1. Spirit Fanfics >
  2. Eu estou aqui com você >
  3. Finalmente juntos

História Eu estou aqui com você - Capítulo 15


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem :3

Capítulo 15 - Finalmente juntos


Fanfic / Fanfiction Eu estou aqui com você - Capítulo 15 - Finalmente juntos

Agora a sala de tortura estava em um silêncio mortal, os olhares estavam todos direcionados a Mihawk, que ainda estava na entrada da sala.

Os capangas estavam confusos, ainda não tinham recebido nemhuma ordem de Smoker, pois o mesmo ainda estava parado, observando a situação em que se encontrava.

O homem de cabelos brancos não conhecia a pessoa que estava parada na porta, nunca o tinha visto, mas julgando pela espada em sua mão, e seu olhar mortal, deduziu que era algum tipo de assassino.

Smoker: - quem é você? - disse, quebrando o silêncio. - e como ousa me chamar de "maldito"?

Mihawk: - eu não tenho tempo para apresentações, desgraçado. 

  Começou a caminhar até o de cabelos brancos, e o mesmo dava ordens para que seus homens atacassem Mihawk, falharam miseravelmente, pois só com um golpe de sua espada, ele conseguia matar todos que estavam em sua frente.

Smoker ja estava começando a perder a paciência, não queria ter que lutar frente a frente com alguém naquela noite, mas devia fazer isso, ja que seus homens estavam sendo todos mortos pelo homem que sequer conhecia.


Quando Mihawk estava a alguns metros do homem de cabelos brancos, o mesmo resolveu fazer algo.

Agora estavam frente a frente, Mihawk nem notou quando Smoker chegou ali, foi muito rapido, em poucos segundos, os dois ja estavam trocando espadas.


Perto dali, em outra sala*


Ace e Sabo estavam amarrados em cadeiras, tinham levado alguns chutes e socos dos homens que estavam na sala, não podiam reagir, não conseguiam fazer nada.

Um dos capangas já estava sem paciência, resolveu que queria mata los logo, Smoker não tinha proibido eles de fazerem isso, ao contrário, tinha falado para fazerem o que quisessem com os dois homens. 

Puxou uma espada, tinha uma arma de fogo também, mas queria que a morte dos dois fosse mais lenta e dolorosa. 

Ace: - quem contará ao Luffy. - disse olhando para o irmão. - a gente não vai sair dessa.

Sabo: - ele vai ficar bem. - forçou um sorriso. - não se preocupe.

Sabo fechou os olhos, só conseguia pensar em Luffy, sabia que ele não ficaria bem sem eles, ficava pensando o quão inútil foi, ao ser capturado assim, mesmo que não tivessem saida.

O homem deu o primeiro golpe, Ace fechou os olhos, não queria ver a cena de seu irmão sendo morto. Mas, estranhamente, não ouviu nem um barulho, abriu os olhos novamente.

O outro irmão, que estava prestes a ser morto, não sentiu nada, achou estranho, abriu os olhos, e olhou um pouco para o lado. A espada estava parada perto de sua orelha, a centímetros de distância, olhou para o homem, e o mesmo estava parado, depois de alguns segundos, o capanga deixou a espada cair, logo depois indo em direção ao chão também, morto.


Sabo olhava para o homem morto no chão, ainda estava em choque do que acabará de acontecer. Depois de alguns segundos, voltou a realidade, e resolveu olhar para frentea.

Ali estava um homem parado, com uma espada em mãos, olhou em volta, e todos os capangas estavam mortos, tinham sido mortos por outros dois homens, que provavelmente tinham vindo com o homem de cabelos azuis.

Niji desamarrava Sabo, e ordenou a Ichiji para que o mesmo desamarrasse Ace.

Os irmãos de Luffy estavam confusos, não sabiam quem eram aqueles rapazes que o ajudaram, mas eram fortes, e deviam agradecê-los por terem chegado bem na hora que Sabo estava prestes a ser morto.

Sabo: - obrigado por isso. - disse enquanto acariciava seu pulso, pois estava ardendo por causa das cordas. - eu estava prestes a morrer, muito obrigado mesm....

Niji: - não nós agradeça. - disse antes de Sabo termina de falar. - agradeça a Reiju, ela nos pediu para virmos até aqui. E a gente só tava de passagem por esse corredor quando vimos vocês.

Sabo: - ok. - sorriu. - mas obrigado mesmo assim.

O de cabelos azuis revirou os olhos, resolveu não perder mais tempo ali.

Niji: - vamos, temos que levar o corpo do papai para casa. 

Os irmãos concordaram com a cabeça, foram até a saída, acompanhados por Niji, e foram para saída do lugar, carregando o corpo do pai.

Na sala de tortura*

Smoker e Mihawk ja estam ofegantes, os dois lutavam bem, mas ja estavam cansados.

Em algum momento o de cabelos brancos, conseguiu apunhalar o pai de Zoro, na barriga, o mesmo se apoiou em sua espada, para que não caisse no chão.

O desespero tomou conta de Zoro, não conseguia sair do lugar, as correntes o impediam de ir a qualquer lugar.

Smoker estava para dar o golpe de misericórdia no pai de Zoro.


Tiros foram ouvidos.


O de cabelos brancos caiu no chão, tinha lavado pelo menos cinco tiros nas costas.

Mihawk e o esverdeado estavam confusos, Zoro foi o primeiro a notar quem estava ali, ja que seu pai mal conseguia manter os olhos abertos.

Na porta estava Sanji, o mesmo foi se arrastando até aquela sala, e pelo caminho, pegou uma arma que estava com um dos capangas morto no chão.

Sorriu para o esverdeado, antes de cair no chão desmaiado, mais uma vez.


Sabo e Ace chegaram depois, conseguiram cuidar da ferida de Mihawk, ainda precisavam de um médico, mas aquilo o ajudaria a não morrer.

Naquela altura os irmãos ja tinham conseguido as chaves para o cadeado das correntes que prendiam Zoro.

O de sardas conseguiu o número de Reiju com o pai de Zoro, pediram para que a mesma fosse buscá-los. 

Assim a rosada fez, foi com seu carro até o local, estava perto dali, então chegou em bem pouco tempo, levou todos para o hospital.


Algumas horas depois*

Todos ja estavam bem, tinham sofrido algumas lesões, mas não eram graves.

Menos Sanji, seu estado estava crítico, não sabiam se ele ia sobreviver, estava muito machucado, por dentro e por fora.

O esverdeado estava preocupado com o loiro, mas entendeu que não podia fazer mais nada por ele, voltou para casa com seu pai.

Quando chegaram em casa, Zoro resolveu conversar com seu pai.

Zoro: - pai. - disse se sentando no sofá. - você tem alguns minutos? Preciso conversar com o senhor.

Mihawk: - claro filho. - disse se sentando ao lado de Zoro. - diga

Zoro: - depois que o Sanji acordar. - disse indo direto ao ponto. - onde ele vai ficar? Com Reiju?

Mihawk: - eu ja sabia que você me perguntaria isso. - sorriu. - não se preocupe, ja falei com Reiju sobre isso, no hospital, eu disse que não teria problemas se ele morasse com a gente, ela disse que ia comunicar a mãe dela sobre isso também.

O esverdeado não conseguiu conter o sorriso que surgiu em seus lábios, e logo abraçou seu pai.

Zoro: - obrigado por tudo pai. 

Mihawk: - não precisa agradecer. - acariciou a cabeça do filho, sem romper o abraço. - eu sou seu pai, e sempre vou estar aqui para te ajudar com tudo.



Um pouco mais de um mês depois*

Sanji finalmente tinha acordado, todos ficaram felizes, provavelmente o esverdeado, que estava indo visitar o loiro todos os dias naquele período.

Algum tempo depois, quando o loiro ja não precisava estar no hospital, recebeu alta, o esverdeado ja tinha falado para ele que morariam na casa de seu pai, mas só até Zoro atingir a maioridade para morarem juntos em um apartamento só deles.


Naquele tempo, que morou com Mihawk e Zoro, o loiro se sentiu muito bem, agora estava feliz, ele finalmente estava sendo feliz, se comunicava com a mãe e a irmã, que agora estavam morando juntas, sempre que conseguia.

Nunca mais soube dos irmãos depois do falecimento do pai.


Alguns anos se passaram, agora, Sanji e Zoro estavam morando em um apartamento no centro da cidade, ja estavam noivos a um mês, e dali a alguns meses iriam se casar.

Sempre que podia Mihawk ia visitá-los, com a nova namorada, era uma mulher linda e dócil.

Seus amigos sempre estavam na casa, Luffy estava sempre atrás de comida, e Nami sempre acompanhava o amigo para onde quer que ele ia.


O loiro e o esverdeado também adoraram um filho, seu nome era Billy, e era um lindo gato de pelagem branca.







Notas Finais


Finalzinho :3


Espero do fundo do meu coração que tenham gostado da fic, eu amei escrever😊❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...