História Eu Não Conheço O Amor - MiTw - Capítulo 18


Escrita por:

Visualizações 179
Palavras 1.166
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, LGBT, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oooi meus amores.. Então, eu nunca tinha escrevido un sadomasoquismo assim mas eu gostei..... TENHAM UMA BOA LEITURA! ♥♥

Capítulo 18 - Live Stream (Final)


Pov Teddy 


Febatista- OOOO FILHA DA PUTA!!! -Ele diz se levantando rápido e logo atrás veio Jv.

Jv- Pode apagaaaar!!!! 

O chat flodava de perguntas, todos curiosos querendo saber o que tinua acontecido. 

Mike- Aiai, mas vamos lá povo.. Leddy agora, podem ir.. 

Eu e Luba nos entre olhamos e fomos nos sentar nas cadeiras.

Pac- Vocês vão jogar FNAF né moço? 

Mike- Exatamente e Cellps vai jogar Emilly wants to play. 

Luba- Vamo começar essa bagaça logo. 

Pego a venda e coloco em Luba, logo em seguida coloco o Headset, inicio o jogo. 

Eu- Relaaaaxa, sou o melhor gamer desse mundo..

Luba- Senhor fecha a porta que o bicho ta doido já.. 

Eu- Credo.. 

Febatista e Jv- VAI LEDDY, VAI LEDDY! 

Tudo ficou em um silêncio absurdo, Pac, Mike, Cellbit, Felps, Jv e Febatista estavam vidrados no celular mas logo começaram a se interessar na tela do PC, ficaram tão focados quanto eu, atentos a qualquer movimento. Ta, o silêncio começou a ficar meio assustador, todos menos Luba estavam fixados na tela. 

Luba- PUTA QUE PARIU ALGUMA COISA CORREU NO DULTO DE VENTILAÇÃO! 

A reação de todos foi se assustar com o grito do Luba, Pac se agarrou no Mike por alguns segundos mas logo soltoi e corou um pouco, Cellbit quase caiu da cama mas Felps o segurou e Febatista simplesmente levou um susto magnífico. 

Cellbit- Filha da puta, que susto. 

Eu- Da próxima vez que me assustar assim... 

Luba- AAAAHHHH!!! 

Pac- AHAHHHHHH!!! 

Eu- CARALHOO!!! 

Luba simplesmente pula com o susto que levou, tira rápido a venda e o headset e me olhou até vermelho. 

Luba- Cade a porra do melhor gamer do mundo? -Diz me dando um soquinho no braço. 

Eu-..... -A única coisa que consegui fazer foi rir com a situação, a cara de desesperado dele foi a melhor. 

Mike- O susto que o Pac levou também foi top HAhahahha.. 

Pac- Aaaffss.. -Ele bufa. -Mas agora é a vez de Cellps jogar Emily Wants To Play. 


Pov Cellbit 


Eu- Ai, vamos lá.. 

Teddy e Luba saem das cadeiras e eu e Felps nos sentamos, coloquei a venda e o headset com a ajuda do Felps e ele inicia o jogo. 

Felps- Vamo lá, vamo lá.. 

Febatista- Cellbit tá tão nervoso que nenhuma palavra é proferida por ele. 

Eu- Na moral, tô com o cu na mão.. -Risos. 

Felps- Relaaaaxa... 

Eu- NÃO TERMINA ESSA FRASE... Todo mundo que falou relaxa tomou na jabiraca aqui.

(Ruiva: Sem criatividade para colocar o desenrolar do game play... ;-;) 

Eu- FILHA DA PUTA ELA RIU, CORNA, VIADA, PIRIGUETE, SAAAAAAI!!! 

Felps- CALMA PORRA! 

Eu- CALMA NADAAAA!!! 

Mike- ALI CAAARA OLHAAA! 

Felps- OLHA PRA ONDE? 

Eu- PUTA QUE PARIU AI MEU CORAÇÃO... MEU COLESTEROL TA ABAIXANDO! 

Pac- Que? -Risos. 

Eu- Nem sei o que eu to falando mais. 

Teddy- Cellbit.. 

Eu- Oi Mik.. Felp... Teddy! 

Jv- O cara fez que nem minha avó agora, falou o nome de todo mundo pra depois falar o do Teddy.. -Risos. 

Eu- Ai nao.. SEU NAOSOSJSOLSOA.... 

Felps- Lingua alienígena não identificada.. AI CARALHO! -Levamos um susto. 

Eu- PORRRAAAAA!!!!! - Me levanto da cadeira e entro em desespero. 

Mike- Tira a venda!!! 

Tiro a venda rápido com o headset e jogo em algum canto, chego na frente da camera e grito. 

Eu- QUE DESESPERO DO CARALHO!!


Pov Jv 


Depois de finalizar a live do Tazer eu e Febatista voltamos para o quarto, tivemos uma conversa bem séria no caminho, falamos da época do internato quando nos beijamos, Febatista acabou falando sem querer que gosta de mim ainda.. Não tô aguentando, quando finalmente entramos no quarto eu pressionei suas costas na parede e o beijei, a muito tempo eu quero isso e não vou ignorar isso. O beijo se intensificou, nunca imaginei que hoje seria o dia, fomos nos aproximando da cama até deitarmos por completo, fomos nos despindo devagar aproveitando cada momento, quando finalmente ficamos nus eu parei tudo que estávamos fazendo e peguei minha venda que estava na gaveta. 

Eu- Vamos brincar direito Febatista... -Coloquei a venda nele e me levantei. 

Febatista- O que vai fazer? 

Pego um chicote, não me perguntem porque eu tenho um em minha mala. Me ajoelho na cama e puxo as duas pernas do Febatista, chego em seu ouvido. 

-Se você me tocar vai apanhar.... -Mordo sua bochecha. 

Febatista esgole seco, começo a masturba-lo lentamente fazendo movimentos leves, logo coloco dois dedos em sua boca. 

Eu- Chupa vadia.. -Ele assente e começa a umedecer meus dedos. 

Aumento a velocidade dos movimentos e começo a brincar um enquanto aperto um pouco seu membro, ele segura meu braço tentando controlar o prazer, tiro a minha mão de seu membro e pego o chicote, dou um estalo no ar e logo uma chicotada nele, ele arquea as costas, da pra ver que dele sai uma mistura de dor e prazer. Logo sua pele branca fica marcada pela chicotada, tiro meus dedos de sua boca e passo nos seus lábios o provocando. 

Eu- Você é todo meu hoje... 

Digo isso e o penetro com um dedo, ele da um baixo grito de dor, logo faço movimentos  devagares para ele se acostumar. O penetro com mais um dedo e faço movimentos de tesoura, seus gemidos de dor se tornam de prazer, começo a masturba-lo novamente e quando percebo que ele vai gozar eu comprimo a base da sua glande imoedindo ele de ejacular. 

Eu- Ainda não bebê... 

Quando ele fica largo o suficiente para eu o penetrar eu tiro meus dedos de sua entrada e introduzo meu membro, ele da um grito de dor, os abafa com uma mão e segura minha mão com a outra. Permaneço nessa estocada, pego o chicote e logo dou outra chicotada nele, mais uma vez ele arqueia as costas e puxa o ar rápido pela boca, dou uma risadinha e começo as estocadas, ele sente muita dor pelo visto mas quando se acostuma o prazer dentro dele fica grande, muito grande, então achei seu ponto de prazer. 

Eu- Então é aqui ne safado... 

Consigo encostar em sua próstata, dou esfocadas profundas e meio rápidas, ele geme muito, começo a masturba-lo de novo dessa vez passando os dedos devagar por sua glande causando mais gemidos nele, quando vejo que estou realmente no seu ponto de prazer eu começo com estocadas fortes e rápidas. 

Febatista- J-jotinha, e-eu não ag-aguento m-mais... 

Seu prazer é bem grande e ele me agarra me puxando para seu corpo, paro com as estocadas e dou um selinho nele, logo pego o chicote e dou 5 chicotadas nele, seu peitoral está completamente marcado, passo meu dedo devagar por ele e Febatista faz uma carinha de dor. 

Eu- Bom, acho que você vai ficar livre.. 

Jogo o chicote em algum canto e tiro sua venda, ele logo me puxa e me beija, começo a estocar forte de novo e ele geme muito, vou dando beijos e mordidas em seu pescoço enquanto ele arranha minhas costas, chegamos em nosso ápice juntos, gozei dentro dele, ele goza também e ficamos ofegantes nos encarando.


Notas Finais


Bjiinhos da Ruiva e até o próximo cap! ♥♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...