História Eu me deixaria ir - Capítulo 27


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 13
Palavras 1.018
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Mutilação, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 27 - O quanto você me ama


Fanfic / Fanfiction Eu me deixaria ir - Capítulo 27 - O quanto você me ama

                                  Amar não tem limites não é mesmo ? Ou será que tem? Agente nunca sabe o quanto agente ama uma pessoa sem provar? Perguntas e mais perguntas, cadê as respostas?

          Ontem começou uma brincadeira na escola que pra mim foi longe demais, nome da brincadeira esta estourando em todo o Japão, A Brincadeira é o quanto você me ama, casais fazem essa brincadeira desafiando um a outro pra ver o quando se amam, sinceramente perda de tempo.

Eu estava no colégio hoje, e veio uma garota na direção onde eu e Gabriel estávamos sentados, ela chegou e disse:

-Oi vocês são o único casal que não está brincando de o quanto você me ama!

Agente só se olhou e falou:

Gabriel:-Perda de tempo vão lavar uma louça!

Ani:-Não estou a fim não!

               Então ela olhou agente de cima a baixo como se não jogar esse jogo estupido fosse um crime ,sinceramente qual é a graça de um jogo que você fica fazendo coisas malucas pra provar que ama alguém CHATOOOOO!!!!!

                      Esse jogo vou te contar pegou mais do que Charlie Charlie, então durante toda aula, esses casais ficavam inventando desafios malucos e sinceramente eles não queriam provar que amam um ao outro eles queriam matar um ao outro por que os desafios que eles faziam era tipo Narve.

                      Nós como um bom casal, fizemos o mais sensato possível, agente deixou os outros se matarem enquanto agente ficava de boa.

Até que no caminho pra casa, nós vimos um casal muito fofo jogando e eles não faziam nada demais o desafio que ela fez pra ele era  “Eu te desafio a me beijar pra mostrar que me ama” isso foi muito lindo.

De repente Gabriel virou pra mim e disse com aquela cara de pau dele:

Gabriel:-Eu quero brincar!

Ani:-Serio isso?

Gabriel:-Sim, quero saber o quanto me ama!

Eu fiquei um pouco vermelha.

Ani:-Mais.....

Gabriel:- Você nunca me disse o quanto me ama!

Tento disfarçar mais é impossível me livrar dessa ele vai fazer a pergunta então o acho melhor jogar o jogo.

Ani:-Eu jogo!

Ele deu sorriso de leve, de lado como sempre faz quando esta envergonhado.

Gabriel:-Qual seu primeiro desafio?

Ani:-AGORA?

Gabriel:-É!

Ani:-Eu te desafio a........

Ani:-Desafio a me dar um beijo.

                   Ele de repente deu um sorriso de leve novamente, desceu as pálpebras dos olhos e veio em minha direção, ele colocou as mão, sobre meu rosto, beijou minha testa depois, desceu até minha boca, e me deu um selinho demorado.

Depois que ele retirou os lábios dos meus ele disse:

Gabriel:-Minha vez!

Gabriel:-Eu te desafio a me..... hahaha

Eu olhei pra ele que estava rindo, e fiz uma cara de desconfiada.

Gabriel:-Te desafio a me carregar no colo! Isso vai ser engraçado!

Ani:-Há não você é pesado!

Gabriel:-Tenta ué!

       Eu fiz força e tentei mais como eu era, vamos se dizer um pouco mais baixa que ele, por que ele era um poste, eu acabei caindo no chão, e ele deu mil gargalhadas em vez de me ajudar.

Ani:-Ok você já teve a sua chance minha vez!

Ani:-Eu te desafio a o resto dizer só a verdade em tudo que eu perguntar.

Gabriel de repente fica serio e diz:

Gabriel:-Ah não!

Ani:-Foi você que roubou meu pastel não foi aquele dia?

Ele olha para os lados, soa frio e diz:

Gabriel:-Sim foi eu!

Ani:-Eu sabia! Era meu !

Gabriel:-Eu estava com fome......

Ani:-Você já tinha comido duas pizzas enterras !

Gabriel:-Mais ainda estava com fome!

Gabriel:-Mudando de assunto é minha vez.

Gabriel:-Eu te desafio a ir correndo a sua casa sem parar segurando esse papel aqui!

Ani:-O que esta escrito?

Ani:-“Gabriel é demais” serio ?

Gabriel:-É o desafio!

             Sai correndo e ele atrás, todas as pessoas que passavam por agente começava a rir, mais na verdade era até divertido. Chegando na frente da minha casa eu já estava morta de cansaço e já estava escurecendo , quando tentei abrir a porta de casa não abria, não tinha ninguém em casa como assim?

Ani:-Não tem ninguém em casa e agora?

Gabriel:-Você pode ir pra casa comigo!

             Fiquei um pouco carregando assim por se dizer até eu me tocar JESUS MARIA JOSÉ na casa dele, eu na casa do Gabriel no quarto dele. Eu não tinha nenhuma escolha era isso ou ficar na rua, mais a casa dele, ele é meu namorado mais, ah não sei.

Até que ele viu que eu estava muito tempo pensando e disse:

Gabriel:-Eu te desafio a ir comigo!

Ani:-Ei é minha vez! Haha

Gabriel:-Então?

Dei um sorriso, e disse:

Ani:-Bom eu te desafio a me acompanhar......

Gabriel:-Até minha casa claro!

                   Então fomos indo fazendo desafios até que chegamos acho que era o dia dos pais saírem de casa por que os pais dele também não estavam então eu entrei e casa deles era muito bonita, então ele fez um sinal pra mim acompanha-lo e dei numa porta.

Ele disse:

Gabriel:-Não repara muito que eu só bem bagunceiro!

Ani:-Não se preocupa eu também não sou organizada!

Ele sorri abriu um sorriso em seu rosto, e puxou a porta para entrarmos.

                 E eu fiquei fascinada quando entrei no quarto dele, era todo preto com tinta florescente que brilhava no escuro ele fez como uma decoração de universo, e ficou espetacular.

Ani:-Isso é muito legal!

Gabriel:-Valeu foi eu mesmo que fiz!

Ani:-Não brinca?

Vendo que eu estava tão encantada com a decoração que ele fez, ele disse:

Gabriel:-Que bom que gostou!

Gabriel:-Esta com fome?

Ani:-Não.....

Minha barriga ronca.

Gabriel:-Hahahah sei!

Gabriel:-Eu vou pegar alguma coisa!

                      Enquanto ele ia na cozinha eu ficava maravilhada com a decoração, mais sem eu menos esperara me deu um sono repentino, eu tinha vergonha de deitar na cama dele, mais acabei deixando meu orgulho de lado, e adormeci.

      Mal lembrava eu da comida, quando Gabriel entrou no quarto me viu adormecida, colocou a comida na mesinha, e enquanto eu dormia ele me fitava, até que ele encostou a cabeça no travesseiro onde eu estava, e começou a mexer no meu cabelo e o acariciar, ele beija a minha testa e diz:

Gabriel:-Eu te desafio a me amar pra sempre!

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...