1. Spirit Fanfics >
  2. Eu fiz por amor >
  3. Único; Minha... Mãe...?

História Eu fiz por amor - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


PARA PARA PARA PARAAAAA!

Antes de tudo: A Kushina NÃO é mãe do Naruto aqui. Na verdade ela nem faz parte do universo de Naruto aqui, então não distorcer, por favor.

Preguiça de mudar a história da Kushina então vai ser a mesma fodac

Boa leitura.

Capítulo 1 - Único; Minha... Mãe...?


Fanfic / Fanfiction Eu fiz por amor - Capítulo 1 - Único; Minha... Mãe...?

Luffy cuspiu sangue sentindo seus pulmões praticamente queimarem.

Donflamingo deu uma risada, preparado para desferir um golpe mais forte ainda.

— MORRA, MUGIWARA! 

Correntes Adamantinas saíram das costas de Luffy bloqueando o ataque. 

Quando Luffy abriu os olhos não estava no campo de batalha. Estava num lugar... Difícil de explicar.

— Tudo bem, pode ficar aqui. — Uma voz ecoou. — Luffy. — Seu olhar levantou para a mulher a sua frente.

— O que fez num lugar como esse? E como sabe meu nome? — Perguntou, sério.

— Ah, é verdade. Tem razão, não é?... Então, consegue adivinhar quem eu sou, Luffy? — A mulher de longos cabelos ruivos sorriu.

Luffy abriu a boca, porém a fechou em seguida.

A ruiva deu uma risada.

— Não pode ser... — Luffy sussurou.

— Já sabe quem eu sou? — Comemorou sorrindo e abrindo os braços.

— VOCÊ É UMA AJUDANTE DO DONFLAMINGO! — Apontou acusatóriamente.

A ruiva fez uma careta e logo em seguida pôs a as mãos na barriga rindo.

— Que péssima risada! Acha mesmo que pode me enganar dessa maneira–! — Foi interrompido por um cascudo na cabeça.

— CLARO QUE NÃO, IDIOTA! — Gritou a ruiva com os cabelos flutuando.

ITAAAAIII! — Gritou de dor. — Ãh? “idiota”? — Parou para pensar.

— Ahaha, não me controlei e tive que te bater. Eu sou impaciente e falo rápido, por isso uso expressões estranhas. — Explicou, vendo o moreno finalmente relaxando. — Eu tento me controlar, mas quando me empolgo acaba saindo. — Disse, coçando a nuca e rindo. — E você está bem? Eu quis muito que você não herdace nenhuma das minhas expressões estranhas.

Luffy ficou confuso por um tempo, até que raciocinou e arregalou os olhos.

— Então...?

— Dragon não te contou sobre mim? Que feio ele! — Kushina riu, botando as mãos na cintura.

Luffy começou a tremer, e a mais velha quebrou a pose, sorrindo.

— Sim. Eu sou sua m... — Ela foi interrompida por um abraço apertado do filho.

Passado a surpresa ela sorriu e o abraçou de volta.

— Depois de conhecer meu pai... Eu sempre... Sempre... Sempre pensava em te conhecer, mãe. — Luffy chorava e ria ao mesmo tempo no ombro da ruiva.

— Entendi... Como pensava, você é mesmo o meu menino. — Sorriu entre o ombro do filho.

***

— Essas correntes... Kushina, é você? — Dragon arregalou os olhos, sorrindo logo depois.

— Perdão, quem é Kushina senhor? — Sabo perguntou confuso. E os mugiwaras atrás concordaram, curiosos.

Kushina Uzumaki. Irmã de Shanks, e a mãe do Luffy. 

Todos os presentes ficaram chocados, olhando na direção de Shanks, que tinha um semblante sério.

***

Depois da conversa entre Luffy e Kushina:

— Você vai sumir de novo? — Luffy olhou para o chão, indagando para seu pai.

Dragon sorriu.

— Eu já volto. Isso não é um adeus, é um até logo. — Apoiou sua testa na de seu filho. 

Logo depois o mais velho deu as costas e começou a caminhar. Não parando de caminhar, falou:

Ei, meu filho, Cada um de nós luta contra o próprio ódio. No caminho, encontrará sua voz e o seu lugar no pódio.


Notas Finais


Eu amo a Kushina e a história dela ♥ fodac


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...