História Eu, lírico


Escrita por:


Sinopse:
Chanyeol não sabia o motivo por trás das lágrimas do cliente da mesa sete, apenas sabia que ele tinha um sorriso bonito e provavelmente não passava uma noite na sobriedade há um bom tempo. As circunstâncias fizeram Baekhyun se apaixonar; a voz, o violão, suas angústias traduzidas nas músicas bonitas cheias de sorrisos deslumbrantes.


chanbaek; one shot; drama; fluffy; romance
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Visualizações 199
Favoritos 65
Comentários 7
Listas de Leitura 26
Palavras 4.000
Terminada Sim
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Personagens Originais
Tags Baekyeol, Chanbaek, Drama, Musica, Romance, Yaoi

Fanfic / Fanfiction Eu, lírico
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fluffy, LGBT, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Para o meu amor platônico da mesa sete
7
199
4.000

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por iambyuntiful
Capítulo 1 - Para o meu amor platônico da mesa sete
Usuário: iambyuntiful
Usuário
Olá, meu nome é Barbs, eu amo essa música e eu quero ser o cliente da mesa sete por onde você for cantar por aí.

Quando eu doei esse plot, eu esperava muito, muito mesmo que alguém pegasse porque essa é uma das músicas mais especiais para mim e eu sempre quis ver alguma coisa sendo escrita com ela. Quando vi que você pegou, eu fiquei feliz porque era alguém que eu conhecia e que eu poderia confiar que faria as coisas do melhor jeito possível <3 e aqui está, essa coisa mais lindinhaaaa

Eu amo como você traz poesia ao que você escreve e como a melancolia está presente em todo o texto; acho que comentei com você o quanto eu gosto da melancolia e por isso eu gostei tanto do que eu vi aqui. O Baekhyun é um neném que eu quero pôr no colo e abraçá-lo, tomar toda a dor dele pra mim e deixá-lo se aliviar um pouquinho de tudo que ele está colocando nos próprios ombros. O Chanyeol também é outro neném e eu consigo imaginá-lo certinho no palco junto com um violão e é só ele e a voz dele contra o mundo <3

A construção da relação deles é delicada e subjetiva e eu gosto de como você fez com que eles dessem pequenos passinhos até chegarem onde estão, em um relacionamento meio sem nome mas que basta para os dois, porque, bom, eles constroem a própria música e a cantam como encaram melhor. O Chanyeol é uma coisa maravilhosa cuidando do Baekhyun e eu queria muito ver mais e mais deles dois juntos porque eu já estou apaixonada pelo que eles tem <3 <3

Eu aceitaria muito um extra, assim, só pra você ficar sabendo, não que eu esteja pedindo, sabe, jamais e

Muito obrigada por ter pego o meu plot, neném, e por ter escrito a minha música tão especial. eu adorei e eu espero que o cantor de voz doce e o cliente da mesa sete cantem a própria música juntos por muito e muito tempo <3