História Eu gosto, na verdade não gosto. - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Seventeen
Personagens Lee Jihun "Woozi", Lee Seokmin "DK"
Tags Casal Fofo, Seokhoon
Visualizações 13
Palavras 653
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


[AVISO]
Yuki: Convidamos uma pessoa que passou por algo difícil mas agora acredita na nossa religião.
Woozi: Antes eu não acreditava muito nisso, mas, hoje em dia eu quero que essa seja minha única religião!
Yuki: agora nos digas, qual é sua religião agora meu jovem?
Woozi: minha religião agora é o sorriso do seokmin.
Yuki: é pra glorificar de pé igreja!
*Carat's batem palmas e choram*


KKKKK

Para quem não entende, Woozi tenta de alguma maneira falar para Seokmin que ele não pode namorar com ele, pois ele (no caso jihoon) talvez não tenham sentimentos por seokmin e isso só irá ser uma baita dor de cabeça para os dois, no entanto, Seokmin acha que iria ser fácil.



Boa leitura ♥

Capítulo 1 - Ainda não sei


Fanfic / Fanfiction Eu gosto, na verdade não gosto. - Capítulo 1 - Ainda não sei

"Você gosta de mim, Jihoon?"

Eu gosto, na verdade não gosto. Quer dizer, ainda não sei se gosto ou não gosto de Seokmin. Meu Deus! Ter que responder esse tipo de pergunta estava na última lista que eu iria fazer antes de morrer. Que drogas! Isso tá mexendo com a minha cabeça! Sei que pode existir dois meio termos para essa pergunta, mas odeio ter que tomar uma decisão breve para essa pergunta.

"A resposta é mais fácil do que imagina, Jihoon! Apenas diga que gosta de mim."

Como se fosse fácil. Idiota, seokmin idiota! Escuta, eu não quero ter cerca cinco filhos com você e nem me casar perto da primavera para que nós dois consigamos ter ótimas fotos. Isso é totalmente fora da caixinha, Seokmin! Apenas entenda.

"Mas, por que? Me diga dois motivos então!"

 Nós só temos 15 anos e somos dois caras, você entende, certo? Algo como sair...

"Sair? Oh! que tal fazermos isso?"

Preste atenção, bocó. Você é péssimo em quase todas as matérias e não tem nenhuma qualidade que me faça desejar você para mim.

"Eu consigo te fazer rir! Se lembra daquele dia em que eu fiz cair as calças do diretor? Você e eu gargalhamos muito naquele dia."

E depois disso formos para diretória e tivemos que ficar até tarde na escola arrumando a biblioteca.

"Oh... tem razão."

Agora, eu não sei se gosto ou não gosto de ti, Seokmin. Você não se lembra quase de nada e nem de ninguém...

"Toma. Ontem foi seu aniversário, não é? Não conseguir te entregar porque você sumiu quando falei que queria contigo para casa."

N-Não precisava ter que se preocupar com isso! 

"Eu sei que você adora coisas maneiras e por isso comprei o CD de seu cantor favorito!"

Sério?

"Viu? Te fiz rir!"

Coff, Coff. Ouça, eu não gosto de caras como você, e... garotas não se sentem bem quando caras são muito insistentes.

"Mas, você é um cara, Woozi. Um cara muito bonito e que faz meu tipo aliás."

B-Bonito? V-Você me acha bonito? Digo, droga! Eu realmente estou caindo na sua lábia de bocó. Até que você tem um lado doce m-me mostrando que se lembrava do meu aniversário.

"Oh! Foi a primeira vez que o Hyung me elogiou! Estou muito feliz! Oh! Compreendo agora."

O que você compreende?

"Sem dúvidas alguma... será mesmo?"

Sem dúvida alguma? Hã??

"Será que o Hyung se apaixonou perdidamente por mim?"

V-Você é bocó? é claro que nã-

"Na verdade eu gosto do fato que Jihoon Hyung gosta de mim. Não tem problemas sermos dois caras, confie em mim. Você me deixa quente, Hyung.

H-HÃ? 

"Seja meu e se converta em ser somente meu. Eu te amo, Hyung. Não sei com certeza, mas essa é provalmente a resposta para sua questão."

Não, Não, essa não é a resposta. Mas, me dei conta que você realmente não desiste mesmo dessa questão. Ainda que você seja um "pouco" pervertido e que precise ser preso pela SWAT.... eu irei ser legal e vou aceitar n-namorar contigo. Eu realmente gosto de você. Droga! Que chato! Agora você tem sua resposta bocó. 

"Hahaha! Venci! Mas, você não poderia fazer nada, afinal, estamos ligados por anos, e já que duas pessoas se gostam nada impede elas duas se ficarem juntas."

Tsc, ainda que eu não goste da ideia, eu gosto agora de você.

"Oh, Hyung é tão fofo!"

E-Ei! Quem te deu a permissão de me beijar?

"Hahaha! Desculpa. Hmmm, vou até a máquina pegar um suco. Quer algo?"

Quero suco de abacaxi.

"Sério? É meu favorito também! Um momento e eu já volto."

Eu sabia, bocó. Bem, agora eu compreendo esse "gostar" de "não gostar" de Lee Seokmin. Eu gosto desse bocó, na verdade não há outra maneira de odiar e amar ele. Realmente esse bocó me venceu. Estou perdidamente apaixonado por um bocó.


Notas Finais


Música pra esse momento de felicidade=
https://www.youtube.com/watch?v=K_qlkKYL-54


Se você acha esses dois um ótimo casal... batam palmas! *clap*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...