História Eu fingia - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga)
Tags Angst, Ansiedade, Medo De Morrer??, Pânico, Sadfic, Taegi, Taehyung, Yoongi
Visualizações 29
Palavras 292
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Drabs, Drama (Tragédia), Droubble, LGBT, Lírica
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Que não tinha medo de nada; Taehyung.


Ontem tive medo da morte, não foi a primeira vez Taehyung, nem ao menos acho que seja a última.

Mesmo que me diga que tudo vai ficar bem e não vamos morrer agora, não consigo acreditar.

Sinto como se a trilha sonora de Psicose, naquela cena em que a Marion Crane morre no banheiro estivesse ressoando aqui. Agora.

Eu tô louco, doido, doído.

Não sei o quê fazer.

Alguns anos atrás o eu adolescente dizia pro mundo que eu não tinha medo de nada, a morte estava inclusa nessa lista (em que eu também incluía não ter medo de altura, outra mentira), mas agora tudo parece poeticamente falho, assim como o suicídio do Jovem Werter. 

Achava que queria morrer de amores, Taehyung eu achava que poderia morrer por você como os jovens da literatura romântica.

Era tudo por amor, não era?

Só que eu sinto medo da morte, de não abrir os olhos ou sair de casa e não voltar algum dia.

Tenho medo de andar de navio agora, de entrar no mar, quando o meu maior sonho há alguns anos era ser biólogo marinho.

Tô destruindo o meu sonho Taehyung e o pior, por medo.

É paradoxal porque tenho medo do anjo da morte me levar, mas eu também quero que ele leve o meu corpo, sinto que a alma já está vazia e o que restou foi apenas esse sentimento ruim.

Pareço louco, eu sei.

Eu, Yoongi, encolho perto da parede. Quero fundir o que sobrou com ela, você sente que a morte parece vir nessa tarde fria? Eu sim.

Taehyung, eu sei que você quer me ajudar. Já tentou, tentou, tentou, tentou tanto.

Falhamos tantas vezes nisso.

Vejo que está com olheiras e não consegue dormir me vigiando na calada da noite.

Acho que eu tô morrendo e a culpa é minha.

Sente isso? Eu sinto.


Notas Finais


É que a gente precisa desabafar, não é exatamente por mim, nem por você, nem por ninguém. Colocar os sentimentos pra fora é o melhor que se pode fazer.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...