada no chão. Mas hoje é o dia mundial da Liliana cair?! Olhei para cima e À minha frente estava um rapaz de cabelos verdes e olhos da mesma cor. Reconheci-o na hora: Jade! Ele não me parecia nada feliz, mas mesmo assim me ajudou a levantar.

- Tu deves ser a responsável do clube de jardinagem não? Já viste o estado destas flores?! Estão morrendo! - ele nem me deu tempo de falar. 

- B...Bem e...eu não sou responsável de nada! Estou aqui na escola à só dois dias... - falei algo timida. Bem... Oficialmente estou nesta escola à anos, ao menos no jogo, mas claro que não lhe ia dizer isto. A expressão dele de furia mudou para uma mais arrependida. 

- Ah! Desculpa se fui algo bruto é que... Vai ser dificil ajudar todas estas pobres flores - eu vi uma abelha voar perto de nós e me afastei um pouco assustada - Ehm.... Mas tu sabes quem é que manda neste jardim? 

- Como eu vou saber saber se só estou aqui à poucos dias?! - eu só olhava para essa maldita abelha. Ainda bem que não sentem medo! 

- É verdade, desculpa, estou um pouco nervoso. O meu nome é Jade, estou a fazer um curso profissional de botânica. Eu venho aqui de vez em quando, pelo estágio: para trazer o adubo, fertilizante e tomar conta da terra com os estudantes do clube de jardinagem. - ele me falou ele reparou que eu parecia algo nervosa - Estás bem? Pareces algo pálida...

- E...Eu estou 100% be...bem... - já chega o meu crush supremo saber do meu medo de abelhas, não vou permitir que mais ninguém daqui o saiba! - En...Então deve ser divertido passar todos os dias com as mãos na terra! 

Eu não queria, não me entendam mal, mas eu sou algo como o Armin. Sou mais garota de tecnologias claro que não sou tão boa como ele.

- É um trabalho como outro qualquer, mas admito que amo muito passar os dias no j... - a mesma abelha de antes passou ao meu lado eu corri para perto do Jade e ele me agarrou por os ombros - Acho que não é muito aconselhável alguém com fobia de insetos trabalhar aqui no jardim... 

- Digamos que era isso ou o clube de basquete... - confessei algo timida. Que vergonha! 

- É... Então bem que fizeste bem... Posso ajudar em algo? - olhei para trás e vi o Castiel ao longe a olhar para nós. Parecia irritado.

Ele o ignorou e foi-se embora. Ok... Hoje o Castiel acordou com os pés de fora como se diz na minha dimensão (ou seja acordou de mau humor). 

- Importas-te que eu o vá ver? Ele não me parece muito bem... 

- Claro vai! Quando precisar de ajuda eu vou te procurar. - eu concordei e sai do jardim em direção ao pátio.

Como sempre o Castiel estava encostado à árvore já prestes a pegar num cigarro. Eu fui até ele. 

- He...Hey Castiel! - ele olhou para mim mal humorado... Lá vamos nós... - O que eu fiz agora?

- Mas deves pensar que o mundo gira à tua volta! - ele me falou de mau humor. Eu bufei irritada. Rapaz mais mal humorado que este não existe! - Volta mais tarde que não tenho tempo para ti! 

Bufei e decidi deixar-lo em paz. Decidi ir dar uma volta por a escola que nem a Docete fazia. Eu realmente não entendo o Castiel! Ás vezes é um doce e outras um bruto! Mas o que eu lhe fiz? Fui interrompida por a Ambre e as suas amiguinhas que pararam à minha frente. 

- Tu! O que há entre ti o Castiel?! - ela perguntou furiosa enquanto metia as mão na cintura. 

- Somos amigos! - respondi simplesmente.

- Ele amigo de uma caixa de óculos e manquinha como tu?! - lá está ela a por o dedo na ferida. Ela reparou que me "feriu" porque sorriu - Aposto que foi por tua culpa que o outro novato fugiu.

Ela e as suas amigas começaram a rir de mim. Grrr!

- Foi culpa tua e sabes bem disso! Para que querias o dinheiro dele tu não é rica?!! - gritei vermelha de raiva. 

- Como te atreves a levantar-nos a vós anti social? - a Li falou - Mete-te no teu lugar novata idiota! 

- Ao menos eu sei que Europa é um continente...  - sussurrei baixinho, nenhuma delas me ouviu.

- Ouve-me bem caixinha de óculos quero-te longe do meu irmão e do Castiel!  - ela me gritou - Se eu te vejo perto de um deles eu faço da tua vida um verdadeiro inferno! 

Eu a ignorei e entrei na sala dos representantes. Não tenho medo dela! O Nath ao ver-me largou os papeis que tinha nas mãos.

- Lili! - ele levantou-se - Precisas de algo? 

- Estava a fugir... de...de algo... - eu disse. Ele fez uma cara preocupada. Acho que não é boa ideia falar dela. Tenho que mudar de assunto. - E que fazes tu? 

- A acabar de tratar destes papéis! Não vejo a hora de ir ver os meus gatinhos! - é verdade que ele adora gatos e sempre vai alimentar os gatos abandonados. Tão fofinho! Pergunto-me se o Nath de UL ainda faz o mesmo - Não são meus, são abandonados. É que não posso ter um porque a minha mãe é alérgica.

Eu o olhei meia emocionada. O Nath não merecia ter a porcaria de pais que tem. Merecia ser feliz! 

- Tu gostas de gatos Lili?

- Claro!! Tive uma gatinha chamada Kika na outra dime... ehm... na minha antiga casa, mas depois... ehm... os meus pais adotivos também são alérgicos! - falei algo nervosa. Acho que ele percebeu. O Nath fez uma cara compreensiva. 

- Queres ir alimentar os gatinhos comigo? - ele perguntou com o mesmo sorriso. Estranho! Parece estar com pena de mim... Deve ser impressão minha. 

- Cl...Claro... Pode ser depois de ajudar o meu clube? 

- Claro! - ele respondeu com um sorriso doce. 

Eu me despedi e decidi voltar ao jardim. O Jade aproximou-se de mim com um sorriso. 

- Hey...Hum... 

- Li...Lliana! - esqueci-me de me apresentar! Ups! 

- Conheces alguma garota chamada Iris?

Meu caro eu conheço todos daqui. 

- Ehm... Sim conheço po...porque? - é tão dificil fingir que não se sabe o futuro!

- Alguém me disse que a caixinha das sementes estava com ela. Podes lhe ir pedir? -  não sou boa a socializar!

- Cl...Claro... - respondi forçando um sorriso. 

Lá vou eu! Já me doem as pernas quando ia a entrar na escola sinto um assobio. Olhei para trás e vi o Castiel. Eu me aproximei dele ainda zangada por o comportamento dele de á bocado.

- Ouvi a Ambre a falar mal de ti! Tem cuidado... - ele me falou. Awww que querido. Não pude evitar sorrir. - P...Porque estás a sorrir assim?

- Nada foi querido me avisares da Ambre! - eu repondi.

- Pff! Te protejo mais que o teu amiguinho o de cabelo verde...

- Estás a falar do Jade? - ele não respondeu. Foi então que percebi ele deve me ter visto com o Jade à bocado. - Espera! Foi por isso que me trataste mal à bocado! Estavas com ciúmes.

Ele ficou vermelho e olhou para o lado serio. Ele estava mesmo com ciumes! Não pude evitar corar. Porque ele estava com ciumes? Talvez fossem ciumes de amigo? 

- Sim estou... - eu arregalei os olhos por a surpresa. Ele admitiu que estava com ciumes?! O meu coração começou a bater depressa. Ele está a aproximar-se de mim e colocou uma mão no meu ombro.

- Hey Castiel! Ehm... Ups não queria interromper... - nos afastamos e olhamos para o lado. Era a Iris. Não sei porque, mas senti-me zangada por sermos interrompidos.

- Não estás a interromper nada! - ele falou algo corado - Que queres? 

- A professora me pediu para te entregar a ti, ao Lysandre e à Liliana este papel! - ela lhe entregou e de seguida foi em minha direção - Liliana ainda não tivemos tempo de falar, mas o meu nome é Iris! 

- Oi Iris! - eu lhe sorri. Depois me lembrei do Jade. - Ah! Já que estás aqui... Tens aí .. A caixinha de sementes do clube de jardinagem? 

- Tenho no meu cacifo! Eu vou buscar-la! - ela me entregou a folha do Lysandre - Ah! Podes entregar isto ao Lysandre, eu vi vocês juntos esta manhã por isso acho que são amigos!

.- Não são amigos tiveram só que buscar o Toto... Mas nós entregamos! - o Castiel me interrompeu. Eu olhei ele algo surpresa.

- Ehm.... O...Ok... Esperem aqui... - ela riu-se um pouco e se afastou.

Eu olhei o Castiel ainda pensando no que ele me ia fazer se não fosse a Iris aparecer. Será que ele... Ele me ia beijar? Não... Não pode ser... Nos conhecemos à muito pouco tempo... Eu acho...

 

Continua...


Notas Finais


Talvez publique mais hoje :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...