História Eu estarei pensando em você. - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Super Junior, TVXQ (DBSK) (Tohoshinki)
Personagens Cho Kyuhyun, Hero Jaejoong, Max Changmin, U-know Yunho
Tags Changkyu, Changmin, Jaejoong, Kyuhyun, Super Junior, Tvxq, Yunho, Yunjae
Visualizações 38
Palavras 1.033
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei?
Espero que sim kkk

Primeiramente venho me desculpar o sumiço, acho que a vida adulta é cansativa e eu andava meio desanimada para escrever, mas me esforcei e eu estou aqui com mais um capitulo. Desculpa se não estiver bom também, não sou uma boa escritora mas tento fazer meu melhor.

Tentarei atualizar mais ok?

Capinha linda feita pela Ana e eu amo muito ela <3

Divirtam-se

Capítulo 12 - Noivos?


Fanfic / Fanfiction Eu estarei pensando em você. - Capítulo 12 - Noivos?

Eu vi Kyu dar um sorriso aterrorizante concordando que eu e Vic fazíamos um belo casal e comecei a rir alto, me senti bem com a cena, saber que ele estava irritado me deixou feliz, era pouco comparado as noites que passei pensando nele e imaginando ele com outras pessoas. Yunho e Jae estavam rindo baixinho, mas Kyu não percebeu, ele tentava mas não disfarçava bem a raiva.
 

 

     - Devemos falar para ele? - Victoria olhou para mim sorrindo - Acho que ele merece saber!

 

     - Faça o que quiser - falei tentando fingir que não ligava para o que ele pensava - não me importo!

 

     Vic sorriu pra mim, aquele sorriso de que ela iria fazer algo, sorri de volta imaginando o que seria, quando de repente ela fala:

 

     - Ficamos noivos! - Ela mostrou a aliança em seu dedo sorrindo - Mais cedo Changmin me pediu em casamento!
 

 

     Não tive tempo de dizer nada, Kyu socou a mesa e fixou seu olhar em mim, parecia triste e magoado, todos ao redor estavam olhando para ele, mas ele não parecia se importar, apenas me encarava. Victoria percebeu que ele estava triste e apertou minha mão, estávamos juntos tempo o suficiente para saber o que o outro pensava sem que alguém falasse, então soltei a mão dela indicando que ela fizesse.

 

 

     - Desculpa Kyu, não imaginei que você fosse ficar irritado assim!

 

     E essa era a Vic, uma ótima pessoa e não queria vê-lo triste. Kyu olhou sem entender, mas não falou nada, apenas olhou para Yunho e Jae que estavam sorrindo, e em seguida olhou para mim, virei o rosto imediatamente fingindo não dar a mínima.

 

 

     - Eu fiz uma brincadeira, essa aliança não é de noivado, é apenas um anel de casal.

 

     Ela falou sorrindo, mas Kyu permanecia sério, então ela continuou tentando explicar.

 

     - Eu sei quem é você, sei que Min era apaixonado por você, eu vi ele esperar você esse tempo todo e fico contente que tenha voltado, mas não vou te entregar ele assim fácil!

 

     Todos da mesa encararam Victoria, de algum jeito eu estava me divertindo vendo aquelas reações, sempre tirando conclusões precipitadas. Vic continuou.

 

     - Eu falei que estávamos noivos para ver sua reação, e ótimo que ainda gosta dele passou pela primeira fase! - Ela falou fazendo joinha, consequentemente todos rimos disso - Mas Changmin é um amigo precioso, eu não quero ver você partir e ele sofrer novamente, se bem que dessa vez eu tenho certeza que ele mata você.

 

 

     - Ou vai atrás dele - Jaejoong comentou.

 

     - É mais fácil cortar ele em pedacinhos e enviar para Bariloche - Yunho falou rindo.

 

     - Eu estou com vontade de fazer isso com vocês dois! - Comentei sério.

 

      - Ah é verdade quase esqueço. - Vic continuou - Como os dois melhores amigos do Changmin, a única família que ele considera, puderam esconder um relacionamento dele? E ainda esconder que teve contato com o primeiro amor dele, sabendo que ele ainda estava desesperado por notícia?

 

     Eles apenas abaixaram a cabeça, mas ela tinha razão, eu me sentia traído por eles, meu coração estava magoado e ficar ali não me faria bem, ainda bem que Vic estava comigo. Yunho levantou a cabeça e me encarou, respirou fundo e falou para mim.

 

 

     - Me perdoa, eu tive medo que você fosse me odiar se soubesse que eu estava namorando o Jae!

 

     - Namorando?

 

     Vic e Jae Falaram ao mesmo tempo surpresos, Vic não sabia que eram namorados, só não entendi a surpresa do Jaejong, mas Yunho continuou.

 

     - Sim, não oficializei pois queria saber se você aprovaria! - Ele olhou pra mim - Mas como você descobriu, - segurou a mão do moreno ao lado - Eu estou namorando o Jaejoong e gostaria muito Min que você pudesse aprovar nosso namoro, você é minha família e eu tive medo de te perder, que você me odiasse se soubesse. E quanto ao Kyu, ele me procurou, queria fazer surpresa e eu achei que você ficaria feliz com isso.

 

     Olhei para o Hyung segurando a mão do namorado ao lado, estava com eles a vida toda, sempre quis que o amor deles desse certo, mas me magoou aquele segredo, porém não poderia ficar assim zangado, eu deveria entender, mas não deixaria aquilo assim barato.

 

     - Ok, eu aprovo, mas a partir de hoje terão que fazer tudo o que eu pedir para compensar essas mentiras e segredos!

 

     Falei confiante olhando para eles, os dois se olharam e acenaram para mim concordando, ao ver esse ato de desespero sabia que eles se importavam comigo e se amavam de verdade. Mas o problema maior estava na minha frente, Kyuhyun, e a grande ideia da Vic de não me entregar “facilmente”, por um momento fiquei assustado, mas Kyu interrompeu meus pensamentos.

 

     - Chang, eu que pedi para ninguém falar nada, sempre estive pensando em você, estava ansioso para te surpreender, mas tive medo que estivesse com alguém então entrei em contato com o Yun.

 

 

     Olhei para ele, e em seguida olhei para a mesa, eu me sentia feliz com ele falando que pensava em mim, mas não conseguia entender ainda o motivo de nunca ter me procurado. Vic segurou minha mão percebendo que eu estava confuso.

 

    - Vamos, ainda temos que resolver aquele probleminha!

 

    Ela só queria me tirar dali, mas me fez lembrar do problema dela, então apertei a mão dela, mas antes de sair olhei para os três na mesa nos observando, olhei para o Kyu e disse.

 

    - Desculpa, eu não sei o que fazer ou sentir, foi muita informação para mim, estou magoado e feliz, preciso colocar a cabeça em ordem.

 

     Sai levando Vic comigo em silêncio, quando chegamos no carro abri a porta para ela e ela falou antes de entrar.

 

    - Não seja um covarde como eu, veja o que estou passando por covardia, eu irei criar coragem, então crie também!

 

    Ela entrou no carro e permaneceu em silêncio, liguei o carro e ela me entregou um papel com um endereço, olhei para o papel sem perguntar e comecei a dirigir em direção ao endereço enquanto ela mandava uma mensagem para alguém pelo celular.


Notas Finais


Por hoje é só pessoal, espero que tenham gostado.

Quero agradecer a Ana, minha beta linda e a todos que tem me esperado pacientemente. Obrigada também pelo apoio que tem me dado, sério é muito bom receber o apoio de vocês, amo vocês <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...