História Eu Lembro de Você -Imagine Byun Baekhyun (EXO) - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Tags Baekhyun, Byun Baekhyun, Exo, Fofo, Imagine, Romance
Visualizações 66
Palavras 1.358
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente, fiz merda. Mandei o capítulo errado, pulei um, enfim... Fiz merda mesmo e tive que repostar. Três capítulos hoje, incluindo aquele que vocês já leram. Espero que não incomode (mas sei que vai incomodar). Desculpem.

Capítulo 4 - Adolescência Atrasada do Baekhyun


Fanfic / Fanfiction Eu Lembro de Você -Imagine Byun Baekhyun (EXO) - Capítulo 4 - Adolescência Atrasada do Baekhyun

  Bom, hoje tudo volta ao normal. Levanto-me e coloco qualquer roupa do meu armário para ir para SM. Pego um dinheiro a mais para comprar, além do café, um bolinho. Todo mundo tem aquele dia que precisa comer um bolinho ou morre. Parece coisa de grávida.

  Ando rápido (quase correndo) até a cafeteria e peço um café e um bolinho para comer ali mesmo.

  –Os cupcakes daqui são ótimos, você vai amar. –A garçonete fala enquanto me serve o café e o bolinho.

  –Obrigado.

  Depois de comer, resolvo levar dois cupcakes para Jongdae e Minseok, tenho certeza que vão adorar. Coisa boa assim não deveria ser desperdiçada.

  Quando chego à SM vou direto para sala de treino, onde estão os garotos.

  –Olhem o que o melhor amigo do mundo trouxe pra vocês! –Levanto as caixas com bolinhos e entrego para Chen e Xiumin.

  –Eu sabia! Gentileza é coisa de apaixonado. –Chen fala com a boca cheia.

  –Jongdae! Você não vai me deixar em paz, não? Ontem você perguntou onde estava minha namorada e todo mundo está brincando com isso agora!

  –Coitado. –Xiumin diz tentando segurar a risada.

 –Seus maldosos. –Falo rindo.

  O manager (Lee Seunghwan) entra na sala, calando todos nós, que não o esperávamos.

  –Garotos, daqui a alguns meses será a sessão de fotos para o photobook, ok? A antiga fotógrafa de vocês foi demitida e contratamos outro, então sejam educados e profissionais, não deem uma má impressão logo de cara. –Ele ri e sai da sala.

  –Isso não é problema pra mim, já que sou o mais quietinho de nós três. ­–Faço aegyo, provocando risada entre Xiumin e Chen  – O que foi, hein? Todos sabem que é verdade.

~

  Ufa, finalmente cheguei! Já são duas da manhã... Só tenho três horas de sono, muito obrigado, treinadora. Pelo menos decorei metade da coreografia. Tomo um banho rápido, coloco o pijama que ganhei de aniversário da minha tia avó e durmo.

[...]

  (S/N) olhava seu celular toda hora para conferir se eu li a mensagem de aniversário. Ela vai ficar decepcionada quando perceber que eu não visualizo as mensagens. Acontece que as mensagens são algo mais privado, não acho que os fãs deveriam ficar mandando mensagens aleatórias. Por isso, prefiro apenas ler os comentários.

  –(S/N), tenho uma notícia ótima pra você! –A mãe de (S/N) entra no quarto radiante.

  –Ah, mãe! O Baek não viu minha mensagem. –Ela faz biquinho.

  –Ele deve estar ocupado, filha, mais tarde ele verá, não se preocupe. –A mãe dela passa a mão em sua cabeça – Mas enfim... Você passou na prova e vai fazer estágio na Coreia! Você vai ser bem ocupada: aulas de coreano, aulas normais em inglês e vai acompanhar o trabalho de seu tio Adriano.

  –Mas mãe, e a escola? –(S/N) olha para mãe incrédula.

  –Será no final do ano.

  –Aliás, eu ainda não acabei meu curso de Inglês, não é como se eu fosse fluente nisso...

  –Adriano te ajudará com isso.

  –Além disso, eu não tenho nenhum tio chamado Adriano! ­–Nesse ponto a garota já estava andando para lá e para cá em seu quarto.

  –Ele é seu tio avô, na verdade. Você não o conhece porque ele viaja o mundo por causa de seu trabalho. Ele é um fotógrafo muito renomado, sabia? Com certeza sua ligação com Adriano te ajudará na faculdade de fotografia.

  –Faculdade? Ainda nem passei do Ensino Médio!

  –Sim, você... morará lá. ­–A mãe de (S/N) sorri, mesmo estando com os olhos marejados – Mas não se preocupe, lhe mandarei dinheiro todo mês e nos falaremos por chamada de vídeo.

  –Onde eu vou morar?

  –Inicialmente, com Adriano. Ele já comprou uma casa lá, pois planeja permanecer na Coreia. Depois de um tempo, você usará o dinheiro que eu vou lhe dar no dia que for embora para Coreia e comprará sua própria casa, então não se preocupe com isso.

  –Mãe... Não quero, estou com medo. –(S/N) parecia em choque.

  –(S/N), você não pode desperdiçar essa oportunidade, afinal, é o seu sonho. Vai que você encontra o Bacon... –A mãe de (S/N) lhe lança um olhar divertido.

  –Tudo bem... Mas não acho que eu realmente possa encontrar o Baekhyun. –(S/N) trai sua afirmação com um sorriso esperançoso.

  –Você tem alguns meses pra se preparar... – A mãe dela sai do quarto.

  (S/N) pega seu celular e diz para suas amigas para que se preparem, porque tinha algo legal para contar. Ela variava entre a felicidade e a tristeza. (S/N) foi até sua estante e pegou sua máquina fotográfica (uma máquina normal, rosinha, não era nem profissional) e tirou fotos de coisas aleatórias da casa, dando atenção especial aos insetos mortos perto do ventilador.

    –(S/N), vá tomar um banho! Eu sei que é sábado e vocês adolescentes gostam de sujeira, mas um banho cairia bem, não é? –A avó de (S/N) grita da sala.

  –Tá bom, vó! É que eu tinha esquecido. –(S/N) grita de volta.

  Ela começa a tirar suas roupas e eu saio rapidamente dali, indo para sala, como sempre. Mas dessa vez, para minha surpresa, (S/N) vai até a sala de SUTIÃ E CALCINHA apenas para dizer para sua mãe:

  –Mãe, vai fazendo um lanchinho pra mim?

  Agora já não adianta mais fechar o olho! Ainda bem que não olhei muito para o sutiã azul claro com listras brancas e a calcinha de renda azul escuro com botões rosa de... Droga! Estou me sentindo um pervertido!

  Saio da sala e me sento no corredor, para que não aconteça nada parecido. Mas falando sério, quem anda de sutiã e calcinha pela casa?! Ah! Que vergonha! Eu sou muito babaca... Mas tudo isso é culpa da (S/N)!

  Ouço um barulho familiar vindo de longe. É o alarme. Hora de acordar.

[...]

  Olho em volta do quarto confuso, pois todos os membros estão ali.

  –Eu não erro mesmo! Estava sonhando com sua namorada, não é? ­­–Chen me cutuca.

  –O que estão fazendo aqui? Cadê a privacidade? Nunca ouviram falar de vida pessoal? –Falo bravo.

  –Nós pensamos que tinha acontecido algo! Você deu um grito e nos assustamos, quando chegamos, você estava sorrindo enquanto dormia. –Junmyeon coloca a mão na minha testa.

  –Não, ele não estava apenas sorrindo, Baekhyun estava sorrindo MALICIOSAMENTE! –Chen me provoca novamente com essas brincadeiras bestas.

  Chanyeol estava se contorcendo de tanto rir do Chen, que estava me imitando. Como podem existir seres humanos com tanto pique de manhã? Deus, dê-me paciência para aguentar as idiotices do Chen e as risadas altas do Chanyeol. Daqui a pouco ele vai mijar no meu quarto de tanto rir...

  –O melhor foi o Baekhyun falando: “quem anda de calcinha e sutiã pela casa?” –Chanyeol fala recuperando o fôlego.

  –Saiam, eu estou bem, vocês viram, agora chega! –Falo de mal humor.

  –Hm, quer ficar sozinho por quê? Sua namorada está escondida debaixo da cama? –Chen se abaixa e finge procurar minha suposta namorada debaixo da cama.

  –Não, Chen, a namorada dele deve estar escondida debaixo dos lençóis. ­–Chanyeol me lança um olhar malicioso – Baekhyun, preservativo existe, ok? Não esqueça.

  –Eu já disse pra saírem daqui! Todo mundo já foi, menos vocês. –Falo com vergonha.

  –Você tá todo vermelho! –Chen fala enquanto sai do quarto seguido de Chanyeol.

  Meu Deus, eu gostaria de saber o que eu sonhei a ponto de fazer isso comigo. Pensando melhor, prefiro não saber. Não costumo ter sonhos eróticos, sério, acho que a última vez foi ano passado...

  Levanto e vou até o banheiro para tomar minha ducha da manhã. Assim que ligo o chuveiro, ouço os gritos do Chanyeol: “Ah, entendi porque quis que saíssemos... banho, não é, Baekhyun?”. Ouço também a risada do Chen seguida de: “A puberdade do Baekhyun chegou tarde demais... Adolescentes...”.

  Eu até discutiria, mas não vou gastar meu tempo precioso em algo que não vai levar a nada. Me arrumo e coloco minha calça nova. Sinto-me riquinho, é sempre assim depois do meu aniversário.  

  Parece que esse será mais um daqueles dias chatos em que o Chen me irrita sem parar e o Xiumin ri do que ele diz. Pelo menos o Chanyeol não está na unit, ou eu seria massacrado.

 

 

 


Notas Finais


Espero que vocês tenham gostado.

Quer ler mais fanfics? Visite o perfil: https://www.spiritfanfiction.com/perfil/byun_joshua, há imagines não só do Baekhyun, mas também de outros grupos e membros.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...